Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Bandeira do Catar

A bandeira do Catar apresenta cores branco e bordô, um vermelho historicamente ligado ao país. A atual bandeira, com as dimensões e cores que conhecemos, foi adotada em 1971.

Bandeira do Catar, em cores branco e bordô.
A bandeira do Catar é chamada de Al-Adaam e é símbolo de orgulho e unidade do país.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A bandeira do Catar é um símbolo nacional do país, conhecido como Al-Adaam. Ela é composta pelas cores branca e bordô, uma tonalidade de vermelho historicamente associada ao país. Um dos primeiros locais a produzir a tinta bordô foram as ilhas de Al Khor, próximo ao litoral do Catar, e ela era empregada principalmente na confecção de tecidos.

A adoção de uma bandeira única para o país aconteceu no ano de 1851. Mais tarde, já na primeira metade do século XX, o Catar adotou uma nova bandeira semelhante à atual, mas com alguns pontos divergentes, como a inclusão de diamantes e o nome do país na parte branca. Foi na década de 1960 que o Catar adotou a atual configuração da bandeira, e, em 1971, as dimensões atuais foram incorporadas. A legislação do país estabeleceu, em 2012, os critérios técnicos do pavilhão, como as cores oficiais na tonalidade correta, dimensões e formato.

Leia também: Bandeira da Arábia Saudita — símbolo nacional que faz menção à fé islâmica

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a bandeira do Catar

  • A bandeira do Catar é um símbolo nacional do país.

  • É formada por um retângulo cuja largura tem mais de duas vezes a medida da altura, sendo essa uma de suas particularidades.

  • As cores da bandeira do Catar são a branca e a bordô, separadas por uma linha serrilhada com nove pontas.

  • O bordô era a cor da tinta produzida em uma ilha a 40 km da cidade de Doha, capital do Catar.

  • A produção de tecidos com essa tonalidade fez com que o bordô fosse historicamente associado ao Catar.

  • A atual configuração da bandeira do Catar foi adotada na década de 1960, ao passo que as dimensões que conhecemos hoje foram adotadas 11 anos mais tarde, em 1971.

  • As especificações técnicas a respeito do formato, dimensões e tonalidade do vermelho foram definidas pela legislação no ano de 2012.

  • O Catar é um país do Oriente Médio banhado pelo Golfo Pérsico, com capital em Doha. Apresenta economia desenvolvida e alto nível de urbanização. Além disso, o país sediou a Copa do Mundo de 2022.

Significado da bandeira do Catar

A bandeira do Catar é formada por um retângulo que apresenta a largura de dimensão mais de duas vezes maior do que a altura, composta por duas cores: a branco e a bordô, um vermelho bem escuro que se aproxima do marrom. O branco constitui a faixa mais estreita e está posicionado à esquerda, ao lado do mastro, separando-se do bordô por uma linha serrilhada composta por nove pontas. Esses detalhes são importantes para diferenciar a bandeira do Catar da bandeira de Barein, que apresenta o serrilhado com cinco pontas e cor vermelha vibrante no lugar do bordô.

Esse símbolo nacional do Catar representa a dignidade e a unidade dos habitantes do Catar. As nove pontas representam a inclusão do Catar como o nono membro dos Emirados da Trégua ou Emirados Reconciliados no ano de 1916. As cores, por sua vez, apresentam diferentes interpretações que remetem à história desse país.

 Bandeira do Catar e, ao fundo, céu azul.
A bandeira do Catar é um símbolo que reconta a história do país.

A cor branca simboliza a paz. Já o bordô é representativo da história socioeconômica do Catar, mais precisamente dos primeiros povos a habitarem a região onde fica o atual território do Catar. A coloração bordô, hoje característica da bandeira nacional, era produzida por meio de uma substância extraída das conchas de moluscos Murex pescados na ilha de Al Khor (ou Ilha Roxa), que fica a aproximadamente 40 km da cidade de Doha, capital do Catar. À época, apenas o Catar e Tiro, cidade libanesa, produziam a tinta bordô.

O bordô era uma cor associada à nobreza e por isso chamado de vermelho-real ou vermelho-imperial. A tinta era também comercializada pelos fenícios, que formavam uma civilização que se desenvolveu na região noroeste do Oriente Médio, onde hoje se localiza o atual Líbano, entre os anos de 3000 e 500 a.C.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História da bandeira do Catar

A história da bandeira do Catar começa muito antes do estabelecimento do território nacional catariano como hoje o conhecemos. Como aprendemos anteriormente, a cor bordô associada ao pavilhão era originária da tinta produzida de moluscos encontrados no litoral próximo de Doha há milhares de anos antes do presente. O nome pelo qual a bandeira do Catar é conhecida, Al-Adaam, é utilizada em referência ao vermelho-escuro ou bordô. Na sua origem, a palavra significa suporte ou ainda uma pessoa que segue em frente em sua jornada com muita confiança.

O bordô ficou historicamente associado ao Catar pela rica produção têxtil que se desenvolveu no país, além de roupas tradicionais que eram feitas nessa tonalidade específica de vermelho. Após uma longa campanha do Reino Unido no Golfo Pérsico, que visava sobretudo aos atuais Emirados Árabes Unidos, um acordo de paz foi selado entre a Companhia das Índias Orientais e os territórios que compunham os chamados Emirados da Trégua. Entre as demandas estava a criação de uma bandeira única para representar os territórios árabes, chamada de Hudna.

O acordo de 1820, entretanto, não foi assinado por Doha — que se chamava, à época, al-Bada — em função de ataques promovidos por um dos navios da frota britânica. Assim, a Hudna não foi adotada pelo Catar, e cada um dos povoados que compunha o país tinha a sua própria bandeira. O advento de uma única bandeira para o Catar aconteceu apenas em 1851 mediante ameaças de invasão, demonstrando assim unidade.

Durante a primeira década do século XX, após um período de dominação otomana, o Catar assinou um acordo com a autoridade britânica, mas não passou a adotar a Hudna, mantendo o seu próprio pavilhão bordô. Em 1932, os britânicos decidiram que o Catar deveria ter uma bandeira própria e haviam sugerido o uso do vermelho, mas o país manteve o bordô. A bandeira era então formada por uma parte branca, onde se lia a palavra “Catar”, e uma bordô, separadas pelas nove pontas com um diamante avermelhado em cada uma.

Foi na década de 1960 que a bandeira do Catar adquiriu a configuração que hoje conhecemos, e, 11 anos mais tarde, as dimensões atuais foram definidas. No ano de 2012, as especificações técnicas, como dimensões e cor, foram estabelecidas oficialmente pela legislação do país.

Leia também: Bandeira do Canadá — símbolo nacional que recebeu forte influência da França e Inglaterra

Catar

Vista da cidade de Doha, capital do Catar.
Doha é a capital do Catar e uma das cidades que sediou a Copa do Mundo de 2022.

O Catar é um país de 11,6 mil km² localizado no Oriente Médio e banhado pelas águas do Golfo Pérsico. Estabelece fronteiras terrestres apenas com a Arábia Saudita, ao sul. Não obstante a influência marítima, o Catar dispõe de clima desértico com elevada amplitude térmica, além de baixíssima pluviosidade anual, que raramente chega a 100 mm e se concentra nos meses correspondentes ao inverno. O relevo do Catar é formado por planícies desérticas, apresentando baixa cobertura vegetal.

A capital do Catar é a cidade de Doha, situada no litoral leste. Nela vivem 653 mil pessoas, sendo assim a segunda maior cidade do país. A maior delas é Al-Rayyan, com quase 780 mil habitantes. Somente essas duas áreas urbanas concentram aproximadamente 49% da população do Catar, que é de 2.930.000 habitantes (ONU, 2021). A maior parte da população catari é composta por pessoas que migraram de outros países, especialmente de outras nações árabes. Nesse sentido, o árabe é o idioma oficial do Catar, sendo o inglês muito usado como segunda língua.

A economia do Catar se destaca como uma das maiores do mundo. A exploração e comercialização de petróleo e gás natural são as principais atividades responsáveis por colocar o Catar nessa posição. O país dispõe ainda de um elevado índice de desenvolvimento e urbanização.

Curiosidades sobre o Catar

  • O Catar foi escolhido para sediar a Copa do Mundo de 2022. Em função do clima muito quente e seco, houve uma alteração no período em que o evento ocorreu: em vez de os jogos acontecerem no meio do ano, como se dá tradicionalmente, eles foram transferidos para o fim do ano, coincidindo com a estação mais amena no país.

  • É o primeiro país árabe a sediar uma Copa do Mundo.

  • A tonalidade exata do marrom da bandeira do Catar foi definida em 2012 pelo governo local como sendo Pantone 1955 C.

  • O ponto mais elevado do Catar é o monte Tuwayir al Hamr, situado a uma altitude de 103 metros.

  • A família que compõe a monarquia do Catar está no poder desde 1868.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Bandeira do Catar"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/bandeira-do-catar.htm. Acesso em 27 de maio de 2024.

De estudante para estudante