close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Tigres Asiáticos

Tigres Asiáticos experimentaram um processo rápido e muito bem-sucedido de crescimento econômico e industrial, o que foi acompanhado de progressos também na esfera social.

Mapa dos Tigres Asiáticos
Localização dos Tigres Asiáticos no mapa. De cima para baixo, temos: Coreia do Sul, Taiwan, Hong Kong e Cingapura.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Tigres Asiáticos é o nome dado a um conjunto de territórios do leste e sudeste da Ásia que experimentaram um rápido processo de crescimento econômico e industrial a partir da segunda metade do século XX. São eles: Cingapura, Coreia do Sul, Hong Kong e Taiwan.

Os investimentos estrangeiros, oriundos principalmente do Japão, a ampliação da infraestrutura interna e a qualificação profissional de sua mão de obra são os principais fatores que proporcionaram a atração de indústrias transnacionais e o progresso econômico observado nos Tigres Asiáticos. O sucesso do modelo de desenvolvimento implantado nesses países se tornou referência para outras economias internacionais, e favoreceu ainda o surgimento dos Novos Tigres Asiáticos.

Confira no nosso podcast: As novas áreas de influência do século XXI

Tópicos deste artigo

Resumo sobre Tigres Asiáticos

  • Cingapura, Coreia do Sul, Hong Kong e Taiwan formam o grupo dos Tigres Asiáticos.

  • Os Tigres Asiáticos são caracterizados pelo rápido crescimento econômico e industrial pautado pelos investimentos estrangeiros e pelas exportações.

  • Esse processo aconteceu a partir da segunda metade do século XX.

  • Os investimentos japoneses após a década de 1960 foram de grande importância para o surgimento dos Tigres Asiáticos.

  • Internamente, a criação de uma densa rede de infraestrutura (energia, transportes e comunicação) e a mão de obra barata e altamente qualificada proporcionaram a maior atração de indústrias estrangeiras.

  • O nome do grupo faz referência à competitividade e força do tigre, animal que habita a Ásia.

  • O crescimento dos Tigres Asiáticos influenciou no surgimento dos Novos Tigres Asiáticos (Filipinas, Indonésia, Tailândia, Malásia, Vietnã).

Videoaula sobre Tigres Asiáticos

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quem são os Tigres Asiáticos?

O termo Tigres Asiáticos se refere a um grupo formado por quatro territórios situados nas regiões leste e sudeste da Ásia e que têm em comum um rápido e expressivo crescimento econômico, durante a segunda metade do século XX, pautado pelas exportações, pelos investimentos estrangeiros e principalmente pelo desenvolvimento acelerado do setor industrial e tecnológico.

São eles:

Vista de tráfego e prédios em Seul, Coreia do Sul
Seul, capital da Coreia do Sul, é um dos principais centros financeiros e tecnológicos desse país que integra o grupo dos Tigres Asiáticos.

Por que o nome tigres asiáticos foi escolhido?

O tigre é um animal que habita a Ásia e que carrega muita simbologia em diversas regiões do continente. Além da sua rapidez e força, o tigre é um animal bastante competitivo e intimidador. Ele é utilizado, muitas vezes, como um símbolo de poder e transformação, todas essas características podem ser identificadas nos territórios que formam esse bloco econômico. Por essa razão, eles foram apelidados de Tigres Asiáticos.

Quais as características dos Tigres Asiáticos?

Os Tigres Asiáticos têm como principal característica os elevados índices de crescimento de sua economia a partir da década de 1960, crescimento esse refletido no Produto Interno Bruto (PIB) dos quatro territórios do bloco. Todos eles apresentaram variações positivas acima de 6% ao ano por praticamente três décadas, o que reforça a ideia de um crescimento contínuo e estável.

A ampla participação do Estado na viabilização da infraestrutura espacial e nos direcionamentos de recursos a outros setores estratégicos para o desenvolvimento econômico é outra importante característica dos Tigres Asiáticos. A infraestrutura diz respeito a todo o aporte físico necessário para a instalação e o desenvolvimento das indústrias bem como para a circulação da produção, como rodovias, portos, redes de energia, redes de comunicação, entre outros.

Com exceção da Coreia do Sul, os Tigres Asiáticos abriram Zonas de Processamento de Exportações (ZPE), estrategicamente instaladas no litoral, as quais são exclusivamente dedicadas à instalação de indústrias multinacionais, que recebem uma série de incentivos fiscais, e à produção de bens destinados ao mercado externo.

O segundo ponto a respeito da ação estatal se refere principalmente à qualificação da mão de obra por meio dos investimentos na educação e em treinamentos, um aspecto importante e que proporcionou o desenvolvimento econômico não só dos Tigres Asiáticos mas de países da região como Japão e China. A mão de obra era também mais barata (salários menores) comparativamente à de outros locais.

As indústrias inicialmente presentes nos Tigres Asiáticos produziam bens de alto valor agregado, com destaque para os automóveis e eletrônicos, como computadores. Com o seu crescimento econômico e o maior aporte tecnológico, logo o parque industrial desses territórios passou a comportar indústrias de ponta.

Leia mais: Novos Países Industrializados (NPI) — consolidaram seu processo de industrialização a partir de 1950

Origem e crescimento econômico dos Tigres Asiáticos

O crescimento econômico dos países do leste e sudeste asiático aconteceu durante a segunda metade do século XX, mais precisamente após o término da Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Durante esse período, algumas nações que sofreram direta ou indiretamente com os conflitos receberam ajuda estrangeira para a sua recuperação. Uma delas foi o Japão, que recebeu auxílio financeiro dos Estados Unidos, o que contribuiu parcialmente para a sua recuperação.

A retomada econômica bem-sucedida do Japão foi um fator de grande importância para o surgimento dos Tigres Asiáticos. A partir da década de 1960, o país destinou capital na forma de investimentos diretos para outros territórios asiáticos, entre os quais estão Hong Kong, Cingapura, Coreia do Sul e Taiwan. Os investimentos estrangeiros foram, portanto, fundamentais para o surgimento dos Tigres Asiáticos.

Soma-se aos investimentos externos a atuação do Estado em cada um desses locais, o que proporcionou as condições necessárias para a atração de empresas transnacionais ao seu território e a consolidação de uma produção de alto valor agregado voltada para o mercado externo.

Qual a importância dos Tigres Asiáticos?

O modelo de crescimento econômico adotado pelos Tigres Asiáticos, baseado na atração de investimentos estrangeiros associada ao aprimoramento interno e à qualificação profissional de sua mão de obra, e que refletiu ainda no desenvolvimento socioeconômico desses territórios, tornou-se uma referência para outras economias nacionais. Os integrantes desse grupo se tornaram, além disso, importantes atores no cenário econômico internacional, tanto em função da sua indústria moderna quanto no papel de exportadores de produtos de alto valor agregado.

Novos Tigres Asiáticos

Os Novos Tigres Asiáticos são países cujo crescimento econômico e industrial aconteceu no período subsequente ao dos primeiros Tigres, a partir da década de 1990. São eles:

Esses territórios receberam aportes de investimentos oriundos de Hong Kong, Cingapura, Coreia do Sul e Taiwan, os primeiros Tigres Asiáticos, além de países como o próprio Japão e os Estados Unidos. As indústrias instaladas nos Novos Tigres Asiáticos são principalmente as consideradas tradicionais, como têxtil e de calçados, que também destinam sua produção ao exterior.

Ainda que haja semelhanças com o processo ocorrido no grupo antecessor, como a oferta de mão de obra barata, nos Novos Tigres Asiáticos, o crescimento da economia e da indústria não foi acompanhado de melhorias econômicas e sociais para a sua população.

Vista de vegetação, de prédios e do céu em Kuala Lumpur, na Malásia
A Malásia é um dos Novos Tigres Asiáticos. Na imagem, o horizonte de Kuala Lumpur, capital do país.

Leia mais: Países da Ásia — distribuem-se em seis grandes regiões geográficas repletas de particularidades

Exercícios sobre Tigres Asiáticos

Questão 1) (FGV) Na distribuição da indústria no mundo, além de fatores histórico-políticos, há também os chamados fatores locacionais. No caso dos Tigres Asiáticos, os fatores locacionais mais importantes são:

a) existência de mão de obra qualificada e extensa rede de comunicações.

b) grande mercado consumidor interno e densa rede de transportes.

c) disponibilidade própria de matérias-primas minerais e mão de obra barata.

d) incentivos fiscais governamentais e disponibilidade de terras baratas no interior.

e) recursos energéticos (petróleo e gás natural) e incentivos fiscais.

Resolução: Alternativa A. Os fatores que favoreceram a instalação das indústrias estrangeiras nos Tigres Asiáticos foram a oferta de mão de obra barata e qualificada e a densa rede de infraestrutura, que compreende energia, comunicações e transporte.

Questão 2) (UFU) A partir da década de 1970, quatro países asiáticos surpreenderam o mundo com uma expressiva industrialização. Devido às características desse processo e à localização de Cingapura, Hong Kong, Coreia do Sul e Taiwan, estes foram denominados Tigres Asiáticos.

Recentemente, esses quatro países expandiram sua economia para países vizinhos do Sudeste Asiático, agora denominados Novos Tigres Asiáticos. Sobre a economia desses países, analise as afirmativas abaixo.

I. Nos Novos Tigres, devido à mão de obra extremamente qualificada e barata, foram instaladas indústrias de produtos de informática, microeletrônica, hardware e software.

II. Além dos investimentos dos quatro Tigres Asiáticos, os novos Tigres passaram a fazer parte das redes de negócios de empresas dos Estados Unidos, Japão e de outros países desenvolvidos.

III. Para produzir mercadorias sob encomenda, criadas e planejadas em outros lugares do mundo, surgiram milhares de pequenas empresas em cada um desses novos países.

IV. As reformas políticas, sociais e econômicas implantadas e o aumento do mercado interno de consumo fortaleceram o desenvolvimento dos novos Tigres.

Marque a alternativa que apresenta somente afirmativas corretas.

a) II e III

b) I e II

c) II e IV

d) I, II

e) III

Resolução: Alternativa A. Apenas os itens II e III descrevem características dos Novos Tigres Asiáticos, onde se instalaram indústrias como de calçados, têxtil e de brinquedos e que são altamente dependentes da demanda externa, mantendo conexões com os países investidores. Além disso, nesses países, as reformas se restringiram ao campo econômico. Os itens I e IV indicam fatores de desenvolvimento do grupo antecessor, os Tigres Asiáticos.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Tigres Asiáticos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/tigres-asiaticos.htm. Acesso em 17 de maio de 2022.

Tire suas dúvidas


Por que se chama Mar Tenebroso

Por FELIPE ZINGEREVITZ DE MOURA sc159891
Responder
Ver respostas

quais são os fatores de identidade populacionais e oq são cada um deles?

Por (a1653) Mafalda Melo
Responder
Ver respostas

Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

(UNITAU)

Apesar das críticas, nos últimos tempos, alguns países superaram o subdesenvolvimento. São os NIC (Newly Industrialized Countries), também conhecidos como "Tigres Asiáticos". São eles:

a) Coreia do Sul, Coreia do Norte, China e Taiwan (Formosa).

b) Hong Kong, Taiwan (Formosa), China e Coreia do Sul.

c) Taiwan (Formosa), Cambodja, Coreia e China.

d) China, Coreia, Hong Kong e Cingapura.

e) Coreia do Sul, Hong Kong, Taiwan (Formosa) e Cingapura.
 

Exercício 2

Quais os primeiros países a receberem a nomenclatura Tigres Asiáticos?

Estude agora


O que é aculturação?

Veja tudo sobre aculturação, fenômeno de contato de culturas diversas e que causa transformações nas estruturas de...

Arte rupestre

Assista à nossa videoaula para conhecer as principais características da arte rupestre. Confira também, no nosso...