Topo
pesquisar

Hemoglobina

Biologia

A hemoglobina é um pigmento que garante, principalmente, o transporte de oxigênio no nosso corpo.
PUBLICIDADE

A hemoglobina é uma proteína encontrada no sangue dos vertebrados, mais precisamente no interior das células do sangue chamadas de hemácias. Essa proteína é uma proteína globular que apresenta estrutura quartenária, sendo formada por quatro subunidades. É o pigmento respiratório de quase todos os vertebrados e é responsável pela cor vermelha típica do sangue.

Leia também: Hemácias

Estrutura da hemoglobina

A hemoglobina é uma proteína com estrutura quaternária formada por quatro subunidades. Cada subunidade é formada por uma porção proteica (globina) e um grupo prostético (heme). Existem diferentes tipos de globinas, sendo a hemoglobina formada por duas globinas alfa e duas globinas não alfa. O grupo heme, por sua vez, apresenta um átomo de ferro, que está geralmente na forma ferrosa.

Observe o esquema ilustrando a estrutura da hemoglobina.
Observe o esquema ilustrando a estrutura da hemoglobina.

Tipos de hemoglobina

Variações nas cadeias polipeptídicas fazem com que diferentes tipos de hemoglobina sejam observadas. São consideradas normais as hemoglobinas: A1, A2 e F.

  • Hemoglobina A1- No adulto normal, essa hemoglobina representa cerca de 97% da hemoglobina encontrada.

  • Hemoglobina A2- Essa hemoglobina representa 2% da hemoglobina encontrada no adulto.

  • Hemoglobina F- Essa hemoglobina é encontrada no feto, sendo chamada de hemoglobina fetal. No feto, encontramos apenas esse tipo de hemoglobina, o qual vai decaindo após o nascimento. Quando o indivíduo chega ao oitavo mês, apresenta cerca de apenas 1% dessa hemoglobina.

Leia também: Doação de sangue

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Função da hemoglobina

A hemoglobina é uma proteína relacionada, principalmente, com o transporte de oxigênio pelo nosso corpo. Na hemoglobina, temos quatro subunidades, cada uma apresentando o sítio de ligação com o oxigênio. A medida que esses sítios vão sendo preenchidos mais a afinidade por oxigênio aumenta.

Isso acontece, pois quando uma subunidade capta oxigênio, ela provoca uma alteração na molécula de hemoglobina que favorece a captação de outras moléculas de oxigênio. Sendo assim, quando a hemácia rica em hemoglobina está em locais com alta concentração de oxigênio, como nossos pulmões, por exemplo, maior será sua afinidade por ele.

Vale destacar que nos tecidos observa-se que a pressão de O2 é baixa e o oxigênio presente nas hemácias é liberado para os tecidos. As hemácias também se combinam com CO2, porém a maior parte do CO2 é transportada dissolvida no plasma.

Quando a hemoglobina liga-se ao oxigênio ela é chamada de oxi-hemoglobina. Quando ela não está ligada ao oxigênio é chamada de desoxi-hemoglobina. Ela ainda recebe a denominação de carbamino-hemoglobina quando se combina com gás carbônico.

Monóxido de carbono e a hemoglobina

A hemoglobina apresenta como principal função transportar o oxigênio pelo corpo, entretanto, ela pode também se combinar com outras substâncias, como o monóxido de carbono. Quando ocorre essa combinação chamamos a hemoglobina de carboxi-hemoglobina.

A hemoglobina apresenta uma maior afinidade para o monóxido de carbono do que para o oxigênio, sendo estimada uma afinidade de 200 vezes mais pelo monóxido de carbono. Quando ocorre essa combinação, o oxigênio não pode ser transportado pela hemoglobina, causando, desse modo, uma deficiência na oxigenação dos tecidos do corpo. Esse problema é grave e pode causar desconforto respiratório, dor de cabeça, alterações visuais, taquicardia, síncope e até a morte.

Baixa concentração de hemoglobina no sangue

A baixa concentração de hemoglobina no sangue caracteriza a anemia. Em alguns casos, a anemia surge em decorrência de uma quantidade baixa de eritrócitos, outras vezes, no entanto, os eritrócitos apresentam pouca hemoglobina. Esse problema de saúde pode ocorrer devido às hemorragias e deficiências alimentares, por exemplo. A anemia desencadeia uma série de sintomas desagradáveis, como cansaço, fraqueza, palidez e perda ou diminuição da força física.

Leia também: Recomendações para uma alimentação saudável

Anemia falciforme

Na anemia falciforme as hemácias apresentam uma forma de foice.
Na anemia falciforme as hemácias apresentam uma forma de foice.

A anemia falciforme é um problema de saúde desencadeado por uma alteração na hemoglobina. O que se observa nesses casos é que um aminoácido da hemoglobina é substituído, formando uma hemoglobina anormal (Hb S). Essa hemoglobina desencadeia a formação de uma hemácia com formato diferenciado, o qual lembra uma foice. Essa hemácia é mais frágil que a normal, não apresenta flexibilidade e sua vida é curta.

A pessoa com anemia falciforme pode sentir diferentes sinais e sintomas, como fadiga, palidez, dor, devido à obstrução dos vasos sanguíneos, aumento dos casos de infecção e feridas nas pernas. O tratamento depende de cada caso e envolve, em alguns pacientes, a transfusão de sangue.

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

A hemoglobina é um pigmento respiratório presente no interior das hemácias.
A hemoglobina é um pigmento respiratório presente no interior das hemácias.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Hemoglobina "; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/hemoglobina.htm. Acesso em 22 de setembro de 2019.

As hemácias são células sanguíneas que apresentam formato bicôncavo
Biologia Hemácias
O sangue é um tipo de tecido conjuntivo que circula através dos vasos sanguíneos.
Biologia Sangue
A doação de sangue é um ato que pode salvar várias pessoas em estado grave de saúde.
Saúde e Bem-estar Doação de sangue
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola