Topo
pesquisar

Circulação Atmosférica

Geografia

A dinâmica da circulação atmosférica é responsável, principalmente, pela variabilidade climática. Ela acontece em três níveis, chamados de “células”.
PUBLICIDADE

Entende-se por Circulação Atmosférica a movimentação das massas de ar. Essa movimentação ocorre na Troposfera, a camada da atmosfera mais próxima da Terra.

A circulação atmosférica ocorre em razão do desequilíbrio da radiação recebida pela Terra ao longo de sua extensão. As regiões que se localizam mais próximas da Linha do Equador recebem mais radiação solar e, consequentemente, tornam-se mais aquecidas. Enquanto nas regiões polares, o índice de radiação é menor e o aquecimento também. Desse modo, para que haja um maior equilíbrio, acontecem muitas trocas de massas de ar entre as regiões mais quentes e as mais frias.

A movimentação das massas de ar só é possível graças às diferenças de pressão. O ar frio é mais pesado e, por isso, tende a descer e provocar uma pressão maior, enquanto o ar quente tende a subir e diminuir a pressão da atmosfera. Como a decida do ar frio e a subida do ar quente acontecem simultaneamente, observa-se uma movimentação constante e circular dessas massas, que é responsável pela ocorrência dos ventos e pelas variações climáticas.

O padrão da circulação da atmosfera se dá através de três células de movimentação (ver esquema abaixo), que são consequências diretas dos movimentos de rotação e de translação.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Esquema das massas de ar do planeta Terra; observe a direção dos movimentos de cada célula
Esquema das massas de ar do planeta Terra; observe a direção dos movimentos de cada célula

A primeira célula de movimentação é a célula tropical. Ela ocorre nas regiões de baixa latitude (mais próximas da Linha do Equador). É caracterizada pelo movimento em direção aos polos acontecer na porção superior da atmosfera.

A segunda célula de movimentação é a célula de Ferrel ou célula das latitudes médias. Como o nome indica, ela ocorre nas latitudes intermediárias (entre a Linha do Equador e os polos). Caracteriza-se pela direção do movimento em direção aos polos ocorrer na porção inferior da atmosfera

A terceira célula de movimentação é a célula polar. O ar proveniente das outras duas células, ao alcançar os polos, desce e forma uma forte pressão polar. Em seguida, a superfície desloca esse ar para zonas de menor pressão e para as zonas tropicais.

 

Por Rodolfo f. Alves Pena
Graduado em Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PENA, Rodolfo F. Alves. "Circulação Atmosférica"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/circulacao-atmosferica.htm. Acesso em 22 de setembro de 2019.

Lista de Exercícios
Questão 1

Domingo de sol entre nuvens antecede chegada de massa de ar frio no RS

Os gaúchos devem separar casacos e regatas para enfrentar o domingo e a semana que se inicia. A chegada de uma massa de ar frio e seco ao Estado provoca a queda da temperatura na madrugada desta segunda-feira com mínimas de 3ºC nos Campos de Cima da Serra. A partir de terça, os termômetros começam a subir e já na quarta podem registrar 31ºC na Fronteira Oeste.

Em plena primavera, a madrugada de domingo registrou mínimas com cara de inverno. Em Quaraí, na Fronteira Oeste, os termômetros marcaram 9,8ºC. Já em São José dos Ausentes, nos Campos de Cima da Serra, a madrugada registrou 10,8ºC. Apesar do registro da madrugada, ao longo do dia a temperatura deve ficar amena. Porto Alegre deve ter 23ºC, Santa Maria 25°C e Uruguaiana 26ºC.

Jornal Zero Hora, 27/10/2013

Com base em seus conhecimentos sobre massas de ar e circulação atmosférica, podemos concluir que a chegada da massa de ar frio e seco no Rio Grande do Sul provavelmente está relacionada a uma:

a) célula polar

b) célula equatorial

c) célula tropical

d) célula de Ferrel

e) célula de Hadley

 

Questão 2

(OSEC)

O deslocamento das massas de ar, que dão origem aos ventos, se faz sempre:

a) das áreas mais elevadas para as mais baixas;

b) das áreas de temperaturas mais altas para as de temperatura mais baixa;

c) das áreas de alta pressão para as de baixa pressão;

d) das áreas mais úmidas para as mais secas;

e) de oeste para leste.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola