Vitaminas do complexo B

Biologia

PUBLICIDADE

As vitaminas do complexo B são um grupo de vitaminas hidrossolúveis (solúveis em água), que, geralmente, atuam como coenzimas (substância necessária ao funcionamento de certas enzimas). Essas vitaminas, assim como as outras existentes, devem ser incluídas em nossa dieta, e sua carência pode causar problemas de saúde.

As vitaminas do complexo B apresentam uma numeração e um nome específico. São elas: vitamina B1 (tiamina), vitamina B2 (riboflavina), vitamina B3 (niacina), vitamina B5 (ácido pantotênico), vitamina B6 (piridoxina), vitamina B7 (biotina), vitamina B9 (ácido fólico) e vitamina B12 (cobalamina).

Leia mais: Importância das vitaminas – moléculas orgânicas obtidas por nosso corpo via alimentação

Características das vitaminas do complexo B

São vitaminas que fazem parte do grupo das vitaminas hidrossolúveis, assim como a vitamina C. Vitaminas desse grupo não são armazenadas em grande quantidade no organismo, e, portanto, sua ingestão deve ser diária. Dentre os alimentos que as possuem, podemos citar: levedo de cerveja, grãos de cereais integrais, hortaliças verdes, ovos, carnes, e peixes.

As funções desempenhadas pelas vitaminas do complexo B são muitas, e, geralmente, elas atuam como coenzimas na ativação de diferentes processos metabólicos. Elas atuam, por exemplo, como coenzima na síntese de gordura, glicogênio e aminoácidos. Por participarem de diferentes processos, sua carência afeta diferentes partes do corpo. Alguns dos sintomas de deficiência de vitaminas do complexo B são: fadiga, anemia, irritabilidade, e lesões na pele.

As vitaminas do complexo B podem ser encontradas em diferentes tipos de alimentos, tanto de origem vegetal quanto de origem animal.
As vitaminas do complexo B podem ser encontradas em diferentes tipos de alimentos, tanto de origem vegetal quanto de origem animal.

As vitaminas do complexo B

Várias são as vitaminas que compõem o complexo B, sendo todas importantes para o funcionamento adequado do nosso corpo. Vamos, a seguir, falar mais sobre cada uma delas, dando ênfase às suas funções no organismo humano, às fontes alimentares em que podem ser encontradas e também às consequências de sua deficiência.

Leia também: Vitaminas usadas em cosméticos

  • Vitamina B1 (tiamina)

Foi a primeira vitamina a ter sua estrutura química descrita. Ela atua como coenzima na remoção de CO2 de compostos orgânicos, é importante na síntese de ácidos graxos, e participa da transmissão do impulso nervoso. A vitamina B1 é importante para o bom funcionamento do sistema nervoso e do sistema cardiovascular.

Sua deficiência pode causar beribéri, uma doença que pode levar à morte caso não tenha o tratamento adequado. Os sintomas do beribéri incluem: fadiga, perda do apetite, nervosismo, dificuldade para dormir, entre outros. Em casos mais graves, a pessoa desenvolverá formigamentos, dificuldade para respirar, disfunção cardíaca, e até mesmo poderá chegar à morte.

A tiamina pode ser encontrada em uma grande quantidade de alimentos. Dentre os alimentos que a  possuem, podemos citar: leveduras, cereais integrais, castanhas, farelo de trigo, hortaliças, ovos, frutas, e carnes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Vitamina B2 (riboflavina)

É componente das coenzimas FAD (Dinucleótido de Flavina e Adenina) e FMN (Mononucleótido de Flavina), sendo importante para o metabolismo energético. Essa vitamina ajuda na prevenção de doenças, como catarata, e na manutenção da pele. Também tem importante papel na formação das hemácias.

A deficiência de riboflavina é considerada comum, porém não há um nome específico dado a ela. A sua carência provoca: lesões nos lábios e na língua, e dermatite seborreica. A riboflavina pode ser obtida em alimentos, como: leite e derivados, carne, ovos, e vegetais folhosos verdes.

  • Vitamina B3 (niacina)

Atua como precursora das coenzimas NAD (Dinucleótido de Nicotinamida e Adenina) e NADP (forma fosforilada do NAD), essenciais para as reações de produção de energia para a célula. As coenzimas NAD e NADP são importantes, ainda, na síntese de alguns hormônios e no metabolismo de carboidratos, lipídios e aminoácidos. Essa vitamina promove um funcionamento adequado do sistema imunológico e do sistema nervoso.

A deficiência de niacina pode provocar uma doença conhecida como pelagra — responsável por desencadear a tríade: demência, diarreia e dermatite. Vale salientar, no entanto, que nem sempre a tríade apresenta-se completamente. A niacina pode ser encontrada em alimentos, como: carne vermelha, peixes, leite e derivados, ovos, leveduras, cereais integrais, e alguns vegetais, tais como brócolis e cenoura.

  • Vitamina B5 (ácido pantotênico)

É um componente da coenzima A, sendo, portanto, importante nas reações de liberação de energia. Essa vitamina também participa do metabolismo lipídico e auxilia na formação das hemácias. Também apresenta papel na manutenção das cartilagens.

A falta dela pode provocar: fadiga, sensação de dormência e formigamento nas mãos e pés, e fraqueza muscular. Essa vitamina pode ser encontrada em vários alimentos, tais como: carne, cereais, tomate, brócolis, vísceras, e gema de ovo.

Algumas pessoas apresentam deficiência de vitaminas do complexo B, sendo necessário, em alguns casos, sua suplementação.
Algumas pessoas apresentam deficiência de vitaminas do complexo B, sendo necessário, em alguns casos, sua suplementação.
  • Vitamina B6 (piridoxina)

Funciona como coenzima no metabolismo dos aminoácidos, estando relacionada com a síntese de neurotransmissores e gliconeogênese (produção de glicose com base em substâncias não carboidratos). É importante na prevenção contra doenças cardíacas, e também ajuda a manter o funcionamento adequado do sistema nervoso e do sistema imune.

A deficiência dessa vitamina pode desencadear: inflamações na cavidade bucal e na língua, irritabilidade, e confusão mental. A deficiência mais grave dela pode causar anemia normocítica e normocrômica (em que o tamanho e a concentração das células estão preservadas). A vitamina B pode ser encontrada em alimentos de origem animal e vegetal, sendo observada sua presença em: levedura de cerveja, cereais integrais, soja, castanhas, vísceras (como o fígado), e carne de galinha.

  • Vitamina B7 (biotina)

É importante para o funcionamento de certas enzimas, sendo encontrada na síntese de ácidos graxos, na via gliconeogênica e no catabolismo de aminoácidos. Também tem papel na regulação da expressão gênica.

A deficiência dela pode provocar descamação da pele e distúrbios neuromusculares. A vitamina B7 é encontrada, principalmente, no fígado bovino, e também em outros alimentos em menor quantidade, tais como: cereais, frutas, e carnes.

  • Vitamina B9 (ácido fólico)

Atua como coenzima no metabolismo de ácidos nucleicos e aminoácidos, sendo importante, portanto, no metabolismo de proteínas e na síntese de DNA. A ausência dela pode provocar anemia e defeitos congênitos, sendo estes últimos o motivo pelo qual a suplementação com ácido fólico é recomendada para mulheres que pretendem engravidar (dois meses antes) e nos primeiros dois  meses de gestação.

Essa vitamina pode ser encontrada em alimentos de origem animal e vegetal, tais como: vegetais folhosos verde escuros, vísceras, grãos integrais, amendoim, e ovos. As farinhas de trigo e de milho, no Brasil, são enriquecidas com ácido fólico.

  • Vitamina B12 (cobalamina)

Participa como cofator para enzimas relacionadas, por exemplo, com o metabolismo de aminoácidos e ácidos graxos. Essa vitamina também está associada com a produção dos ácidos nucleicos e das hemácias e com a absorção do ácido fólico.

A deficiência de B12, que normalmente está relacionada a problemas de saúde que levam a uma má absorção desse nutriente, pode causar insuficiência pancreática, complicações hematológicas e neurológicas, perda de dentes, e anemia perniciosa — típica dessa falta.

Essa vitamina é conseguida via ingestão de alimentos de origem animal, tais como: peixes, mariscos, carnes, leite e derivados. Vegetarianos restritos podem apresentar deficiência dela, uma vez que não é produzida pelos vegetais.

Leia também: Recomendações para uma alimentação saudável

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Vitaminas do complexo B"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/vitamina-b.htm. Acesso em 30 de setembro de 2020.

Apesar de ser essencial para o funcionamento do organismo, o sódio em excesso pode prejudicar a saúde
Biologia Sais Minerais
As vitaminas são moléculas orgânicas que ajudam no funcionamento correto do organismo.
Saúde na escola Importância das vitaminas
Saúde na escola Nutrientes
Saúde na escola Importância da vitamina D
Doenças e patologias Anemia
Substâncias importantes na coagulação sanguínea
Biologia Vitamina K
Fonte de Vitamina E, compostos a base de tocoferóis
Biologia Vitamina E
Biologia Vitamina C