Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Explosão demográfica

A explosão demográfica é o fenômeno de crescimento acelerado da população de um local, que é causado, dentre outros motivos, por avanços científicos na medicina e na produção.

Gráfico composto por silhuetas humanas, mapa-múndi e uma seta ascendente, representando a explosão demográfica.
Explosão demográfica é o crescimento rápido e acentuado da população de um território.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Explosão demográfica é o processo de crescimento rápido e expressivo da população de um determinado território ou do mundo que tem como causas principais as inovações técnicas e científicas proporcionadas pelas diferentes etapas da Revolução Industrial e na área da medicina. Nos países emergentes e subdesenvolvidos, a aceleração do crescimento populacional aconteceu após a Segunda Guerra Mundial. No Brasil, por exemplo, a explosão demográfica aconteceu a partir dos anos 1940, desacelerando duas décadas depois, em 1960.

Leia também: O que é envelhecimento populacional?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre explosão demográfica

  • Chama-se de explosão demográfica o crescimento rápido e acentuado de uma população, que pode ser de um território determinado ou de todo o planeta.

  • É causada pelos avanços técnicos e científicos na medicina e nos cuidados com a saúde de um modo geral, além das transformações causadas pelas diferentes etapas da Revolução Industrial.

  • Aconteceu principalmente nos países emergentes e subdesenvolvidos na segunda metade do século XX.

  • No Brasil, a explosão demográfica ocorreu entre 1940 e 1960, que foi o intervalo de tempo em que o país registrou elevadas taxas de crescimento populacional.

  • A queda da fecundidade e redução dos nascimentos ocasionou a desaceleração do crescimento populacional no Brasil.

  • O aprofundamento de problemas socioeconômicos e a maior ocorrência de problemas ambientais são algumas das consequências da explosão demográfica.

Causas da explosão demográfica

A explosão demográfica tem como uma de suas principais causas os avanços científicos e tecnológicos que aconteceram em diversos setores econômicos e da sociedade em diferentes momentos da história, tanto nos países desenvolvidos quanto nos países emergentes e subdesenvolvidos. Essas melhorias recaíram sobre áreas estratégicas, que proporcionaram uma melhor qualidade de vida da população e condicionaram aumento no número de crianças nascidas vivas (taxa de natalidade), queda no total de mortes (taxa de mortalidade) e maior expectativa de vida.

Um dos principais campos em que foi possível identificar avanços diretamente relacionados com a explosão demográfica é a medicina. O desenvolvimento de vacinas para doenças com mortalidade acentuada, que possibilitaram o controle de epidemias, e o surgimento dos antibióticos estão entre as principais revoluções sanitárias que trouxeram mais qualidade para a vida das pessoas e resultaram em transformações nos indicadores demográficos, como no aumento da expectativa de vida e na redução da mortalidade infantil, por exemplo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A Revolução Industrial e os aparatos técnicos desenvolvidos durante esse processo introduziram novas técnicas produtivas no meio rural, o que aumentou a produtividade das lavouras e ampliou a produção e a disponibilidade de alimentos. Além disso, a industrialização levou ao crescimento das cidades e da mudança no padrão de vida das populações, o que afeta as tendências demográficas.

Sabe-se que após a Primeira Revolução Industrial o mundo atingiu o patamar de 1 bilhão de habitantes pela primeira vez, em 1758. Pouco mais de um século mais tarde, a população mundial chegou a 2 bilhões, chegando a 3 bilhões apenas três décadas depois, em 1960. O tempo entre o aumento populacional em 1 bilhão de pessoas diminuiu consideravelmente com o tempo, e em 15 de novembro de 2022, a população mundial já contava com 8 bilhões de pessoas.

Veja também: Taxas de natalidade e de mortalidade — conceito, cálculo, no Brasil e no mundo

Quando ocorreu a explosão demográfica no mundo?

A explosão demográfica é um fenômeno que aconteceu em diferentes momentos da história, considerando cada país ou conjunto de países individualmente. Em relação à população mundial, seu crescimento aconteceu já a partir da Primeira Revolução Industrial, motivado pelas transformações no modo de vida, nas relações de trabalho e no modo de se produzir, especialmente no campo. Essas mudanças foram observadas principalmente nos países desenvolvidos, em um primeiro momento.

Nos países emergentes, que figuram hoje entre os mais populosos do mundo, a explosão demográfica aconteceu após a Segunda Guerra Mundial, mais precisamente a partir da década de 1950. Essa fase é caracterizada pela industrialização tardia das nações menos desenvolvidas, pela urbanização e pelo avanço tecnológico no meio rural, com as técnicas oriundas da Revolução Verde. É também nesse período que acontece a explosão demográfica nos países subdesenvolvidos.

Atualmente, países emergentes como a China e a Índia abrigam, em conjunto, 2,8 bilhões de pessoas, o equivalente a 35% da população mundial. Destaca-se, ainda, que países em desenvolvimento e subdesenvolvidos da Ásia e da África apresentam taxas de crescimento populacional que superam em quase sete vezes a taxa mundial, que é de 1% ao ano. A Síria, o Sudão do Sul e o Níger têm as populações que mais crescem no mundo, com taxas, respectivamente, de 6,7%, 4,7% e 3,6% ao ano.

Explosão demográfica no Brasil

Grande número de pessoas em uma rua, representando a explosão demográfica.
A população brasileira cresceu em ritmo acelerado a partir da década de 1940. [1]

A explosão demográfica no Brasil aconteceu no período que vai da década de 1940 até a década de 1960. Segundo dados do IBGE, o país contava com 41.236.315 habitantes em 1940, tendo ganhado mais de 10 milhões de habitantes em um intervalo de apenas dez anos. Entre 1950 e 1960, entretanto, o salto foi ainda maior: a população brasileira passou de 51.944.397 para 70.191.370 habitantes, o que foi causado pelas mudanças socioespaciais e econômicas e também pelo aumento na taxa de fecundidade, que atingiu seu ponto máximo nos anos 1960: 6,28 filhos por mulher.

Depois da década de 1960, embora a população brasileira tenha continuado a crescer, esse processo passou a acontecer em ritmos mais lentos em função da queda da fecundidade. Essa tendência de queda do crescimento se mantém até o presente, e o IBGE estima que o cenário permanecerá assim até meados do século XXI, quando a população brasileira entrará em fase de estagnação do crescimento.

Quais são as consequências da explosão demográfica?

O crescimento acelerado da população mundial produz consequências para o meio ambiente, como, por exemplo:

  • aumento da poluição;

  • desmatamento de áreas para ocupação, plantio e instalação de atividades econômicas;

  • superexploração dos solos, que ocasiona a degradação da sua estrutura e o esgotamento de nutrientes.

Existe, nesse sentido, uma preocupação também acerca da distribuição de alimentos e dos demais recursos naturais, como a água. Com a explosão demográfica, muitos problemas socioeconômicos podem se acentuar, principalmente quando atrelada ao crescimento das cidades e à ocorrência da macrocefalia urbana, que resulta da falta de planejamento para o novo aporte populacional.

Moradias na Favela da Rocinha representando a falta de planejamento nas cidades devido à explosão demográfica.
A explosão demográfica acentua a desigualdade social, a violência e a poluição.

Diferenças entre explosão demográfica e implosão demográfica

A implosão demográfica é um processo que apresenta características opostas às da explosão demográfica. A implosão de uma população é caracterizada pela queda acentuada do número de nascimentos e crescimento do número de mortes, o que resulta inicialmente no equilíbrio dos indicadores e, depois, no crescimento vegetativo negativo. Isso significa que há estagnação do crescimento populacional, e, se os indicadores continuarem a evoluir conforme descrito, instala-se uma tendência de diminuição da população.

Saiba mais: Favelização — consequência do crescimento das cidades e do aumento da pobreza urbana

Teoria da transição demográfica x explosão demográfica

A teoria da transição demográfica é uma teoria populacional que surgiu em 1929 e explica a evolução de uma população através de quatro diferentes etapas. Segundo essa teoria, todas as populações passam por padrões semelhantes de transformação, sendo a explosão demográfica uma das fases desse processo.

O crescimento vegetativo acelerado, causado pelo aumento da natalidade e queda da mortalidade, acontece na segunda etapa da transição demográfica, o que caracteriza a explosão demográfica como um processo passageiro. O fim da explosão demográfica é demarcado pela desaceleração dos nascimentos em uma população, resultando em menores taxas de crescimento populacional.

Acredita-se que a segunda fase da transição demográfica esteja em curso nos países subdesenvolvidos e em parte dos países emergentes. O Brasil passou por essa etapa, como vimos, em meados do século XX, enquanto os países desenvolvidos experienciaram a sua segunda fase de transição durante os séculos XVIII e XIX. Para saber mais sobre essa teoria, clique aqui.

Exercícios resolvidos sobre explosão demográfica

Questão 1

(Unesp) Em seu processo de transição demográfica, a população brasileira registrou mudanças relacionadas à revolução médico-sanitária. Essas mudanças provocaram:

a) a redução da taxa de mortalidade e o aumento da expectativa de vida.

b) a ampliação da taxa de natalidade e o aumento da população relativa.

c) a redução da taxa de dependência e a diminuição do número de idosos.

d) a ampliação da taxa de fecundidade e a diminuição da quantidade de adultos.

e) a redução da taxa de fertilidade e a diminuição da população absoluta.

Resolução: Alternativa A.

A revolução médico-sanitária resultou no processo de explosão demográfica, que seria a segunda fase da transição. Nota-se, nessa etapa, maior número de nascimentos e redução da mortalidade. Além disso, os avanços na medicina e melhor oferta de cuidados com a saúde proporcionaram maior expectativa de vida.

Questão 2

(Uneb) Mudanças no perfil demográfico ocorreram no período pós-Segunda Guerra Mundial em todo o mundo, ocasionadas pelo aumento do crescimento vegetativo dos países. Considerando-se a informação e os conhecimentos sobre o crescimento demográfico mundial no período supracitado, é correto afirmar que as causas dessa mudança no comportamento vegetativo dos países desenvolvidos e subdesenvolvidos são, respectivamente:

a) aumento da expectativa de vida / aumento da fecundidade.

b) redução da taxa de mortalidade / aumento da longevidade.

c) aumento da taxa da natalidade / redução da taxa de mortalidade infantil.

d) imigração / aumento da taxa de mortalidade.

e) rápido envelhecimento da população / imigração.

Resolução: Alternativa C.

O crescimento vegetativo nos países desenvolvidos foi causado principalmente pelo aumento do número de nascimentos, enquanto nos países subdesenvolvidos houve redução da mortalidade infantil, o que significa dizer que houve queda no total de mortes de crianças de até um ano de idade.

Créditos da imagem

[1] Nelson Antoine/ Shutterstock

Fontes

CARMO, R. L.; CAMARGO, K. C. M.; FERNANDES, C.; NHACHUNGUE, F. G. Explosão demográfica: 50 anos depois de “The population bomb”. Campinas, SP: Núcleo de Estudos de População “Elza Berquó”, Unicamp, 2019. Disponível em: https://www.nepo.unicamp.br/publicacao/nepo-87/.

CIA. Country Comparisons: Population growth rate. The World Fact Book. [2023]. Disponível em: https://www.cia.gov/the-world-factbook/field/population-growth-rate/country-comparison/.

GEWEHR, M. F. A explosão demográfica: causas e consequências. Boletim Jurídico, 25 jun. 2006. Disponível em: https://www.boletimjuridico.com.br/artigos/direito-ambiental/1344/a-explosao-demografica-causas-consequencias.

IBGE Educa – Professores. Disponível em: https://educa.ibge.gov.br/professores.

IBGE. Brasil 500 anos: Estatísticas do povoamento. Disponível em: https://brasil500anos.ibge.gov.br/estatisticas-do-povoamento.html.

LUCCI, E. A. Território e sociedade no mundo globalizado: ensino médio, 3. São Paulo, SP: Saraiva, 2016, 3 ed., 281p.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Explosão demográfica"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/explosao-demografica.htm. Acesso em 21 de maio de 2024.

De estudante para estudante


Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

Assinale a alternativa que apresenta corretamente o conceito de explosão demográfica:

a) O aumento da população relativa registrada em diferentes países do mundo.

b) A diminuição da longevidade da população idosa em determinadas regiões.

c) O cenário de diminuição da população ativa em idade de trabalho no mundo.

d) A queda drástica apenas das taxas de mortalidade infantil de uma localidade.

e) O crescimento exacerbado da população absoluta em um determinado local.

Exercício 2

Indique a alternativa que aponta dois índices que contribuem para a explosão demográfica:

a) Desenvolvimento social e redução da natalidade.

b) Atenuação da desigualdade e alta da mortalidade.

c) Crescimento da renda e da qualidade de vida local.

d) Diminuição do poder de compra e da longevidade.

e) Redução da mortalidade e elevação da natalidade.

Artigos Relacionados


Conceitos demográficos

Clique aqui e descubra quais são os conceitos demográficos utilizados nos estudos das populações.
Geografia

Crescimento demográfico e escassez de recursos naturais

Confira uma discussão sobre os principais elementos em torno da relação entre crescimento demográfico e escassez de recursos.
Geografia

Crescimento populacional

Entenda o que é crescimento populacional e quais fatores contribuem para a sua ocorrência. Veja ainda como tem se dado esse processo no Brasil e no mundo.
Geografia

Crescimento vegetativo

Compreenda o que é crescimento vegetativo (ou natural) e saiba como ele é calculado. Entenda sua importância e como esse indicador se comporta no Brasil e no mundo.
Geografia

População mundial

Venha conferir dados e outros aspectos sobre a população mundial, bem como conhecer os países mais populosos do mundo.
Geografia

Superpopulação e consumo

Clique aqui e confira a relação entre superpopulação e consumo!
Geografia

Taxa de natalidade e taxa de mortalidade

Entenda mais sobre taxa de natalidade e taxa de mortalidade, importantes indicadores de desenvolvimento humano e de análise do crescimento populacional de um dado lugar. Saiba como calcular cada taxa e como usá-las para analisar a dinâmica populacional dos países.
Geografia

Transição demográfica

Saiba o que é transição demográfica e as suas principais causas. Conheça as diferentes etapas da transição demográfica e entenda como esse processo ocorre no Brasil.
Geografia