Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Artigo

Os artigos acompanham substantivos, podendo torná-los determinados ou indeterminados. São classificados em definidos ou indefinidos e variam em gênero e número.

Livro aberto abaixo do escrito “artigo” em um ambiente azul-esverdeado.
Os artigos antecedem substantivos, tornando-os mais ou menos específicos.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

O artigo é uma classe de palavras que acompanham substantivos, aparecendo antes deles para indicar se esses substantivos são determinados e específicos ou indeterminados e genéricos. Assim, os artigos podem ser classificados como definidos ou indefinidos, variando em gênero (masculino ou feminino) e em número (singular ou plural) de acordo com o termo que acompanham.

Saiba mais: Conjunção — a classe de palavras responsável por relacionar termos e orações

Tópicos deste artigo

Videoaula sobre artigo

O que é artigo?

O artigo é a classe gramatical que dá ao substantivo um sentido determinado ou indeterminado. O artigo também concorda em gênero e número com o substantivo, podendo ter uma forma no masculino ou no feminino, no singular ou no plural.

Quais são os tipos de artigo?

Os artigos podem ser classificados como definidos ou indefinidos, de acordo com a especificidade que trazem para o elemento que acompanham.

→ Artigos definidos

Os artigos definidos ajudam a tornar o substantivo determinado, especificado. São eles:

 

masculino

feminino

singular

o

a

plural

os

as

→ Artigos indefinidos

Os artigos indefinidos ajudam a tornar o substantivo indeterminado, genérico. São eles:

 

masculino

feminino

singular

um

uma

plural

uns

umas

Usos do artigo

Artigos definidos: substantivos determinados, especificados pelo contexto e com ajuda do artigo definido. Exemplos:

O seu cachorro quase me mordeu!”

“Fomos visitar a sua amiga porque ela não estava muito bem.”

“Cadê os papéis que estavam aqui?”

As moças da vila estão sempre juntas.”

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Artigo indefinido: substantivos indeterminados, genéricos, em contextos pouco específicos com a ajuda do artigo indefinido. Exemplos:

“Quando será que teremos um cachorrinho?”

Uma pessoa já conversou comigo a respeito disso...”

“Passaram por aqui uns tipos esquisitos?”

“Você vai passar por umas árvores antes de chegar à ponte.”

Atenção! O artigo indefinido “um” não deve ser confundido com o numeral “um”. Enquanto o artigo indefinido acompanha um substantivo de modo a torná-lo genérico ou sem especificá-lo, o numeral “um” é usado para indicar uma quantidade. Veja a diferença:

  • Artigo indefinido: “Você viu um garoto de boné passar por aqui?”

  • Numeral: “O mês ainda está na metade e eu já não tenho nem mais um real no bolso!”

Contração de artigos com preposições

Artigos podem se juntar a algumas das preposições que os antecedem, como as preposições “a”, “em”, “por” e “para”. A forma contraída da preposição com o artigo resulta em uma única palavra.

Algumas dessas formas contraídas são aceitas pela norma-padrão da gramática, sendo usadas inclusive em contextos extremamente formais. Outras dessas formas contraídas podem não ser aceitas ainda em contextos mais formais, sendo usadas apenas em contextos de fala e escrita informais.

Veja a tabela a seguir com a forma contraída de algumas preposições com os artigos.

 

preposição

a

em

para

por

artigo
definido

a

à

na

pra

pela

o

ao

no

pro

pelo

as

às

nas

pras

pelas

os

aos

nos

pros

pelos

As formas contraídas usando as preposições “a”, “em” e “por” são aceitas em qualquer contexto, mas as formas contraídas envolvendo a preposição “para” ainda são aceitas apenas em contextos informais, de fala e escrita coloquiais, devendo ser evitadas em comunicações formais e que pedem o uso da norma-padrão.

Veja a seguir alguns exemplos de usos de contrações:

“Já fomos à praia neste ano.”

“Estamos no apartamento do Edu.”

“Eu falei pra elas nem se estressarem com isso.”

“Você vive falando disso pelos cantos.”

Outras funções dos artigos

Os artigos também são usados em processos de substantivação e de distinção entre homônimos.

→ Artigos em processos de substantivação

Por antecederem substantivos, os artigos também são usados quando termos de outras classes gramaticais são substantivados. Por exemplo, se um adjetivo for usado como substantivo em um enunciado, esse adjetivo foi substantivado. Esse processo ficará explícito com a presença do artigo antecedendo o termo substantivado. Veja:

“Havia dois rapazes vindo em nossa direção. O alto se apresentou primeiro.”

O termo “alto”, originalmente um adjetivo, é usado no enunciado como se fosse um substantivo, o que ocorre com ajuda do artigo que antecede o adjetivo, transformando-o em um termo substantivado.

→ Artigos em processos de distinção entre homônimos

Alguns termos homônimos podem ser distinguidos pelo seu gênero, o que fica evidente com ajuda do artigo que acompanha os termos. Veja:

“Eu moro na capital, e você?”

“Ele não tem o capital necessário para esse empreendimento.”

A palavra “capital” pode ter significados diferentes de acordo com o gênero: “o capital” significa “dinheiro”, “fundos”, enquanto “a capital” significa “lugar ou distrito principal onde reside o governo central de um território”.

Saiba também: Advérbio — a classe de palavras responsável por expressar uma cirscunstância

Exercícios resolvidos sobre artigo

Questão 1

(CCV/UFC 2015 — adaptado)

Texto “E agora, José?”, de José Saramago.

Com base no texto, assinale a alternativa em que o vocábulo “um” é classificado corretamente como numeral.

A) “um segundo” (linha 13).

B) “um canto” (linha 19).

C) “um vulto” (linha 23).

D) “um José Júnior pobre” (linhas 33-34).

E) “um alvo humano” (linha 36).

Resolução:

Alternativa A

A alternativa A é a única em que a palavra “um” exerce função de numeral, quantificando os segundos. Nas demais alternativas, a palavra “um” é classificada como artigo indefinido, acompanhando os substantivos sem especificá-los.

Questão 2

(UFSC 2022 — adaptado)

Texto falando sobre a relação entre o surgimento das línguas e as Grandes Navegações.

Com base no texto acima e na norma-padrão escrita, considere a seguinte afirmativa:

Os três registros de crase (linha 08) marcam a fusão da locução prepositiva “em meio a” com o artigo feminino plural “as” determinado pelo substantivo feminino plural “línguas”.

( ) Verdadeiro

( ) Falso

Resolução:

Verdadeiro

O substantivo “línguas” é acompanhado pelo artigo definido “as”. Porém, ocorre fusão entre a preposição “a” e o artigo “as”, exigindo o acento indicador de crase.

 

Por Guilherme Viana
Professor de Gramática

Escritor do artigo
Escrito por: Guilherme Viana Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

VIANA, Guilherme. "Artigo"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/artigo-.htm. Acesso em 23 de fevereiro de 2024.

Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

(Fuvest/2000) As duas manas Lousadas! Secas, escuras e gárrulas como cigarras, desde longos anos, em Oliveira, eram elas as esquadrinhadoras de todas as vidas, as espalhadoras de todas as maledicências, as tecedeiras de todas as intrigas. E na desditosa cidade, não existia nódoa, pecha, bule rachado, coração dorido, algibeira arrasada, janela entreaberta, poeira a um canto, vulto a uma esquina, bolo encomendado nas Matildes, que seus olhinhos furantes de azeviche sujo não descortinassem e que sua solta língua, entre os dentes ralos, não comentasse com malícia estridente.

(Eça de Queirós, A ilustre Casa de Ramires)

No texto, o emprego de artigos definidos e a omissão de artigos indefinidos têm como efeito, respectivamente:

a) atribuir às personagens traços negativos de caráter; apontar Oliveira como cidade onde tudo acontece.

b) acentuar a exclusividade do comportamento típico das personagens; marcar a generalidade das situações que são objeto de seus comentários.

c) definir a conduta das duas irmãs como criticável; colocá-las como responsáveis pela maioria dos acontecimentos na cidade.

d) particularizar a maneira de ser das manas Lousadas; situá-las numa cidade onde são famosas pela

maledicência.

e) associar as ações das duas irmãs; enfatizar seu livre acesso a qualquer ambiente na cidade.

Exercício 2

Assinale a alternativa que apresenta, respectivamente: artigo indefinido feminino no plural, artigo definido feminino no singular, artigo indefinido masculino no singular, artigo definido feminino no plural.

a) As meninas mais bonitas da rua são uma tal de Gabriele, uma menina loira que mora uns três quilômetros daqui e a Luciene, uma morena que mora em uma casa cinza.

b) Hoje fizemos a reunião de pais e entregamos as provas bimestrais e uns informativos sobre a semana pedagógica, na qual faremos uma gincana.

c) Há um mercado a 200 m daqui, caso as senhoras queiram comprar uns pães de queijo para receber o padre.

d) Sei que umas pessoas desaprovarão a minha atitude, mas sei também que um ou outro ficará do meu lado até que as coisas se resolvam.

e) Os armários da cozinha sofreram apenas uns arranhões, mas as cadeiras de uma das salas de jantar ficaram bastante danificadas.

PUBLICIDADE