Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Lago

Lago é um tipo de corpo hídrico encontrado em depressões de relevo. Apresenta importância socioeconômica quando localizado próximo a cidades e áreas urbanizadas.

Lago cercado por vegetação.
Os lagos são muito importantes para a navegação, o lazer e o abastecimento hídrico de vilas e cidades.
Crédito da Imagem: Shutterstock.com
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Lago é um corpo hídrico formado pelo acúmulo de água em uma área rebaixada do relevo, podendo ser composto tanto por água doce quanto por água salgada. Os lagos são comumente abastecidos pelas chuvas, por rios ou por água de degelo, e apresentam várias origens: tectônica, vulcânica, fluvial, glacial ou residual.

Principalmente quando próximo a cidades e áreas urbanizadas, os lagos são muito importantes para o abastecimento hídrico, para os transportes e para o desenvolvimento da economia local, servindo ao lazer e ao turismo. No entanto, problemas ambientais como poluição, assoreamento e uso intensivo de suas águas são comuns em ambientes lacustres.

Leia também: O que é uma laguna?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre lago

  • Lago é um corpo hídrico formado pelo acúmulo de água em uma área de depressão.

  • Apresenta águas calmas e de profundidade variável, sendo abastecidas pelas chuvas ou por descargas de lençóis freáticos, rios ou degelo de geleiras.

  • Pode conter água doce ou água salgada.

  • De acordo com sua origem, é classificado em: tectônico, vulcânico, fluvial, glacial, residual ou misto.

  • É importante para a manutenção do equilíbrio ambiental, para o abastecimento urbano, para os transportes e para o lazer e turismo.

  • Difere da lagoa apenas pelo tamanho, sendo o lago maior. No entanto, é muito distinto de laguna. As lagunas são formadas por água salobra e têm conexão com o mar.

  • O maior lago do mundo é um lago de água salgada: o mar Cáspio, na Ásia.

  • O maior lago brasileiro é a lagoa Mirim, localizada no Rio Grande do Sul.

O que é um lago?

Lago é um corpo hídrico que se forma do acúmulo de água em uma depressão (área rebaixada situada em uma cota altimétrica inferior aos terrenos que a circundam). Os lagos podem ser compostos tanto por água doce quanto por água salgada, tendo ou não algum tipo de curso d’água ou outro corpo hídrico ligado a ele.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características do lago

Os diferentes lagos existentes no planeta Terra apresentam características distintas em termos de extensão superficial, profundidade e composição. O que os une é, de fato, o aspecto principal de um corpo hídrico para ser classificado como um lago: consistir em um conjunto de águas que são acumuladas em uma parte mais rebaixada do relevo. Os lagos se formam em terrenos abaulados, que ficam em uma altitude inferior àquela dos arredores, por isso classificados como depressões.

Lagos apresentam águas muito tranquilas ou paradas, que apenas são agitadas caso haja algum tipo de distúrbio externo. Sua recarga é feita principalmente por meio da água das chuvas, que abastecem esse corpo hídrico e mantêm seu nível. Outras fontes de água para os lagos são os lençóis freáticos, as geleiras durante a fase de degelo, e até outros cursos d’água.

A grande maioria dos lagos é formada por água doce. No entanto, existem inúmeros lagos de água salgada ao redor do mundo, alguns dos quais são tão imensos em superfície que são apelidados de mar. O principal exemplo disso é o mar Cáspio, situado entre a Europa e o Oriente Médio (Ásia).

Veja também: Mar Morto — o lago das águas mais salgadas do mundo

Tipos de lago

Os lagos são classificados, de acordo com o seu processo de formação, em:

  • Lagos tectônicos: formados sobre áreas de deformação na crosta terrestre decorrentes de eventos de origem tectônica, como as falhas geológicas.

  • Lagos vulcânicos: formados sobre crateras de vulcões extintos.

  • Lagos fluviais: formados ao longo de um rio por meio do represamento de água em determinados pontos de seu trecho.

  • Lagos glaciares: formados por meio do derretimento de geleiras em áreas de vales, onde se formam lagos, ou, ainda, por meio da ação modeladora do relevo das geleiras que dá origem a depressões. No segundo caso, estamos falando da origem geomorfológica do terreno no qual o lago de originou.

  • Lagos residuais: formados por meio do fechamento de uma área de mar. Portanto, um corpo hídrico que, antes, era mar e foi enclausurado, natural ou artificialmente, pode ser chamado de lago residual.

  • Lagos mistos: formados por dois ou mais fatores listados anteriormente.

Importância dos lagos

Os lagos são cursos d’água que apresentam importância ambiental e socioeconômica. Nesses corpos d’água, desenvolvem-se ecossistemas lacustres, essenciais para o equilíbrio ambiental e para a garantia da biodiversidade de determinada região, auxiliando, ainda, nos ciclos biogeoquímicos locais (sobretudo da água). A superfície de água dos lagos ajuda na regulação térmica, portanto, atua no clima da área em que estão situados.

Quando situados próximo a povoados, vilarejos e cidades, os lagos são utilizados como via de transporte e como meio de abastecimento urbano, no caso da ocorrência de lagos de água potável. Não somente isso, esses corpos hídricos servem, também, ao lazer da população e ao turismo, tornando-se, muitas vezes, importantes atrações para visitantes.

20 maiores lagos do mundo

Maiores lagos do mundo

Lago

Localização

Área

Mar Cáspio

Ásia

389.000 km²

Superior

América do Norte

82.100 km²

Vitória

África

59.940 km²

Huron

América do Norte

59.590 km²

Michigan

América do Norte

58.030 km²

Tanganyika

África

32.900 km²

Baikal

Ásia

31.722 km²

Grande Lago do Urso

América do Norte

31.153 km²

Malawi

África

29.600 km²

Grande Lago do Escravo

América do Norte

27.200 km²

Erie

América do Norte

25.667 km²

Winnipeg

América do Norte

24.514 km²

Ontário

América do Norte

18.970 km²

Ladoga

Ásia

17.700 km²

Balkhash

Ásia

16.400 km²

Vostok

Antártica

12.500 km²

Onega

Ásia

9.700 km²

Titicaca

América do Sul

8372 km²

Nicarágua

América Central

8264 km²

Athabasca

América do Norte

7850 km²

Lagos do Brasil

Vista do lago Guaíba, um dos maiores lagos do Brasil.
O Guaíba, que banha a cidade de Porto Alegre (RS), é um dos maiores lagos naturais do Brasil.

O Brasil é um país com hidrografia muito extensa, o que significa que apresenta território com amplo sistema de drenagem que conta com muitos rios, lagos e lagoas. Os lagos naturais brasileiros são formados principalmente pela interrupção do curso de rios por sedimentos ou, ainda, pelo preenchimento de porções rebaixadas dos terrenos com água. Na maioria dos casos, eles são importantes para o abastecimento hídrico, para o lazer e, sobretudo, para o transporte de pessoas e de mercadorias.

A lagoa Mirim, apesar de receber essa denominação, é considerada o maior lago do Brasil. Ela fica localizada na fronteira com o Uruguai, no Rio Grande do Sul, estendendo-se por uma área de 3749 km². O mesmo estado abriga também o segundo maior lago do país, o Guaíba. Situado em Porto Alegre, capital gaúcha, esse corpo hídrico tem área de 496 km² e é de extrema importância para o abastecimento da população porto-alegrense e de sua região metropolitana.

Saiba mais: Quais são as principais consequências da poluição hídrica?

Diferenças entre lago, lagoa e laguna

A diferenciação entre lago e lagoa é bastante sutil. Muitos geólogos e geomorfólogos consideram que as lagoas são estruturas semelhantes aos lagos, embora tenham menores dimensões. Dessa forma, o que diferencia um lago de uma lagoa é o seu tamanho — as lagoas tendem a ser corpos hídricos menores. No entanto, não há um limite máximo ou mínimo estabelecido para delinear muito bem essa diferença.

Lagunas, por sua vez, são corpos hídricos de água salgada ou salobra formados em depressões litorâneas que se assemelham aos lagos, mas que apresentam uma pequena conexão com o mar. São separadas dos oceanos por braços de areia ou recifes de coral. No Brasil, um exemplo de laguna é a lagoa dos Patos, localizada no Rio Grande do Sul.

Lagoa dos Patos em texto sobre lagos.
A lagoa dos Patos, apesar do nome, é um exemplo de laguna.

Impactos ambientais dos lagos

Os lagos situados em áreas urbanas e urbanizadas sofrem com os impactos gerados pela intervenção humana, sobretudo quando são utilizados para a navegação e para o lazer. Os principais impactos ambientais identificados em lagos são:

  • Poluição hídrica pelo descarte irregular de lixo e efluentes.

  • Contaminação de suas águas, o que destrói os ecossistemas lacustres.

  • Assoreamento de suas águas.

  • Uso intensivo do recurso hídrico, o que pode ocasionar desabastecimento.

  • Ressecamento por conta da ausência de chuvas em determinados períodos do ano.

Origem dos lagos

Os lagos têm origem tanto natural quanto artificial, sendo o segundo tipo formado pela ação humana. Em se tratando de lagos naturais, a maior parte deles surge por meio do acúmulo de água em depressões de relevo, áreas rebaixadas decorrentes da ação erosiva de agentes como a própria água, os ventos ou mesmo as geleiras. Essas áreas rebaixadas podem ser igualmente antigas caldeiras de vulcões extintos, dolinas e uvalas.

Há determinados tipos de lago que se originam no represamento de água em um curso d’água, decorrente da obstrução do fluxo por agentes naturais, como areia e outros tipos de sedimentos. Esse processo é comum, também, próximo ao litoral ou em áreas de antigos mares, o que forma os lagos litorâneos e residuais respectivamente.

Fontes

GUERRA, A. T. Dicionário geológico-geomorfológico. Rio de Janeiro: IBGE, 1993. 8 ed.

TEIXEIRA, W.; FAIRCHILD, T. R.; TOLEDO, M. C. M. de; TAIOLI, F.. (Orgs.) Decifrando a Terra. São Paulo, SP: Companhia Editora Nacional, 2009, 2ª ed.

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Lago"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/lago.htm. Acesso em 17 de junho de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


Doenças relacionadas com a água

Veja quais são as doenças relacionadas com a água e suas formas de transmissão!
Doenças e patologias

Guaíba

Afinal, Guaíba é um rio ou um lago? Clique aqui e descubra essa e outras informações sobre esse curso d’água. Saiba qual a sua importância.
Geografia do Brasil

Hidrografia

Clique aqui e descubra o que é hidrografia. Relembre o funcionamento do ciclo da água. Saiba quais são as principais bacias hidrográficas do mundo.
Geografia

Hidrografia do Brasil

Clique e conheça a hidrografia do Brasil. Saiba quais são as 12 bacias hidrográficas brasileiras, suas características e os principais rios que banham o Brasil.
Geografia do Brasil

Laguna

Você sabe o que é uma laguna? Clique aqui, entenda como as lagunas se formam e saiba diferenciá-las das lagoas.
Geografia

Mar Morto

Importância, características e a polêmica sobre a possível extinção do mar morto.
Geografia

Oceanos e mares

A classificação dos oceanos e mares.
Geografia

Poluição da água

Clique aqui, saiba quais são as causas e as consequências da poluição da água e conheça os diferentes tipos desse problema ambiental.
Química

Rios do Brasil

Clique aqui, saiba quais são os principais rios do Brasil e conheça suas características gerais.
Geografia do Brasil

Água potável

Entenda o que é água potável, onde ela é encontrada e a sua importância para a saúde humana. Saiba como ocorre o tratamento da água antes de chegar ao consumidor.
Geografia