Topo
pesquisar

Filo Annelida

Biologia

PUBLICIDADE

O Filo Annelida reúne os animais com estrutura corporal cilíndrica e segmentada, com evidentes anéis externos, também subdivididos internamente (verdadeira metamerização).

Esses invertebrados com simetria bilateral possuem três folhetos embrionários (triblásticos), e uma cavidade geral do organismo denominada de celoma. Na superfície externa de algumas espécies, na cutícula epidérmica, existem pequenos pelos (cerdas) que dão sustentação durante a locomoção, sendo a quantidade desses filamentos um critério utilizado na diferenciação dos organismos.

São animais exclusivamente de vida livre, com ampla distribuição geográfica, ocupando ecossistemas terrestres e aquáticos, de água doce ou salgada.

Exemplo de organismos: minhoca, um oligoqueto (poucas cerdas) com hábito terrestre; nereis, um poliqueto (várias cerdas) com hábito marinho; e sanguessuga, um hirudíneo (sem cerdas) encontrado em água doce.

CARACTERIZAÇÃO ANATÔMICA E FISIOLÓGICA

• Sistema digestivo – a digestão é completa e extracelular, apresentando aparelho digestório compartimentado em regiões diferenciadas: faringe, papo e moela;
• Sistema respiratório – a respiração é cutânea, com trocas gasosas através da superfície corporal;
• Sistema nervoso – formado por um gânglio nervoso central ligado a um cordão ventral com numerosos nódulos;
• Sistema circulatório – fechado, apresentando vasos pulsáteis (corações laterais) promovendo a circulação do sangue;
• Sistema excretor – formado por metanefrídeos que secretam principalmente amônia.

A reprodução pode ser sexuada, sendo algumas espécies monoicas com fecundação cruzada (minhocas), e dioicas, com fecundação externa e desenvolvimento indireto (neris).

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia

A planária é um animal acelomado, ou seja, sem celoma
Biologia Celoma
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA