Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Vanguardas europeias

Cubismo, futurismo, expressionismo, dadaísmo e surrealismo são os movimentos artísticos das vanguardas europeias, que surgiram no início do século XX.

“As senhoritas de Avignon”, de Pablo Picasso, é a primeira tela pertencente ao cubismo, uma das vanguardas europeias.
“As senhoritas de Avignon”, de Pablo Picasso, é a primeira tela cubista das vanguardas europeias. [1]
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Vanguardas europeias é como ficaram conhecidos os movimentos estéticos surgidos nas primeiras décadas do século XX, no continente europeu. Assim, cubismo, futurismo, expressionismo, dadaísmo e surrealismo apresentaram uma proposta de inovação estética, em oposição à tradicional arte acadêmica.

 Saiba mais: Oswald de Andrade — escritor modernista que foi influenciado pelo cubismo e pelo dadaísmo

Tópicos deste artigo

Resumo sobre vanguardas europeias

  • As primeiras décadas do século XX assistiram ao surgimento das vanguardas europeias.

  • Cubismo, futurismo, expressionismo, dadaísmo e surrealismo foram movimentos estéticos conhecidos também como vanguardas europeias.

  • Compartilham a mesma aversão à arte tradicional, aquela de cunho acadêmico.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características das vanguardas europeias

Cubismo

As principais características do cubismo são:

  • geometrismo;

  • sobreposição de planos;

  • deformação da realidade;

  • fragmentação;

  • antiacademicismo.

“Natureza morta com guitarra”, de Juan Gris, é um exemplo de obra pertencente ao cubismo, uma das vanguardas europeias.
“Natureza morta com guitarra”, de Juan Gris, é um exemplo de obra pertencente ao ceubismo.

Futurismo

As principais características do futurismo são:

  • valorização da tecnologia e da velocidade;

  • caráter belicista ou culto à guerra;

  • enaltecimento do militarismo e do patriotismo;

  • antiacademicismo;

  • iconoclastia, isto é, oposição a símbolos e convenções.

“A revolta”, de Luigi Russolo, é um exemplo de obra pertencente ao futurismo, uma das vanguardas europeias.
“A revolta”, de Luigi Russolo, é um exemplo de obra pertencente ao futurismo.

Leia também: Álvaro de Campos — o heterônimo de Fernando Pessoa cuja obra possui traços futuristas

Expressionismo

As principais características do expressionismo são:

  • oposição ao impressionismo;

  • expressão do inconsciente;

  • pessimismo;

  • cores intensas;

  • pouca nitidez dos traços;

  • deformação da realidade;

  • antiacademicismo;

  • crítica social;

  • subjetivismo.

“A vaca amarela”, de Franz Marc, é um exemplo de obra pertencente ao expressionismo, uma das vanguardas europeias.
“A vaca amarela”, de Franz Marc, é um exemplo de obra pertencente ao expressionismo.

Dadaísmo

As principais características do dadaísmo são:

  • nonsense ou ilogismo;

  • irreverência e ironia;

  • antiacademicismo;

  • antibelicismo.

“A fonte”, de Marcel Duchamp, é a mais famosa obra pertencente ao dadaísmo, uma das vanguardas europeias.
“A fonte”, de Marcel Duchamp, é a mais famosa obra pertencente ao dadaísmo. [2]

Surrealismo

As principais características do surrealismo são:

  • caráter onírico ou fantástico;

  • foco no inconsciente;

  • aspecto irracional;

  • espontaneidade;

  • antiacademicismo.

“A face da guerra”, de Salvador Dalí, é um exemplo de obra pertencente ao surrealismo, uma das vanguardas europeias.
“A face da guerra”, de Salvador Dalí, é um exemplo de obra pertencente ao surrealismo.

Qual o objetivo das vanguardas europeias?

Todos os movimentos das vanguardas compartilhavam entre si o objetivo de realizar uma renovação estética nas artes europeias. Dessa forma, eles se opunham a estéticas passadas, já consagradas e, portanto, de viés acadêmico. Assim, as vanguardas foram marcadas por um espírito libertário, rebelde e contestador.

Cronologia das vanguardas europeias

  • 1907 — As senhoritas de Avignon, de Pablo Picasso, inaugura o cubismo.

  • 1909 — Filippo Tommaso Marinetti publica o Manifesto Futurista, no jornal francês Le Figaro, e funda, assim, o futurismo.

  • 1910 — Na Alemanha, a reação radical ao impressionismo começa a tomar forma; por isso, tal ano se torna o de fundação do expressionismo, apesar de a estética (ainda não nomeada) já existir desde final do século XIX.

  • 1911 — O termo “expressionismo” é usado, pela primeira vez, no catálogo da XXII Exposição de Secessão de Berlim.

  • 1916 — O poeta alemão Hugo Ball divulga o Primeiro Manifesto Dadá e marca, desse modo, a fundação do dadaísmo.

  • 1918 — O manifesto Expressionismo na Poesia é publicado pelo escritor alemão Kasimir Edschmid.

  • 1924 — O escritor francês André Breton lança o Manifesto do Surrealismo e, dessa forma, divulga o novo movimento de vanguarda.

Contexto histórico das vanguardas europeias

As vanguardas protagonizaram a cena artística nas primeiras décadas do século XX na Europa. Tais movimentos mostravam sua insatisfação com o passado e a tradição. E refletiam o clima de mudança que tomava conta do continente, onde as máquinas davam um novo ritmo à vida e as certezas passavam a ser questionadas.

O uso de automóveis, telefone, avião, telégrafo sem fio levou à valorização da velocidade. A noção de tempo e espaço era questionada por Albert Einstein (1879-1955), enquanto Sigmund Freud (1856-1939) abria caminho para explorar o inconsciente humano. Mas a paz ainda não tinha sido conquistada.

A tensão entre os países dominantes abalava o otimismo gerado pelas mudanças. A rivalidade aumentava o nacionalismo e fazia as grandes potências investirem em armamento. Tal situação precedeu a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), e esse conflito bélico também inspirou alguns artistas.

Saiba também: Semana de Arte Moderna de 1922 — um evento brasileiro que sofreu influência das vanguardas europeias

Exercícios resolvidos sobre vanguardas europeias

Questão 1

(Enem)

“O mamoeiro”, de Tarsila do Amaral, é um exemplo de obra modernista com traços do cubismo, uma das vanguardas europeias.

Tarsila do Amaral. O mamoeiro, 1925. Óleo s/ tela; 65 x 70 cm. IEB-USP.

O modernismo brasileiro teve forte influência das vanguardas europeias. A partir da Semana de Arte Moderna, esses conceitos passaram a fazer parte da arte brasileira definitivamente. Tomando como referência o quadro O mamoeiro, identifica-se que, nas artes plásticas, a

A) imagem passa a valer mais que as formas vanguardistas.

B) forma estética ganha linhas retas e valoriza o cotidiano.

C) natureza passa a ser admirada como um espaço utópico.

D) imagem privilegia uma ação moderna e industrializada.

E) forma apresenta contornos e detalhes humanos.

Resolução:

Alternativa B

Na tela de Tarsila do Amaral, é possível observar traços do cubismo, isto é, a predominância do geometrismo, portanto, há a presença de linhas retas. Também se observa a valorização do cotidiano, o que já é uma característica modernista. Quanto às outras alternativas, é preciso ressaltar que o modernismo sofreu influência das vanguardas. Não pode, então, apresentar imagem que valha “mais que as formas vanguardistas”. Não há utopia em relação à natureza, o que seria uma característica romântica. Além disso, sobressai na imagem a natureza e a simplicidade, não a industrialização. Já a última alternativa é bastante imprecisa ao mencionar “contornos e detalhes humanos”. De qualquer forma, o caráter humano não é exclusividade do modernismo.

Questão 2

(UEL) Algumas vanguardas artísticas europeias criadas na primeira metade do século XX foram manifestações artístico-literárias que criticavam uma concepção tradicional de museu, introduzindo uma estética marcada pela experimentação e pela subjetividade, que influenciaria fortemente diversas manifestações culturais em todo o mundo.

Sobre as principais correntes vanguardistas e suas respectivas características, assinale a alternativa correta.

A) O surrealismo apresentava a exaltação da tecnologia, das máquinas, da velocidade e do progresso.

B) O expressionismo evidenciava a decomposição e a fragmentação das formas geométricas, afirmando que um mesmo objeto poderia ser visto de vários ângulos.

C) O cubismo valorizava a subjetividade e buscava transmitir ao mundo a situação do homem, com seus vícios e horrores.

D) O futurismo defendia a criação por meio das experiências nascidas no imaginário e na atmosfera onírica, sem interferências da razão.

E) O dadaísmo surgiu como oposição à guerra e ressaltava a espontaneidade da arte pautada na liberdade de expressão, no absurdo e na irracionalidade.

Resolução:

Alternativa E

O futurismo apresentava a exaltação da tecnologia, das máquinas, da velocidade e do progresso. O cubismo evidenciava a decomposição e a fragmentação das formas geométricas, afirmando que um mesmo objeto poderia ser visto de vários ângulos. O expressionismo valorizava a subjetividade e buscava transmitir ao mundo a situação do homem, com seus vícios e horrores. O surrealismo defendia a criação por meio das experiências nascidas no imaginário e na atmosfera onírica, sem interferências da razão. E, por fim, o dadaísmo surgiu como oposição à guerra e ressaltava a espontaneidade da arte pautada na liberdade de expressão, no absurdo e na irracionalidade.

Créditos de imagem

[1] Oscity / Shutterstock

[2] robson.miguel / Shutterstock

 

Por Warley Souza
Professor de Literatura   

Escritor do artigo
Escrito por: Warley Souza Professor de Português e Literatura, com licenciatura e mestrado em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Warley. "Vanguardas europeias"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/literatura/vanguardas-europeias.htm. Acesso em 20 de julho de 2024.

De estudante para estudante


Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

Sobre as vanguardas europeias, é correto afirmar, exceto:

a) Entre suas principais manifestações estão o Cubismo, o Futurismo, o Expressionismo, o Dadaísmo e o Surrealismo, todos surgidos na Europa no início do século XX.

b) As tendências literárias que compuseram as vanguardas europeias estavam unidas por um único projetor artístico, cuja proposta era a de retomar os ideais clássicos nas artes e na literatura.

c) As vanguardas europeias influenciaram as artes no mundo ocidental de maneira contundente. No Brasil, as inovações nas artes e na literatura ficaram conhecidas como Modernismo.

d) A palavra “vanguarda” tem origem no francês avant-garde, que significa “o que marcha na frente”, ou seja, as correntes de vanguarda antecipavam o futuro com suas práticas artísticas inovadoras e nada convencionais.

e) Não havia um projeto artístico em comum que agregasse os artistas de vanguarda em torno de uma única proposta, contudo, estavam unidos por uma mesma causa: a de inovar as artes e romper com os padrões clássicos vigentes.

Exercício 2

Sobre o Futurismo, estão corretas as seguintes alternativas:

I. No Brasil, todas as tendências de vanguarda foram chamadas de Modernismo, que equivale ao Futurismo, para os italianos, e ao Expressionismo, para os alemães.

II. Na literatura brasileira, seus principais representantes foram Manuel Bandeira e Augusto Frederico Schmidt, que se apropriaram de ideais futuristas para a realização de uma escrita automática e telegráfica.

III. O Futurismo difundiu-se por meio de manifestos e conferências, encontrando na literatura seu meio ideal de realização artística.

IV. Entre suas principais características estão a decomposição das figuras em formas geométricas, a não retratação da realidade de forma real (realidade fragmentada), a não utilização da perspectiva e tridimensionalidade e o uso do humor.

a) Todas estão corretas.

b) Apenas I está correta.

c) I e III estão corretas.

d) II e IV estão corretas.

e) II e IV estão corretas.

Artigos Relacionados


Artistas que participaram da Semana de Arte Moderna

Clique aqui e saiba detalhes sobre os artistas que participaram da Semana de Arte Moderna, um evento artístico que ocorreu em 1922.
Literatura

Concretismo no Brasil

A Exposição Nacional de Arte Concreta marca o início do Concretismo no Brasil.
Literatura

Cubismo

Entenda o que foi o Cubismo. Saiba quais foram as condições que propiciaram o surgimento dessa escola estética, suas características e principais autores.
Literatura

Expressionismo

Entenda o que é o expressionismo e o contexto histórico em que ele surgiu. Conheça também alguns de seus autores mais importantes.
Artes

Futurismo

Saiba tudo sobre o futurismo, a vanguarda da aceleração e da velocidade, das novas invenções e maquinários. Veja também os principais artistas futuristas.
Artes

Modernismo no Brasil

Saiba mais sobre o Modernismo no Brasil, seu contexto histórico, suas influências europeias e rupturas propostas. Confira suas fases, principais obras e artistas.
Literatura

Mário de Andrade

Veja quem foi Mário de Andrade, precursor do modernismo brasileiro. Leia sua biografia, características literárias, análise da obra “Macunaíma” e frases do autor.
Literatura

Oswald de Andrade

Entenda quem foi Oswald de Andrade e quais foram suas principais obras. Saiba suas características literárias e entenda seu papel para o modernismo brasileiro.
Literatura

Oswald de Andrade e a era Modernista

Conheça um pouco mais sobre o autor.
Literatura

Semana de Arte Moderna de 1922

Entenda o que foi a Semana de Arte Moderna de 1922. Saiba quais artistas participaram, o que aconteceu em cada dia e por que esse evento foi tão importante.
Literatura