Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

O que é lixiviação?

O processo natural de retirada dos nutrientes de um solo recebe o nome de lixiviação. É causado pela ação da água em solos expostos, isto é, que não possuem cobertura vegetal.

Solo sofrendo o processo de lixiviação.
A lixiviação é caracterizada pela retirada de nutrientes do solo, o que provoca a diminuição de sua fertilidade.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Lixiviação é o nome dado ao processo de retirada dos nutrientes do solo pela ação da água que penetra nas camadas superficiais do substrato. Acontece de forma natural, sendo potencializada pela remoção da vegetação nativa e exposição do solo aos agentes intempéricos, como as chuvas. Com o carreamento dos nutrientes, o solo tem a sua fertilidade reduzida, o que impacta no desenvolvimento agrícola. Para se evitar esse processo, são necessários a manutenção da cobertura do solo e o uso de técnicas de manejo adequadas.

Leia também: Arenização — outro processo de degradação do solo

Tópicos deste artigo

Resumo sobre lixiviação

  • Lixiviação é processo de retirada dos nutrientes do solo pela ação da água.

  • A exposição do solo aos agentes intempéricos (aliada às chuvas recorrentes e ao tipo de solo) é a principal causa da lixiviação.

  • Os nutrientes são levados pela água que infiltra no solo, podendo ser depositados em subsuperfície ou carreados para áreas rebaixadas do terreno.

  • A lixiviação provoca a degradação química e física do solo, causando diminuição da sua fertilidade e tornando-o mais suscetível à erosão.

  • A manutenção da cobertura vegetal e o uso de técnicas adequadas de manejo do solo são algumas das formas de evitar o processo de lixiviação.

O que é lixiviação?

Lixiviação é o nome dado ao processo de remoção dos nutrientes do solo por meio da percolação de substâncias líquidas em sua camada superficial. O principal agente causador da lixiviação é a água. A lixiviação é, portanto, uma espécie de lavagem do solo que promove a alteração na composição química por conta do carreamento de nutrientes. Por conseguinte, a fertilidade desse substrato é alterada.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Principais causas da lixiviação

Gotas de chuva caindo sobre o solo, uma das causas da lixiviação.
A ação da água da chuva em solos expostos é a principal causa de lixiviação.

A lixiviação é um processo que acontece em solução, o que significa que necessita de um solvente para se concretizar. Nesse caso, o principal solvente que atua na lixiviação dos solos é a água, notadamente a oriunda da precipitação na forma de chuva. Assim sendo, os aspectos climáticos de uma área e a recorrência das chuvas nos auxiliam a avaliar se a lixiviação dos solos será mais ou menos intensa.

Entretanto, é importante sabermos que a ação isolada da água da chuva não causa a retirada dos nutrientes do solo. Outras condições são necessárias para que a lixiviação aconteça, como a exposição do solo aos agentes intempéricos, isto é, à ausência de cobertura vegetal, e também o tipo de solo. Todos esses fatores, em conjunto, ocasionam a lixiviação.

Como ocorre a lixiviação?

A lixiviação ocorre por meio da percolação de água na camada superficial do solo. Como vimos, esse processo se dá em solos cuja cobertura vegetal foi removida. No momento em que a água entra em contato com a estrutura do meio, acontece a solubilização desses materiais, e, à medida que a água infiltra para as camadas mais profundas do solo, ela carrega alguns dos elementos presentes em solução.

Dentre elementos que podem ser removidos do solo pela ação da água, estão: sódio, cálcio, nitrogênio, potássio, magnésio e fósforo, por exemplo.

Os elementos removidos das camadas superficiais do solo podem ser depositados em camadas subterrâneas, podendo chegar ao lençol freático, caso haja a continuidade da infiltração da água. Em terrenos inclinados e solos rasos ou pouco permeáveis, os materiais são transportados para áreas mais rebaixadas.

Tipos de lixiviação

A lixiviação que acontece nos solos é chamada de lixiviação química. Existe, também, um processo industrial de separação dos metais com elevado valor comercial dos minérios que é chamado de lixiviação metalúrgica. Trata-se, portanto, de uma etapa de beneficiamento de uma matéria-prima em uma cadeia produtiva, sendo a lixiviação realizada com finalidade econômica.

Leia também: Problemas ambientais que atingem os solos

Consequências da lixiviação

O processo de lixiviação de um solo é muito prejudicial para o substrato, provocando a sua degradação química e física. A principal consequência do arraste dos nutrientes é a diminuição gradativa da fertilidade do solo, o que faz com que o seu uso para o plantio de espécies vegetais seja dificultado ou até mesmo impossibilitado. Em casos mais severos, quando o solo permanece sem cuidados adequados, visando reverter o processo de perda de nutrientes e de desgaste físico, pode acontecer o que chamamos de desertificação.

Solo com erosão, uma consequência da lixiviação.
A lixiviação fragiliza a estrutura do solo e pode aumentar a taxa de erosão.

Quando a lixiviação do solo é marcada pelo carreamento de alguns elementos e deposição de outros em camadas de subsuperfície, pode acontecer a laterização do solo. A laterização de um perfil de solo acontece quando uma camada enrijecida se forma entre os horizontes, sendo ela formada por minerais metálicos, como óxido de ferro, que foram depositados. Para além disso, a erosão do solo é intensificada pela ação da água, o que altera drasticamente a sua estrutura física.

Como evitar o processo de lixiviação?

O bom manejo do solo é a principal forma de evitar a ocorrência do processo de lixiviação. As boas práticas de cuidados com o solo incluem a manutenção da sua cobertura vegetal, já que as plantas são responsáveis por absorver parte da água que chega ao solo, além de controlarem a maneira como esse recurso penetra no substrato. A vegetação nativa protege, também, da ação de outros agentes intempéricos e auxilia na recarga de nutrientes do solo.

No caso de solos cobertos com cultivos agrícolas, é importante que se empregue técnicas de preparo e manutenção adequadas ao tipo de solo, considerando tanto a sua estrutura química quanto a sua estrutura física. Inclui-se a utilização de fertilizantes naturais apropriados e de práticas de recuperação de áreas degradadas.

Fontes:

AZEVEDO, Julia. Lixiviação: o que é, tipos e consequências. eCycle, [s.d.]. Disponível em: https://www.ecycle.com.br/lixiviacao/.

CAMPOS, Nayama. Lixiviação do solo: como evitar o problema e reduzir a perda de nutrientes. Terra de Cultivo, 07 mar. 2022. Disponível em: https://www.terradecultivo.com.br/lixiviacao-do-solo/.

LIMA, Valmiqui Costa; LIMA, Marcelo Ricardo de; MELO, Vander de Freitas. (Org.) O solo no meio ambiente: abordagem para professores do ensino fundamental e médio e alunos do ensino médio. Universidade Federal do Paraná. Departamento de Solos e Engenharia Agrícola. Curitiba: Departamento de Solos e Engenharia Agrícola, 2007. Disponível em: https://acervodigital.ufpr.br/handle/1884/67899.

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "O que é lixiviação?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/geografia/o-que-e-lixiviacao-solo.htm. Acesso em 01 de março de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


O que é agricultura?

Quer saber o que é agricultura? Clique no texto e veja como surgiu essa atividade econômica, como ela se desenvolve no Brasil e qual a sua importância.
O que é Geografia?

O que é intemperismo?

O conceito de intemperismo, seus principais tipos e os fatores que controlam e influenciam a sua ocorrência na litosfera terrestre.
O que é Geografia?

O que é laterização?

Clique aqui e entenda o que é laterização, fenômeno que ocorre nos solos tropicais e é agravado pelas queimadas e desmatamento.
O que é Geografia?

Desertificação

A desertificação tem afetado a Caatinga brasileira e muitas outras regiões do planeta. Entenda mais sobre esse problema clicando aqui. Conheça possíveis soluções.
Geografia

Solo

Clique aqui e saiba o que é solo. Entenda como ele se forma e qual a sua composição. Conheça seus tipos. Veja quais são os solos que recobrem a superfície do Brasil.
Geografia

Laterização dos solos

Entenda o que é a laterização dos solos, suas causas e consequências, bem como a utilidade econômica dos materiais lateríticos.
Geografia

Tipos de solo

Leia e descubra como são identificados os diversos tipos de solo encontrados no mundo. Conheça também cada um dos 13 solos presentes no território brasileiro.
Geografia

Formas de degradação do solo

Conheça os principais tipos de degradação do solo, tais como a desertificação, arenização, laterização e outros.
Geografia

Pedogênese

Entenda como funciona a pedogênese e fique por dentro do processo de formação e transformação dos solos!
Geografia

Tipos de erosão

Confira os principais tipos de erosão e compreenda melhor esse fenômeno de desgaste e transformação do relevo.
Geografia

Intemperismo

Você sabe o que é intemperismo? Entenda como esse processo ocorre. Veja também quais fatores o influenciam e saiba a diferença entre intemperismo e erosão.
Geografia

Desmatamento

Saiba o que é desmatamento e como essa prática tem provocado inúmeros problemas ambientais. Veja como está o desmatamento no mundo e nos biomas brasileiros.
Geografia

PUBLICIDADE