Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Bandeira da Sérvia

A bandeira da Sérvia como hoje a conhecemos foi concebida em 2004, tornando-se oficialmente símbolo do país dois anos mais tarde, após a separação territorial de Montenegro.

Bandeira da Sérvia hasteada e céu azul com nuvens ao fundo.
A bandeira da Sérvia apresenta as cores pan-eslávicas (vermelho, azul e branco) e o brasão de armas do país.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A bandeira da Sérvia é um dos símbolos nacionais do país. Adotada oficialmente a partir de 2006, quando houve a separação de Montenegro, a bandeira sérvia foi padronizada no ano de 2010. Ela é composta por três faixas horizontais nas cores vermelho, azul e branco, que correspondem às cores pan-eslávicas, e, além disso, simbolizam o sangue das pessoas que lutaram em prol da Sérvia, a liberdade e o sangue materno. Na parte esquerda, fica posicionado o brasão de armas do país, cuja adoção oficial data de 1882.

Leia também: Bandeira da Polônia — símbolo cujas cores derivam do brasão de armas do país

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a bandeira da Sérvia

  • A bandeira da Sérvia é um dos símbolos nacionais do país.

  • Apresenta as cores pan-eslávicas (vermelho, azul e branco) e o brasão de armas do país.

  • Suas cores representam o sangue dos que lutaram pela Sérvia (vermelho), a liberdade (azul) e o leite materno que gerou as crianças fortes do país (branco).

  • O design da atual bandeira, com a incorporação do brasão, foi adotado em 2004. As cores pan-eslávicas, no entanto, começaram a ser usadas no século XIX.

  • Tornou-se oficialmente o símbolo nacional da Sérvia em 2006, após a separação de Montenegro.

  • O protocolo de uso da bandeira da Sérvia determina, entre outras especificações, que o símbolo seja hasteado permanentemente na entrada de prédios oficiais do governo, com exceção da Assembleia Nacional.

  • No caso da Assembleia Nacional, a bandeira deve ser hasteada durante as sessões e em cerimônias oficiais da Sérvia.

Significado da bandeira da Sérvia

A bandeira da Sérvia é um dos símbolos nacionais do país. Ela consiste em um retângulo composto por três listras horizontais, todas de mesma espessura, nas cores vermelho, azul e branco. Na metade esquerda do pavilhão, fica o brasão de armas da Sérvia, formado por uma águia de duas cabeças sobre um fundo vermelho, uma cruz branca no centro e uma coroa disposta acima desse conjunto de elementos.

Bandeira da Sérvia
A bandeira da Sérvia, além da base tricolor, carrega o brasão de armas do país.
  • Cores da bandeira da Sérvia

Existe mais de uma interpretação para as cores presentes na bandeira da Sérvia. O esquema formado pelo vermelho, azul e branco pode ser compreendido como símbolo do pan-eslavismo, movimento esse que defendia a união dos povos eslavos. As três cores representam a liberdade, e estão hoje presentes em bandeiras de diversos outros países, como Rússia, Eslováquia e Eslovênia.

O governo da Sérvia, ao apresentar os símbolos nacionais sérvios, introduz a simbologia de cada uma das cores individualmente:

Vermelho: representa o sangue daqueles que lutaram pelo país.

Azul: representa a liberdade.

Branco: representa o leite materno que alimentou as crianças fortes da Sérvia, que se tornaram e se tornarão grandes batalhadoras.

  • Brasão da Sérvia

O brasão da Sérvia, presente na bandeira nacional, é formado por uma águia de duas cabeças encarando direções opostas. Uma delas encara o reino dos céus, enquanto a outra encara o reino da Terra, representando assim a dicotomia entre o sagrado e o secular. O brasão é derivado do Império Bizantino, e foi oficialmente adotado pela Sérvia em 16 de setembro de 1882.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História da bandeira da Sérvia

A atual bandeira sérvia foi oficialmente adotada pelo país em 2006, quando houve a separação entre os territórios da Sérvia e de Montenegro. No entanto, desde, pelo menos, o século XIII existem bandeiras que representaram a Sérvia em diversos momentos de sua história política e territorial.

As cores vermelho e branco, principalmente, e o azul se fizeram mais presente a partir do século XIX, mais especificamente em 1804, quando teve início a resistência sérvia contra a dominação do Império Otomano. A bandeira da Sérvia foi oficialmente reconhecida pelo então sultão otomano no ano de 1835, e era formada então por faixas horizontais vermelho-escuro, branca e azul, com o brasão de armas no centro. Esse foi o símbolo do país até o ano de 1918, quando foi constituído o Reino dos Sérvios, Croatas e Eslovenos, mais tarde renomeado Iugoslávia.

A bandeira da Iugoslávia era inspirada nos movimentos pan-eslávicos, e por isso carregava as cores azul, branco e vermelho nessa respectiva ordem. Após o fim da Segunda Guerra Mundial, a bandeira iugoslava passou a ser composta também por uma estrela vermelha de bordas amarelas. Com a dissolução da Iugoslávia, no início da década de 1990, Sérvia e Montenegro se tornaram um único país e adotaram como bandeira a flâmula tricolor azul-branco-vermelho.

Em 2004, a bandeira estatal incorporou o escudo sérvio que hoje conhecemos, embora a bandeira civil tenha se mantido como estava. Foi somente com a separação dos territórios, dois anos mais tarde, que a Sérvia adotou oficialmente a sua atual bandeira.

Leia também: Bandeira da Alemanha — símbolo que representa a unidade, a liberdade e a democracia

Sérvia

Paisagem em Belgrado, capital da Sérvia.
Paisagem em Belgrado, capital da Sérvia.

A Sérvia é um país europeu localizado na região leste do continente, na península Balcânica, com capital na cidade de Belgrado. Sem saída para o oceano, a Sérvia faz fronteira com outros oito países europeus e com Kosovo, uma república autônoma que declarou independência com relação ao território sérvio em 2008.

Pela sua proximidade com o mar, dispõe de clima mediterrâneo na região oeste. No interior do país, predomina o clima temperado continental. O relevo da Sérvia é muito diverso, formado por planícies, serras, formações cársticas e montanhas. Na sua hidrografia, destaca-se a presença do rio Danúbio, um dos principais cursos d’água da Europa.

A população da Sérvia é de aproximadamente 8,7 milhões de habitantes, maior parte dos quais vive nos centros urbanos. Belgrado é a maior cidade do país, onde vivem 1,4 milhão de pessoas. Está em curso no país o processo de envelhecimento populacional e redução da população, que decresce a uma taxa de 0,5% ao ano.

A Sérvia é um país pobre se comparado aos demais países europeus. Sua economia se concentra no setor terciário, com destaque para o comércio e o turismo, e na indústria manufatureira, além da grande relevância que os investimentos estrangeiros diretos têm para o desenvolvimento econômico interno e para o setor de infraestrutura.

Protocolos da bandeira da Sérvia

A Constituição da Sérvia determina o protocolo de uso da bandeira e de outros símbolos nacionais.

A bandeira sérvia deve ser permanentemente hasteada na entrada principal dos órgãos do Estado, com exceção da Assembleia Nacional. Nesse caso, o uso da bandeira é feito durante sessões e celebrações nacionais. Já nos edifícios de autarquias locais e de autoridades regionais, o hasteamento acontece nos feriados e celebrações nacionais da Sérvia. Em períodos de luto, hasteia-se a bandeira a meio mastro.

Existem outras ocasiões em que a legislação permite o uso da bandeira da Sérvia. Destacam-se:

  • Cerimônias, celebrações e eventos significativos para a Sérvia.

  • Reuniões internacionais, competições e outras ocasiões, conforme estabelecido pela legislação.

  • Ocasiões e eventos cujas regras não contrariem a Constituição da Sérvia.

Curiosidades sobre a bandeira da Sérvia

  • Algumas pessoas chamam a bandeira de “tricolor” ou trobojka, na língua local.

  • Em decorrência dos acontecimentos que levaram à Primeira Guerra Mundial, os Estados Unidos demonstraram apoio ao país. O Dia da Sérvia foi celebrado no território estadunidense em 28 de julho de 1918, e as bandeiras de ambos os países foram hasteadas na Casa Branca, sede do governo dos Estados Unidos.

  • A bandeira da Sérvia foi eleita como a mais bonita do mundo em 2022 por uma votação, conduzida por uma empresa estadunidense (Ranker), com um milhão de votantes.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Bandeira da Sérvia"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/bandeira-da-servia.htm. Acesso em 27 de maio de 2024.

De estudante para estudante