Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Bandeira da Polônia

A bandeira da Polônia exibe as cores nacionais, branco e vermelho, em duas faixas horizontais de mesmo tamanho. O símbolo foi oficialmente adotado no ano de 1919.

Bandeira da Polônia hasteada.
A bandeira da Polônia é um símbolo nacional, adotado desde 1919. As cores branco e vermelho têm origem no brasão de armas polonês.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A bandeira da Polônia é um símbolo do país, formada por um retângulo dividido ao meio com a cor branca na porção superior e a cor vermelha na parte inferior. As cores da bandeira polonesa são derivadas do brasão de armas do país e tornaram-se oficialmente as cores nacionais da Polônia a partir do século XVIII.

O branco e o vermelho estão associados ao catolicismo, religião introduzida no país ainda no século I, e representam a pureza e o amor, respectivamente. Há, no entanto, outras interpretações que sugerem que o branco simboliza a nobreza e o vermelho representa as batalhas lutadas pelo país ao longo de sua história.

Leia também: Bandeira da Arábia Saudita — uma bandeira que possui elementos que remetem ao islamismo

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a bandeira da Polônia

  • A bandeira da Polônia é um dos símbolos do país.

  • Ela é formada por um retângulo dividido horizontalmente em duas partes iguais: a parte superior apresenta cor branca e a parte inferior, cor vermelha.

  • As cores da bandeira polonesa são derivadas do seu brasão de armas.

  • O branco representa a pureza espiritual e a nobreza, enquanto o vermelho é símbolo tanto das batalhas (fogo e sangue) quanto do amor.

  • As cores nacionais passaram a ser oficialmente usadas nas insígnias militares em 1831.

  • A forma e as dimensões da bandeira polonesa, no entanto, foram oficializadas somente em 1919.

  • A sua atual composição, mais especificamente o tom do vermelho hoje exibido na bandeira, foi adotada em 1980.

  • Instituído em 2004, o Dia da Bandeira é celebrado em 2 de maio na Polônia.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Significado da bandeira da Polônia

A bandeira da Polônia é um símbolo nacional. Ela é formada por um retângulo dividido horizontalmente ao meio em duas cores diferentes: o branco, na metade superior, e o vermelho-vivo, na porção inferior.

As cores da bandeira polonesa foram definidas a partir do seu brasão de armas, que é caracterizado por uma águia branca com uma coroa dourada sobre um fundo vermelho. Embora tenha passado por muitas alterações desde então, há registros do uso da águia em moedas que circulavam no território polonês e também nos escudos usados em batalhas desde o século XII, enquanto o fundo vermelho foi inserido apenas no século XIII.

Brasão de armas polonês, o brasão cujas cores inspiraram a bandeira da Polônia.
Brasão de armas da Polônia, cujas cores inspiraram a bandeira nacional.

Com a introdução da religião Católica na Polônia, no primeiro século da Era Comum, muitos de seus valores católicos foram reproduzidos na bandeira nacional. A cor branca é associada, em termos espirituais, à pureza, e ao mesmo tempo representa a nobreza. A simbologia do vermelho, no entanto, encontra diversas explicações na literatura. Ela representa tanto o fogo e o sangue das batalhas quanto o amor, princípio associado ao catolicismo.

História da bandeira da Polônia

As cores nacionais polonesas passaram a ser conhecidas assim a partir de 1792, ano em que ocorreu a celebração do primeiro aniversário da Constituição da Polônia, instituída em 3 de maio de 1791.

Durante as celebrações, os civis se vestiram com roupas ou acessórios vermelhos e brancos. Posteriormente as duas cores passaram a compor oficialmente as insígnias utilizadas pelos militares poloneses em seus uniformes, o que se deu a partir do Levante de Novembro (1830-1831), quando oficiais do exército da Polônia travaram conflito para defender o seu território da dominação russa.

Apesar das mais variadas formas de exibição das cores nacionais, não era possível ainda falar em uma bandeira nacional polonesa, tendo em vista que os estandartes levantados eram baseados nos escudos levados para o campo de batalha. Também durante o século XIX, as cores nacionais da Polônia eram exibidas pelos poloneses que tomaram partido na Revolução de 1848 e por pessoas que defendiam a independência da Polônia.

A Polônia reconquistou a sua independência no ano de 1918 e a legislação polonesa determinou o formato e as proporções da bandeira do país um ano mais tarde. Embora não tenha havido mudanças no desenho geral da bandeira polonesa desde então, o tom de vermelho usado variou entre 1919 e 1980, quando a constituição nacional estabeleceu os símbolos nacionais da Polônia. De um vermelho mais escuro, a metade inferior passou para um tom alaranjado entre 1927 e 1980, retornando depois para o vermelho mais aberto.

No ano de 2004, a Polônia instituiu o Dia da Bandeira, celebrado no dia 2 de maio, em referência aos acontecimentos de 2 de maio de 1945. A data é de grande importância para a história nacional e da Europa como um todo, pois marca o fim da Batalha de Berlim e, principalmente, da Segunda Guerra Mundial, que terminou com a derrota dos nazistas e a rendição da Alemanha. Na ocasião, a bandeira polonesa foi levantada no Palácio de Reichstag, por soldados da Polônia que participaram da batalha.

Veja também: Bandeira da Austrália — uma bandeira que sofreu forte influência da bandeira do Reino Unido

Principais características da Polônia

A Polônia é um país europeu localizado na região central do continente. Sua capital é a cidade de Varsóvia. O território polonês é banhado ao norte pelo Mar Báltico e faz fronteira ainda com outras sete nações europeias.

Em função da sua localização, o clima predominante no país é o clima temperado, marcado por invernos frios e verões amenos. O relevo polonês é formado por planícies, em grande parte do território, e por montanhas na região sul. Seu ponto culminante, o Monte Rysy, fica na fronteira com a Eslováquia, a 2499 metros acima do nível do mar. Apesar disso, a altitude média na Polônia fica em torno de 170 metros.

Paisagem urbana de Varsóvia, capital da Polônia.
Paisagem urbana de Varsóvia, capital da Polônia.

A Polônia é o oitavo país mais populoso da Europa, abrigando quase 38 milhões de habitantes. Grande parte dessas pessoas ainda vive na zona rural do país, enquanto a cidades concentram 60% da população. Varsóvia é hoje a cidade mais populosa do país, com 1,3 milhão de habitantes, seguida de Kraków e Łódź.

A economia polonesa é uma das maiores dentre os países da União Europeia, concentrando-se no setor terciário e na indústria, que é grande produtora de ferro, alumínio, maquinários e navios, além de se destacar no processamento de alimentos e na fabricação de bebidas. Nota-se ainda o crescimento do turismo na Polônia, tendo em vista a importância histórica desse país.

Curiosidades sobre a bandeira da Polônia

  • A bandeira da Polônia é comumente utilizada pela população em eventos esportivos e celebrações nacionais específicas.

  • Desde que feito de maneira respeitosa, todos os cidadãos poloneses podem fazer uso da bandeira. Não há um protocolo rígido na legislação quanto ao uso da bandeira da Polônia pela sua população.

  • Embora seja uma data importante, o Dia da Bandeira não é considerado feriado nacional na Polônia.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Bandeira da Polônia"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/bandeira-da-polonia.htm. Acesso em 23 de maio de 2024.

De estudante para estudante