Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Exército Brasileiro

O Exército Brasileiro é uma das forças que compõem as Forças Armadas do Brasil. É responsável pela defesa da nação e pela garantia da ordem e do respeito à Constituição.

Soldados do Exército Brasileiro marchando em fileiras, uniformizados, segurando armas de fogo.
Estima-se que o Exército Brasileiro tenha cerca de 360 mil soldados. [1]
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O Exército Brasileiro é uma das forças que fazem parte das Forças Armadas do Brasil, sendo responsável por garantir a defesa das fronteiras e do território nacional, pela manutenção da ordem e do respeito à Constituição, além de poder ser acionado para prestar serviços à população. Estima-se que seja formado por cerca de 360 mil soldados.

Formado oficialmente em 1822, com a Independência do Brasil, o Exército Brasileiro teve que atuar na luta contra as tropas militares que eram leais a Portugal. Os militares ainda participaram de outros acontecimentos importantes da história brasileira, como a Guerra do Paraguai. O Exército teve também envolvimento direto com o Golpe Civil-Militar de 1964.

Leia também: Quatro símbolos nacionais — o hino, a bandeira, as armas e o selo

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o Exército Brasileiro

  • O Exército Brasileiro é uma das três forças que formam as Forças Armadas do Brasil.

  • É responsável pela defesa do território nacional e de nossas fronteiras, bem como por garantir a ordem e o respeito aos princípios constitucionais.

  • Estima-se que o Exército Brasileiro tenha cerca de 360 mil soldados.

  • É o maior exército da América Latina e um dos maiores do mundo.

  • O Exército Brasileiro surgiu oficialmente em 1822, com a independência do Brasil.

  • Atuou em muitos acontecimentos marcantes de nossa história, como nas Guerras de Independência e na Guerra do Paraguai.

Qual é a função do Exército Brasileiro?

O Exército Brasileiro é uma das forças que compõem as Forças Armadas do Brasil, possuindo como funções primordiais:

  • garantir a segurança do Brasil;

  • atuar na defesa da soberania brasileira;

  • assegurar o respeito às leis;

  • preservar a ordem e o cumprimento dos limites estabelecidos pela Constituição Federal.

As duas outras forças que compõem as Forças Armadas, além do Exército, são a Marinha e a Aeronáutica. Segundo a legislação brasileira, o comandante supremo do Exército Brasileiro é o presidente da república, figura que também é responsável pela nomeação do comandante do Exército.

Atualmente, o Exército está sob responsabilidade do Ministério da Defesa, assim como a Marinha e a Aeronáutica. Essa configuração está em vigor desde 1999 e foi estabelecida durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. Entre 1967 e 1999, o Exército ficava sob autoridade do Ministério do Exército e entre 1822 e 1967, o Exército era parte do Ministério da Guerra.

O Exército Brasileiro define que sua missão é

contribuir para a garantia da soberania nacional, dos poderes constitucionais, da lei e da ordem, salvaguardando os interesses nacionais e cooperando com o desenvolvimento nacional e o bem-estar social.

Além disso, o exército entende que para realizar essa missão é necessário manter sua força sempre preparada e em prontidão.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quantos soldados possui o Exército Brasileiro?

O Exército Brasileiro é formado por cerca de 360 mil soldados efetivos. Isso faz com que o nosso exército seja reconhecido como o maior da América Latina e um dos maiores do planeta. Além disso, o Exército é formado por cerca de 1,34 milhão de soldados reservistas (se apresentam uma vez por ano). Em sua estrutura, destaca-se o fato de que o Exército possui a maior quantidade de veículos blindados da América Latina.

Veja também: 11 de julho — Dia da Marinha Brasileira

Atuação e valores do Exército Brasileiro

A atuação do Exército Brasileiro é dividida de duas formas. Os militares classificam suas ações como “Braço-Forte” e “Mão-Amiga”. Vejamos as diferenças:

  • Braço-Forte: atuação na defesa do território e das fronteiras do Brasil, manutenção da ordem e do respeito à Constituição.

  • Mão-Amiga: atuação em benefício da população por meio de serviços de atendimento, como o médico, por exemplo.

Por fim, o Exército Brasileiro entende que existem cinco valores que devem pautar sua atuação na defesa do Brasil:

  1. Patriotismo

  2. Dever

  3. Lealdade

  4. Probidade

  5. Coragem

Quando surgiu o Exército Brasileiro?

A criação do Exército Brasileiro passa pela Independência do Brasil, em 1822. A Independência do Brasil deu início às Guerras de Independência, nas quais o então governo brasileiro precisou agir para derrotar os movimentos de lealdade a Portugal no interior do território nacional. Entretanto, para isso, era necessário formar um exército para lutar.

Esse exército se formou da separação que aconteceu com o Exército Português, e a atuação das tropas do Exército Brasileiro foram responsáveis por derrotar os focos de resistência à independência, garantindo, naquele momento, a integridade territorial do Brasil. A atuação do Exército nesse contexto se deu nas regiões Norte e Nordeste e na Guerra da Cisplatina (onde é o atual Uruguai).

Ao longo do século XIX, o Exército atuou em importantes acontecimentos da nossa história, como as revoltas provinciais, com destaque para a Balaiada e a Guerra dos Farrapos, por exemplo. Entretanto, a maior atuação do Exército nesse século se deu na Guerra do Paraguai, conflito que o Brasil travou contra o Paraguai entre os anos de 1864 e 1870.

A atuação do Exército foi fundamental para garantir a vitória brasileira nesse conflito. Seu envolvimento nesse conflito garantiu uma maior profissionalização do Exército, tornando-o um ator importante na política brasileira. Isso influenciou até mesmo na mudança de regime do Brasil, já que o Exército participou ativamente do golpe que levou à Proclamação da República, em 1889.

Entretanto, a memória histórica acerca do Exército aponta que sua fundação se deu bem antes desses acontecimentos, na Batalha dos Guararapes, travada em 1648.

Saiba mais: O que é golpe de Estado?

Exército Brasileiro na história do Brasil

Ao longo do século XX, o exército esteve envolvido em uma série de acontecimentos importantes. Uma parcela do Exército apoiou a Revolução de 1930 e tomou parte dela. Ele também apoiou o golpe do Estado Novo, em 1937, e atuou para forçar a destituição de Getúlio Vargas, em 1945. Além disso, o Exército Brasileiro participou da Segunda Guerra Mundial, por meio da Força Expedicionária Brasil (FEB), criada unicamente com o propósito de lutar na Europa.

Em 1964, o Exército participou do Golpe Civil-Militar, levando à instauração da Ditadura Militar, que se estendeu de 1964 a 1985. Agentes das Forças Armadas em geral — e não apenas do Exército — participaram de crimes contra a população brasileira ao longo desse período ditatorial, mas nunca foram devidamente investigados e punidos pelos crimes cometidos.

Patentes do Exército Brasileiro

O Exército, como toda força militarizada, possui uma hierarquia rígida que se baseia na ordem, disciplina e respeito aos superiores. Um militar que se alista no Exército Brasileiro pode subir os degraus na hierarquia militar, alcançando as mais altas patentes existentes na corporação.

As patentes existentes no Exército Brasileiro são as seguintes (em ordem da maior para a menor):

  • marechal;

  • general do Exército;

  • general de divisão;

  • general de brigada;

  • coronel;

  • tenente-coronel;

  • major;

  • capitão;

  • 1º tenente;

  • 2º tenente;

  • aspirante a oficial;

  • subtenente;

  • 1º sargento;

  • 2º sargento;

  • 3º sargento;

  • cabo;

  • taifeiro-mor;

  • taifeiro de 1ª classe;

  • taifeiro de 2ª classe;

  • soldado.

Créditos da imagem

[1] Salty View e Shutterstock

 

Por Daniel Neves Silva
Professor de História

Escritor do artigo
Escrito por: Daniel Neves Silva Formado em História pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) e especialista em História e Narrativas Audiovisuais pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atua como professor de História desde 2010.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "Exército Brasileiro"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/exercito-brasileiro.htm. Acesso em 20 de abril de 2024.

De estudante para estudante