Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Trapézio

O trapézio é um polígono quadrilátero que possui exatamente dois lados paralelos e dois lados oblíquos.

Grande trapézio formado por diversas formas geométricas
Grande trapézio formado por diversas formas geométricas
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O trapézio é uma figura da geometria plana bastante presente no nosso dia a dia. Trata-se de um polígono que possui quatro lados, sendo dois lados paralelos (conhecidos como base maior e base menor) e dois não paralelos (lados oblíquos). Como todo quadrilátero, ele possui duas diagonais, e a soma dos seus ângulos internos é sempre igual a 360º.

Um trapézio pode ser classificado como trapézio retângulo, quando possui dois ângulos retos; trapézio isósceles, quando os lados não paralelos são congruentes, ou seja, possuem a mesma medida; e trapézio escaleno, quando todos os lados possuem medidas diferentes. O perímetro de um trapézio é calculado pela soma de seus lados, e há fórmulas específicas para calcular a área e a mediana de Euler do trapézio.

Tópicos deste artigo

Elementos de um trapézio

Definimos como trapézio todo quadrilátero que possui dois lados paralelos. Os lados paralelos são conhecidos como base maior e base menor. Como todo quadrilátero, possui duas diagonais, e a soma dos ângulos internos é igual a 360º.

Os elementos do trapézio são:

  • Quatro lados;

  • Dois lados paralelos entre si e dois não paralelos;

  • Quatro vértices;

  • Quatro ângulos internos, cuja soma é igual a 360º;

  • Duas diagonais.

Trapézio roxo.

  • C, D, E, F: vértices

  • B: base maior do trapézio

  • b: base menor do trapézio

  • h: altura

  • L1 e L2: lados oblíquos

Leia também: Círculo e circunferências – figuras planas que podem gerar dúvidas

Classificação do trapézio

Existem três possíveis classificações para um trapézio de acordo com o formato que ele possui. Um trapézio pode ser retângulo, isósceles ou escaleno.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Trapézio retângulo

Possui dois ângulos retos.

Trapézio retângulo

  • Trapézio isósceles

Possui os lados oblíquos congruentes, ou seja, os lados não paralelos possuem a mesma medida.

Trapézio isósceles

  • Trapézio escaleno

Possui todos os lados distintos.

Trapézio escaleno

Propriedades do trapézio

Como propriedade específica do trapézio, podemos afirmar que os ângulos adjacentes dos lados não paralelos possuem soma igual a 180º.

Trapézio azul

a + d = 180º
b + c = 180º

  • Propriedades específicas para o trapézio isósceles

Existem duas propriedades que são específicas do trapézio isósceles. A primeira delas é que os ângulos da base, assim como os lados não paralelos, são congruentes.

Trapézio laranja.

A segunda propriedade do trapézio isósceles é que, ao traçarmos as alturas, formamos dois triângulos congruentes, além de ser possível a aplicação do teorema de Pitágoras nesse triângulo.

Trapézio laranja.

Observação: Existe uma relação na base maior – não é uma propriedade, mas é uma relação importante para a resolução de exercícios – que podemos descrever como:

B = b + 2a

Veja também: Triângulo equilátero – propriedades e particularidades

Perímetro do trapézio

O perímetro de um trapézio qualquer é calculado pela soma de todos os lados.

P = B + b + L1 + L2

  • Exemplo

Qual será a quantidade de arame, em metros, para dar cinco voltas no terreno que possui o formato do trapézio escaleno abaixo:

Trapézio roxo.

Resolução

P = 18 + 13 + 7 + 9 = 47 metros.

Como serão dadas cinco voltas, então 5P = 5 . 47 = 235 metros de fio.

Área do trapézio

Para calcular a área do trapézio, há uma fórmula específica, que depende do valor das bases e da altura.

  • Exemplo

Em uma vidraçaria, os vidros são produzidos sob encomenda, custando R$ 96,00 o m². Para construir o vidro que ficará em uma mesa no formato de um trapézio (base maior mede 1,3 m; base menor mede 0,7 m; altura mede 1 m.), o valor gasto no vidro será de?

Resolução

B = 1,3

b = 0,7

h =1

Como a mesa tem exatamente 1 m², serão gastos R$ 96,00.

Base média do trapézio

A base média do trapézio é o segmento paralelo à base maior e à base menor que une os pontos médios dos lados oblíquos.

Trapézio azul

E e F são pontos médios dos seus respectivos lados, e o segmento formado ao ligar esses pontos é a base média. O comprimento da base média é calculado pela média aritmética entre a base maior e base menor:

Mediana do trapézio

Conhecida como mediana de Euler do trapézio (Me), trata-se do segmento de reta formado pela ligação entre os pontos médios das duas diagonais do trapézio.

Trapézio verde

Para calcular o comprimento da mediana de Euler, a fórmula é a seguinte:

  • Exemplo 1

Encontre o comprimento da mediana do trapézio cujas bases medem 7 cm e 10 cm.

Resolução

  • Exemplo 2

Calcule o valor da base maior e da base menor do trapézio abaixo sabendo que M e N são pontos médios das diagonais.

Trapézio verde

Resolução

Sabemos que B = 2x + 7, b = 3x -1 e Me = 2, logo:

Como x = 4, então é possível encontrar a base maior e a base menor substituindo x.

Acesse também: Ponto, reta, plano e espaço: conceitos básicos da geometria

Exercícios resolvidos sobre trapézio

Questão 1 - Sabendo que um trapézio possui base maior igual a 15 e base menor igual a 7, o valor da diferença entre o comprimento da sua base média e a sua mediana de Euler é igual a?

a) 11
b) 4
c) 6
d) 7
e) 8

Resolução

1º passo: calcular o comprimento da base média.

2º passo: calcular o comprimento da mediana de Euler.

3º passo: calcular a diferença entre Bm e Me.

11 – 4 = 7

Logo, a alternativa correta é a letra “d”.

Questão 2 - As bases de um trapézio isósceles medem 6 cm e 14 cm, e um lado oblíquo mede 5 cm, então, pode-se afirmar que a área desse trapézio, em cm², é:

a) 28

b) 30

c) 32

d) 34

e) 40

Resolução

Para calcularmos a área desse trapézio, precisamos encontrar a altura. Para isso, faremos o desenho de um trapézio isósceles com as informações dadas:

Trapézio para exercício.

Como para calcular a área precisamos do valor das duas bases e do valor de h, que ainda não conhecemos, vamos encontrar o valor de a para aplicar o teorema de Pitágoras no triângulo CEP.

Sabemos que:

Encontrando o valor de a, é possível calcular o valor de h pelo teorema de Pitágoras.

Conhecendo o valor de h, é possível calcular a área do trapézio:

Logo, a alternativa correta é a letra “b”.

Escritor do artigo
Escrito por: Raul Rodrigues de Oliveira Graduado em Matemática pela Universidade Federal de Goiás. Atua como professor do programa PIC Jr. (OBMEP) e como professor preceptor do programa Residência Pedagógica. Também é professor concursado da Seduc-GO, gestor escolar e produtor de conteúdo didático.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

OLIVEIRA, Raul Rodrigues de. "Trapézio"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/matematica/quadrilateros-e-trapezio.htm. Acesso em 15 de abril de 2024.

De estudante para estudante


Lista de exercícios


Exercício 1

(EsPCEx) As regras que normatizam as construções em um condomínio definem que a área construída não deve ser inferior a 40% da área do lote e nem superior a 60% desta. O proprietário de um lote retangular pretende construir um imóvel de formato trapezoidal, conforme indicado na figura.

Para respeitar as normas acima definidas, assinale o intervalo que contém todos os possíveis valores de x.

a) [6, 10]

b) [8, 14]

c) [10, 18]

d) [16, 24]

e) [12, 24]

Exercício 2

(PUC-SP) Um tanque de uso industrial tem a forma de um prisma cuja base é um trapézio isósceles. Na figura a seguir, são dadas as dimensões do prisma em metros. O volume desse tanque em metros cúbicos é?

a) 50

b) 60

c) 80

d) 100

e) 120