Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Classes de palavras ou classes gramaticais

Existem dez classes de palavras ou classes gramaticais: substantivo, artigo, adjetivo, pronome, verbo, numeral, advérbio, conjunção, interjeição e preposição.

Lista com as dez classes de palavras ou classes gramaticais.
Existem dez classes de palavras na língua portuguesa.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

 Classes de palavras ou classes gramaticais são classificações de palavras de acordo com a função que elas exercem no enunciado. Das dez classes de palavras existentes, o substantivo, o artigo, o adjetivo, o pronome, o verbo e o numeral sofrem variação de gênero, número e/ou grau. Já o advérbio, a conjunção, a interjeição e a preposição são termos invariáveis.

Leia também: O que são as orações gramaticais e quais são seus tipos?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre as classes de palavras ou classes gramaticais

  • As classes de palavras ou classes gramaticais são as classificações de palavras segundo a função que exercem no enunciado.

  • As dez classes de palavras ou classes gramaticais são:

    • substantivo;

    • artigo;

    • adjetivo;

    • pronome;

    • verbo;

    • advérbio;

    • conjunção;

    • interjeição;

    • numeral;

    • preposição.

  • Substantivo, artigo, adjetivo, pronome, verbo e numeral são classes gramaticais variáveis.

  • Advérbio, conjunção, interjeição e preposição são classes gramaticais invariáveis.

Quais são as 10 classes de palavras?

Substantivo

O substantivo é a classe de palavras que tem a função de nomear os seres e recebe as seguintes classificações:

  • substantivo comum: carro, bondade, sereia etc.

  • substantivo próprio: Nivaldo, Paris etc.

  • substantivo concreto: fogão, pinça, lobisomem etc.

  • substantivo abstrato: inveja, cumplicidade etc.

  • substantivo simples: lençol, mansão etc.

  • substantivo composto: quinta-feira, pé-d’água etc.

  • substantivo primitivo: língua, jornal etc.

  • substantivo derivado: linguarudo, jornalista etc.

Artigo

O artigo é a classe de palavras que tem a tarefa de acompanhar o substantivo, apontando seu número e gênero, e é assim classificado:

  • artigo definido: o, os, a, as.

  • artigo indefinido: um, uns, uma, umas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Adjetivo

O adjetivo é uma classe de palavras cuja função é caracterizar ou qualificar o substantivo. Esse tipo de classe de palavras recebe as seguintes denominações:

  • adjetivo simples: insuportável, generosa, italiano etc.

  • adjetivo composto: mato-grossense, azul-marinho etc.

  • adjetivo primitivo: bom, puro etc.

  • adjetivo derivado: alemão, amante etc.

Pronome

O pronome é uma classe de palavras cuja tarefa é substituir ou acompanhar o substantivo. Ele é assim classificado:

  • pronome pessoal do caso reto: eu, tu, ele, ela, nós, vós, eles, elas.

  • pronome pessoal do caso oblíquo: me, te, o, a, lhe, se, nos, vos, os, as, lhes, mim, comigo, ti, contigo, si, consigo, conosco, convosco.

  • pronome possessivo: meu, minha, meus, minhas, teu, tua, teus, tuas, seu, sua, seus, suas, nosso, nossa, nossos, nossas, vosso, vossa, vossos, vossas.

  • pronome demonstrativo: este, esta, estes, estas, esse, essa, esses, essas, aquele, aqueles, aquela, aquelas, isto, isso, aquilo.

  • pronome relativo: quem, que, onde, o qual, os quais, a qual, as quais, cujo, cujos, cuja, cujas, quanto, quantos, quanta, quantas etc.

  • pronome indefinido: algum, nenhum, alguém, ninguém, tudo, todos etc.

  • pronome interrogativo: que, quem, onde etc.

  • pronome de tratamento: você, Senhor, Vossa Majestade etc.

Verbo

O verbo é a classe de palavras que tem a tarefa de indicar:

  • ação: andar, sorrir, beber, pôr etc.

  • estado: ser, estar, parecer etc.

  • fenômeno da natureza: ventar, amanhecer etc.

E pode ser assim classificado:

  • verbo regular: o radical e as desinências permanecem regulares na conjugação. Ex.: amar, beber, partir etc.

  • verbo irregular: o radical e/ou as desinências apresentam irregularidades na conjugação. Ex.: perder, sair, dormir etc.

  • verbo defectivo: apresenta conjugação incompleta, pois não possui todas as flexões. Ex.: demolir, adequar, precaver etc.

  • verbo abundante: possui mais de uma forma em determinada flexão. Ex.: aceitar, eleger, imprimir etc.

  • verbo anômalo: apresenta acentuada irregularidade. Ex.: ser, ir.

Advérbio

O advérbio é a classe de palavras cuja função é apontar uma circunstância. Portanto, recebe estas classificações:

  • advérbio de lugar: ali, acima, perto etc.

  • advérbio de tempo: hoje, ontem etc.

  • advérbio de modo: suavemente, violentamente etc.

  • advérbio de negação: não, nem etc.

  • advérbio de dúvida: talvez, provavelmente etc.

  • advérbio de intensidade: demais, muito etc.

  • advérbio de afirmação: sim, decerto etc.

Conjunção

A conjunção é a classe de palavras que tem a tarefa de unir termos ou orações. Ela pode ser uma:

  • conjunção conclusiva: portanto, então etc.

  • conjunção aditiva: e, nem etc.

  • conjunção adversativa: mas, entretanto etc.

  • conjunção alternativa: ou, ora... ora, já... já etc.

  • conjunção explicativa: porque, porquanto etc.

  • conjunção causal: porque, que etc.

  • conjunção comparativa: como, qual etc.

  • conjunção concessiva: embora, apesar etc.

  • conjunção condicional: se, caso etc.

  • conjunção conformativa: conforme, consoante etc.

  • conjunção consecutiva: que, de modo que etc.

  • conjunção final: para que, a fim de que etc.

  • conjunção proporcional: à medida que, à proporção que etc.

  • conjunção temporal: desde que, assim que etc.

  • conjunção integrante: que, se.

Interjeição

A interjeição é a classe de palavras cuja função é expressar emoções:

  • Uau!

  • Ufa!

  • Ânimo!

  • Nossa!

  • Oba!

  • Oxalá!

  • Ai!

  • Arre!

Numeral

O numeral é a classe de palavras cuja função é indicar uma quantidade:

  • numeral cardinal: um... quatro... seis...

  • numeral ordinal: primeiro... quinto... nono...

  • numeral fracionário: terço... doze avos...

  • numeral multiplicativo: dobro... quíntuplo...

Preposição

A preposição é a classe de palavras que tem a tarefa de formar uma relação entre os vocábulos de uma oração. Há dois tipos:

  • preposição essencial: a, ante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, perante, por, sem, sob, sobre, trás.

  • preposição acidental: salvo, consoante, segundo, exceto, senão, como, mediante etc.

Quais são os tipos de classes gramaticais?

  • Classes gramaticais variáveis: apresentam flexão de gênero, número e/ou grau:

    • substantivo;

    • artigo;

    • adjetivo;

    • pronome;

    • verbo;

    • numeral.

  • Classes gramaticais invariáveis: não apresentam flexão de gênero, número e/ou grau:

    • advérbio;

    • conjunção;

    • interjeição;

    • preposição.

Acesse também: O que são as figuras de linguagem e quais são seus tipos?

Exercícios resolvidos sobre classes de palavras ou classes gramaticais

Questão 1

(Enem)

O mundo é grande

O mundo é grande e cabe
Nesta janela sobre o mar.
O mar é grande e cabe
Na cama e no colchão de amar.
O amor é grande e cabe
No breve espaço de beijar.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Poesia e prosa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1983.

Neste poema, o poeta realizou uma opção estilística: a reiteração de determinadas construções e expressões linguísticas, como o uso da mesma conjunção para estabelecer a relação entre as frases. Essa conjunção estabelece, entre as ideias relacionadas, um sentido de

A) oposição.

B) comparação.

C) conclusão.

D) alternância.

E) finalidade.

Resolução:

Alternativa A.

A conjunção “e”, normalmente, é usada com caráter aditivo. Porém, no poema de Drummond, ela foi utilizada para expressar oposição. Portanto, como sinônimo de “mas”.

Questão 2

(Enem) O uso do pronome átono no início das frases é destacado por um poeta e por um gramático nos textos abaixo.

Pronominais

Dê-me um cigarro
Diz a gramática
Do professor e do aluno
E do mulato sabido
Mas o bom negro e o bom branco
da Nação Brasileira
Dizem todos os dias
Deixa disso camarada
Me dá um cigarro

ANDRADE, Oswald de. Seleção de textos. São Paulo: Nova Cultural, 1988.

“Iniciar a frase com pronome átono só é lícito na conversação familiar, despreocupada, ou na língua escrita quando se deseja reproduzir a fala dos personagens [...].”

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima gramática da língua portuguesa. São Paulo: Nacional, 1980.

Comparando a explicação dada pelos autores sobre essa regra, pode-se afirmar que ambos:

A) condenam essa regra gramatical.

B) acreditam que apenas os esclarecidos sabem essa regra.

C) criticam a presença de regras na gramática.

D) afirmam que não há regras para uso de pronomes.

E) relativizam essa regra gramatical.

Resolução:

Alternativa E.

O poeta Oswald de Andrade afirma que a expressão “dê-me” está relacionada à “gramática/ Do professor e do aluno/ E do mulato sabido”. Segundo ele, “o bom negro e o bom branco/ da Nação Brasileira” dizem “me dá”. Já o gramático Cegalla diz que, em início de frase, colocar o pronome átono antes do verbo só é permitido na “conversação familiar”. Conclui-se que, em um contexto formal, isso não poderia acontecer. Assim, ambos os autores relativizam a colocação do pronome átono.

Questão 3

(Enem)

As alegres meninas que passam na rua, com suas pastas escolares, às vezes com seus namorados. As alegres meninas que estão sempre rindo, comentando o besouro que entrou na classe e pousou no vestido da professora; essas meninas; essas coisas sem importância.

O uniforme as despersonaliza, mas o riso de cada uma as diferencia. Riem alto, riem musical, riem desafinado, riem sem motivo; riem.

Hoje de manhã estavam sérias, era como se nunca mais voltassem a rir e falar coisas sem importância. Faltava uma delas. O jornal dera notícia do crime. O corpo da menina encontrado naquelas condições, em lugar ermo. A selvageria de um tempo que não deixa mais rir.

As alegres meninas, agora sérias, tornaram-se adultas de uma hora para outra; essas mulheres.

ANDRADE, C. D. Essas meninas. In: Contos plausíveis. Rio de Janeiro: José Olympio, 1985.

No texto, há recorrência do emprego do artigo “as” e do pronome “essas”. No último parágrafo, esse recurso linguístico contribui para

A) intensificar a ideia do súbito amadurecimento.

B) indicar a falta de identidade típica da adolescência.

C) organizar a sequência temporal dos fatos narrados.

D) complementar a descrição do acontecimento trágico.

E) expressar a banalidade dos assuntos tratados na escola.

Resolução:

Alternativa A.

O objetivo de usar o artigo em “As alegres meninas” e o pronome em “essas mulheres” é intensificar a ideia de súbito amadurecimento. Afinal, o demonstrativo “essas” se refere a um termo já mencionado, ou seja, “as meninas”, que de repente são chamadas de “mulheres”.

Fontes

BECHARA, Evanildo. Moderna gramática portuguesa. 37. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima gramática da língua portuguesa. 45. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2002.

NICOLA, José de; INFANTE, Ulisses. Gramática contemporânea da língua portuguesa. 9. ed. São Paulo: Editora Scipione, 1992.

 

Por Warley Souza
Professor de Português 

Escritor do artigo
Escrito por: Warley Souza Professor de Português e Literatura, com licenciatura e mestrado em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Warley. "Classes de palavras ou classes gramaticais"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/classes-palavras.htm. Acesso em 14 de junho de 2024.

Videoaulas


Canais Classes de palavras ou classes gramaticais


Adjetivo

Aprenda o que são e para que servem os adjetivos. Entenda quais são suas flexões e outros conceitos relacionados a essa classe de palavras.
Gramática

Advérbio

Clique e veja tudo sobre advérbio. Entenda as classificações e os valores semânticos dessa classe gramatical, bem como confira exercícios resolvidos.
Gramática

Artigo

Clique aqui, saiba detalhes sobre o artigo, uma das classes de palavras que existem, descubra suas classificações e entenda suas funções e usos.
Gramática

Conjunção

Aprenda mais sobre as conjunções, entenda suas classificações e descubra quando uma conjunção é coordenativa e quando é subordinativa.
Gramática

Interjeição e locução interjetiva

Leia este artigo a respeito das interjeições e das locuções interjetivas para tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto!
Gramática

Numeral

Não perca essa imperdível oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o numeral. Como? Primeiro clique e... depois... Confira!!!
Gramática

Preposições

Descubra o que são as preposições e quando devem ser usadas. Saiba como elas são classificadas e entenda o que é combinação, contração e locução prepositiva.
Gramática

Pronomes

Clique para entender de uma vez por todas tudo o que envolve os pronomes, conferindo o que são, tipos, funções e exemplos práticos.
Gramática

Substantivo

Saiba o que é substantivo e quais são as suas classificações. Observe que essa classe de palavras pode ser flexionada conforme a pessoa, o número e o grau.
Gramática

Verbo

Aprenda mais sobre o verbo e entenda as regras para sua conjugação. Descubra quais são os tempos, modos e vozes verbais. Resolva também os exercícios propostos.
Gramática

Artigos Classes de palavras ou classes gramaticais


Artigo e pronome pessoal – diferenças que os demarcam

Artigo ou pronome pessoal? Constate os traços que os demarcam clicando e conferindo num só espaço: aqui!
Gramática

As distintas classes adquiridas por uma mesma palavra

Em se tratando de um dado contexto, uma mesma palavra pode adquirir distintas classes. Para conferir é só clicar!
Gramática

Classificação das palavras Que e Se

Clique para conhecer todas as funções que as palavras "que" e "se" podem assumir na língua portuguesa.
Gramática

Classificação dos adjetivos

Aprenda sobre as classificações dos adjetivos de acordo com a sua estrutura mórfica e as relações de sentido que exprimem.
Gramática

Determinante – noções linguísticas

Em termos linguísticos, o determinante é definido pelo termo que acompanha o substantivo. Clique, confira e amplie ainda mais sua competência linguística.
Gramática

Diferenças entre o gerúndio e o gerundismo

Estudando as formas nominais do verbo: Clique e entenda as diferenças entre o gerúndio e o gerundismo.
Gramática

Função sintática do substantivo

Aprenda as funções sintáticas que o substantivo pode assumir na oração e amplie seus conhecimentos a respeito dessa classe de palavras.
Gramática

Funções da partícula “se”

Você sabe quais funções a partícula "se" pode assumir? Saiba mais aqui!
Gramática

Funções sintáticas do adjetivo

Conheça as funções sintáticas que o adjetivo pode assumir ao estabelecer uma relação com o substantivo.
Gramática

Grau dos adjetivos

Conheça e aprenda como são formados o grau comparativo e o grau superlativo dos adjetivos.
Gramática

Grau dos advérbios

Aprenda sobre as variações de grau dos advérbios e conheça as formas comparativa e superlativa dessa classe de palavras.
Gramática

Locução Pronominal

Leia este artigo sobre as locuções pronominais, conjunto de duas ou mais palavras que têm um único sentido e cumprem a função de pronome.
Gramática

Locuções adverbiais

Leia este artigo e saiba tudo sobre as locuções adverbiais, que são expressões formadas por duas ou mais palavras que exercem função adverbial.
Gramática

Modos verbais e suas funções no enunciado

Aprenda quais são os modos verbais presentes na língua portuguesa e conheça os usos dessa flexão do verbo.
Gramática

O vocábulo como e suas classificações morfológicas

Dependendo do contexto, pode assumir diversificadas posições!
Gramática

Orações subordinadas adverbiais

Clique aqui para entender o que são orações subordinadas adverbiais. Conheça os nove tipos de orações subordinadas adverbiais. Veja alguns exemplos.
Gramática

Semântica da palavra só

Atribua à palavra só o uso correto. Para tanto, procure conhecer a semântica que a norteia. Como? Ora, por meio de um só clique!
Gramática

Singular e plural

Leia este texto e fique por dentro das duas formas de flexão de número dos substantivos: singular e plural.
Gramática

“Um” numeral ou “um” artigo?

Por meio de um só clique, aprenda a estabelecer as diferenças que demarcam o “um” numeral e o “um” artigo indefinido.
Gramática