Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Cidade do Rio de Janeiro

Geografia do Brasil

Rio de Janeiro é a segunda maior cidade do Brasil, com 6,7 milhões de habitantes. Suas paisagens naturais e urbanas a tornaram um dos principais destinos turísticos no país.
Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.
Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.
PUBLICIDADE

Rio de Janeiro é uma cidade brasileira e capital do estado de mesmo nome, localizado no litoral sudeste. Trata-se da segunda maior cidade do país, com mais de 6,7 milhões de habitantes, sendo ainda uma das principais economias do território nacional. As atividades do setor terciário lideram a economia carioca, com grande destaque para o turismo, uma vez que o Rio de Janeiro é um dos principais destinos de visitação no Brasil.

Leia também: Quais são as capitais dos estados brasileiros?

Resumo sobre a cidade do Rio de Janeiro

  • É uma cidade brasileira e capital do estado de mesmo nome.

  • Desempenhou a função de capital do Brasil entre 1763 e 1960.

  • É considerada uma cidade global.

  • Possui clima Tropical úmido e relevo formado por planícies, serras e morros. Uma das suas feições características é o morro do Pão de Açúcar.

  • Conta com 6.747.815 habitantes, sendo a segunda cidade mais populosa do Brasil.

  • Com PIB de R$ 364 bilhões, consiste na segunda maior economia municipal do país. O setor terciário é o principal segmento, com destaque para o turismo.

  • Abriga sedes de importantes empresas nacionais e multinacionais, como a Petrobras.

  • Sua paisagem urbana é considerada Patrimônio Mundial pela Unesco.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais da cidade do Rio de Janeiro

  • Gentílico: carioca

  • Localização: Sudeste

  • País: Brasil

  • Unidade federativa: Rio de Janeiro

  • Região intermediária[1]: Rio de Janeiro

  • Região imediata[1]: Rio de Janeiro

  • Região metropolitana: Região Metropolitana do Rio de Janeiro

    • Formada pelos seguintes municípios: Rio de Janeiro, Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japerí, Magé, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Paracambi, Petrópolis, Queimados, Seropédica, São Gonçalo, São João de Merití, Tanguá, Cachoeiras de Macacu e Rio Bonito.

  • Municípios limítrofes: Itaguaí, Nova Iguaçu, Nilópolis, São João de Meriti, Duque de Caxias, Mesquita.

Geografia

  • Área total: 1200,329 km² (IBGE, 2020)

  • População total: 6.747.815 habitantes (IBGE, 2020)

  • Densidade: 5265,82 hab./km² (IBGE, 2010)

  • Clima: Tropical úmido

  • Altitude: dois metros

  • Fuso horário: GMT -3

Histórico

  • Fundação: 1º de março de 1565

Veja também: Vitória – capital do Espírito Santo e é dividida em uma parte continental e uma parte insular

Geografia da cidade do Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é uma cidade brasileira, capital do estado de mesmo nome que integra a região Sudeste do país. Estende-se por uma área de aproximadamente 1200 km², de acordo com dados do IBGE para 2020. Seu litoral de 246,22 km está dividido em três setores diferentes:

  • o oceano Atlântico;

  • a baía de Guanabara, a nordeste;

  • a baía de Sepetiba, a oeste.

Além disso, o litoral carioca é formado por cerca de 37 km² de ilhas, as quais se concentram principalmente na baía de Guanabara.

Junto de outros 21 municípios fluminenses, forma a Região Metropolitana do Rio de Janeiro, a segunda maior do Brasil. Além disso, a cidade compõe a megalópole que abrange a grande São Paulo, Sorocaba, municípios da Baixada Santista, vale do Paraíba e do interior paulista, como Campinas. Vamos conferir as principais características físicas da cidade também conhecida como Cidade Maravilhosa.

  • Clima da cidade do Rio de Janeiro

O clima do Rio de Janeiro é o Tropical úmido, caracterizado por verões quentes e chuvosos e invernos amenos e secos. A temperatura média anual fica em torno de 22 ºC. No verão os termômetros podem marcar 30 ºC e os invernos registram médias de 18 ºC. O índice pluviométrico anual varia entre 1200 mm e 1800 mm.

  • Relevo da cidade do Rio de Janeiro

Os terrenos que compõem a cidade do Rio de Janeiro integram o domínio da serra do Mar, que se estende pelo litoral sudeste do Brasil e uma parte do sul. Assim, os morros e serras são bastante comuns na paisagem carioca, bem como as planícies que formam as áreas mais rebaixadas e menos acidentadas.

O pico da Pedra Branca é o ponto culminante do Rio de Janeiro, situado a 1025 metros acima do nível do mar. Sua paisagem mais famosa e cartão-postal da cidade, os morros do Pão de Açúcar e da Urca são formados por rochas graníticas e gnáissicas moldadas por agentes erosivos.

Imagem do Pão de Açúcar.
O Pão de Açúcar é uma das mais famosas paisagens do Rio de Janeiro.
  • Vegetação da cidade do Rio de Janeiro

A cidade integra o bioma Mata Atlântica. O Rio de Janeiro abriga uma das maiores florestas urbanas do mundo, a floresta da Tijuca, inserida no Parque Nacional da Tijuca, atualmente uma importante unidade de conservação que abriga milhares de espécies vegetais e centenas de espécies animais.

  • Hidrografia do Rio de Janeiro

O principal curso d’água do município é o Guandu, responsável pelo seu abastecimento. Destacam-se também os rios Cabuçu ou Piraquê, Carioca, Cachoeira. As águas superficiais do Rio de Janeiro incluem também lagoas como a de Jacarepaguá, Marapendi, Lagoinha e Rodrigo de Freitas.

Mapa da cidade do Rio de Janeiro

Mapa do litoral sudeste do Brasil com destaque para a cidade do Rio de Janeiro.
A capital do Rio de Janeiro está localizada no litoral sudeste do Brasil.

Demografia da cidade do Rio de Janeiro

A cidade do Rio de Janeiro é a segunda mais populosa do Brasil, contando com 6.747.815 habitantes, de acordo com o IBGE. Esse valor corresponde a 38,8% de toda a população do estado do Rio de Janeiro e cerca de metade dos moradores da sua região metropolitana, que soma mais de 13 milhões de pessoas. A capital fluminense é também uma cidade bastante povoada, o que significa que possui elevada densidade demográfica. Em 2010, a distribuição populacional era de 5265,82 hab./km², a quarta maior do estado.

O último Censo do IBGE indica que todos os moradores do Rio de Janeiro vivem na zona urbana do município. Destaca-se, entretanto, que um montante considerável da população carioca vive na periferia da cidade, mais especificamente nas favelas. A pesquisa de 2010 mostra que aproximadamente 1,39 milhão de cariocas viviam em 763 favelas, perfazendo, assim, 22% dos moradores da capital à época. A mais populosa delas é a comunidade da Rocinha, com 69 mil habitantes.

Confira em nosso podcast: Favelização e segregação

Divisão geográfica da cidade do Rio de Janeiro

A cidade do Rio de Janeiro é composta, atualmente, por 163 bairros. Estes se dividem em 33 Regiões Administrativas (RA), as quais integram as chamadas regiões do planejamento, que se distribuem por cinco diferentes áreas.

Economia da cidade do Rio de Janeiro

A cidade do Rio de Janeiro possui o segundo maior Produto Interno Bruto (PIB) municipal do Brasil. De acordo com dados do IBGE para 2018, o valor chegava a R$ 364 bilhões, o que equivale a aproximadamente 5,2% de todas as riquezas geradas no país e metade da economia do estado do Rio de Janeiro. Seguindo a tendência de outros grandes centros urbanos, é o setor terciário que lidera a economia carioca. Desconsiderando-se as atividades da administração pública, o segmento responde por 68% do PIB do município.

O Rio de Janeiro abriga a sede de grandes e importantes empresas brasileiras (públicas e privadas) e internacionais pertencentes a setores muito variados, com destaque para as petrolíferas e extrativas, como a Petrobras e a Vale S.A. Assim, pode-se dizer que a cidade constitui o centro econômico e financeiro do estado e um dos principais do país, abrigando, ainda, a sede de importantes institutos e entes públicos nacionais, como o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e o IBGE.

Vista do centro financeiro da cidade do Rio de Janeiro.
Vista do centro financeiro da cidade do Rio de Janeiro.

O turismo possui grande peso na economia carioca, sendo a cidade um dos principais destinos turísticos no Brasil e no mundo. A realização de grandes eventos, como foi o caso das Olimpíadas de 2016 e da Copa do Mundo de 2014, Carnaval e festivais de música, como o Rock in Rio, ajuda a alavancar ainda mais o setor já tão movimentado.

Governo da cidade do Rio de Janeiro

O governo da cidade do Rio de Janeiro é do tipo democrático participativo. Os cariocas vão às urnas a cada quatro anos para elegerem os políticos que ocuparão os principais cargos do município. O prefeito é o chefe do Poder Executivo, ao passo que a Câmara Municipal, órgão representativo do Poder Legislativo, conta com 51 vereadores.

A administração da capital fluminense é dividida, ainda, pelas subprefeituras, atualmente em número de oito. Sua autoridade máxima é o subprefeito, também um membro do Poder Executivo. O ocupante do cargo, no entanto, é indicado pelo prefeito do município.

O Rio de Janeiro, enquanto capital, abriga a sede do governo do estado de mesmo nome. Suas principais atividades e representantes ficam concentrados no Palácio Guanabara.

Infraestrutura da cidade do Rio de Janeiro

O último Censo do IBGE, realizado no ano de 2010, apontou que toda a população carioca vive na zona urbana do município, o que faz com que haja uma rede de infraestrutura urbana para o atendimento das necessidades básicas dos seus moradores. A mesma pesquisa mostrou que 90,4% dos domicílios cariocas possuem acesso à rede de saneamento adequada, com a coleta de lixo atendendo quase todos eles.

A rede de abastecimento de água do município era ligada então a 98,4% dos domicílios, e a energia elétrica chegava a 99,9%. Cabe pontuar, no entanto, que, em algumas das favelas cariocas, são identificados problemas de acesso a um ou mais desses serviços.

Os deslocamentos na capital fluminense são feitos por meio de diversos modais. Os teleféricos eram parte da rotina de muitos moradores das comunidades, mas grande parte deles se encontra hoje parada. O bondinho do Corcovado é bastante utilizado por turistas que visitam a cidade.

Além disso, o Rio dispõe de linhas de metrô e VLT, mas é o ônibus o principal meio de transporte público no município. Os principais aeroportos do estado ficam na sua capital, que são o Santos Drummont e o Tom Jobim (Galeão), com destaque, ainda, para o porto do Rio de Janeiro.

Cultura da cidade do Rio de Janeiro

A cidade do Rio de Janeiro foi reconhecida pela Unesco como Patrimônio Mundial pela sua Paisagem Cultural Urbana, no ano de 2012. O espaço urbano carioca apresenta muitos elementos e feições que recontam a história da cidade desde a sua fundação até o período contemporâneo, com destaque para as estruturas concebidas a partir da chegada da família real portuguesa, no início do século XIX.

O Rio apresenta uma vida cultural bastante intensa, com inúmeros teatros, como o Theatro Municipal do Rio de Janeiro, cinemas, bibliotecas e museus, com destaque para o Museu do Amanhã e o Museu Histórico Nacional.

Entre as manifestações típicas da cidade, estão as músicas e as danças características do povo carioca, bem como festas realizadas anualmente que atraem milhares de turistas à capital fluminense, como o Carnaval e o tradicional réveillon na praia. Além disso, o Rio de Janeiro é um importante polo de produções televisivas e cinematográficas do país.

Vista aérea do Rio de Janeiro abrangendo a paisagem do Cristo Redentor e do Corcovado.
O Rio de Janeiro é um dos principais destinos turísticos do Brasil.

História da cidade do Rio de Janeiro

Os portugueses fizeram o primeiro contato com a área onde hoje se localiza o Rio de Janeiro logo no início do processo de colonização do Brasil, já lhe atribuindo o nome pelo qual hoje a conhecemos por terem confundido a baía com uma foz de rio. Esses acontecimentos se deram no mês de janeiro, e por isso a composição Rio de Janeiro. Antes dos portugueses aportarem de vez na região, as terras estavam ocupadas por outros povos estrangeiros: os franceses.

Os colonizadores portugueses voltaram suas atenções para o Rio no ano de 1530, conseguindo expulsar os franceses somente 30 anos mais tarde, em 1560. O desenvolvimento da cidade começou pela atual praça Quinze, que, à época, chamava-se morro do São Januário.

O desenvolvimento da economia aurífera da região Sudeste do Brasil e a posição estratégica do Rio de Janeiro fizeram com que a capital do país fosse transferida de Salvador (BA) para o município, que desempenhou esse papel de 1763 até a inauguração de Brasília, em 1960. Assim, o Rio foi capital do Brasil enquanto colônia, império e parte da república.

Outro evento marcante e de grande relevância para o desenvolvimento urbano da cidade foi a transferência da família real de Portugal para o Brasil, aportando no Rio de Janeiro em 1808. A cidade passou por uma intensa reforma paisagística no século XX, e hoje consiste em um dos principais destinos turísticos do Brasil, além de ser sua segunda maior cidade.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Cidade do Rio de Janeiro"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/cidade-do-rio-de-janeiro.htm. Acesso em 19 de outubro de 2021.

Artigos Relacionados
Você sabia que Belo Horizonte foi uma cidade planejada? Leia nosso texto e conheça um pouco mais da geografia, economia e população da capital de Minas Gerais.
Conheça um pouco mais de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. Leia a respeito de seus aspectos geográficos, populacionais, economia, história e cultura.
Conheça quais são as capitais do Brasil e seus respectivos estados. Saiba como essas capitais distribuem-se pelo Brasil e quais foram as capitais federais.
Clique aqui para conhecer melhor a cidade de Curitiba, capital do Paraná. Leia a respeito de suas principais características geográficas, econômicas e populacionais.
Leia nosso texto sobre Vitória e conheça um pouco da capital do Espírito Santo. Saiba mais sobre seus aspectos físicos, econômicos, demográficos e culturais.