Conceitos botânicos

Biologia

Compreender os conceitos botânicos é essencial para entender melhor a Botânica, área da Biologia responsável por estudar os vegetais.
PUBLICIDADE

Botânica é a parte da Biologia responsável pelo estudo das plantas. Nesse ramo, assim como outros ramos da Biologia, é comum observamos o uso de alguns termos, os quais devem ser bem conhecidos, a fim de evitar a confusão e melhorar o entendimento da área.

Leia também: Conceitos de Ecologia

Veja a seguir alguns dos principais termos utilizados em Botânica e uma breve definição de cada um deles.

Conceitos botânicos

Angiospermas

Plantas que produzem flores e frutos.

Antera

Parte do estame em que é produzido o grão de pólen.

Anterídio

Estrutura responsável pela produção dos anterozoides (gametas masculinos).

Anterozoide

Gameta masculino das briófitas, pteridófitas e algumas gimnospermas.

Antípodas

Três células presentes no saco embrionário maduro.

Arquegônio

Estrutura na qual é produzida a oosfera, em algumas briófitas e em algumas plantas vasculares.

Briófitas

Plantas avasculares. São exemplos de briófitas: musgos, antóceros e hepáticas.

Cálice

Conjunto de sépalas de uma flor.

Carpelo

Estrutura em que estão localizados os óvulos em uma flor. É formado pelo estigma, estilete e ovário.

Colênquima

Tecido de sustentação do vegetal formado por células vivas, que é encontrado em órgãos em crescimento primário ou que sofrem movimentação constante.

Corola

Conjunto de pétalas de uma flor.

Criptógamas

Termo utilizado para referir-se às plantas que não possuem estruturas reprodutivas visíveis (briófitas e pteridófitas).

Endosperma

Tecido rico em reserva que garante a nutrição do embrião em desenvolvimento. Encontrado apenas na angiosperma.

Esclerênquima

Tecido de sustentação que apresenta como principal característica a presença de células com paredes secundárias espessas, que podem ou não estar lignificadas.

Esporófito

Fase do ciclo de vida da planta produtora de esporos.

Estame

Parte da flor formada pelo filete e pela antera.

Estômato

Estrutura que possibilita a realização das trocas gasosas entre a planta e o meio ambiente. Geralmente o termo é usado para identificar todo o aparelho estomático, que é constituído pelas células-guarda e o ostíolo.

Estróbilo

Estrutura reprodutora formada por folhas modificadas. Também recebe o nome de cone.

Fanerógamas

Termo utilizado para referir-se às plantas que possuem estruturas reprodutivas visíveis, como flores e estróbilos (angiospermas e gimnospermas).

Floema

Tecido de condução responsável pelo transporte de seiva elaborada.

Gametófito

Fase do ciclo de vida da planta produtora de gametas.

Gimnospermas

Plantas vasculares que possuem semente, mas não produzem flores e frutos.

Gineceu

Conjunto de carpelos de uma flor.

Gutação

Perda de água no estado líquido por estruturas denominadas hidatódios.

Megagametófito

Gametófito feminino que se desenvolve no interior do óvulo de plantas com sementes. É presente em plantas heterosporadas.

Megasporângio

Esporângio no qual são produzidos os megásporos.

Megásporo

Esporo que se desenvolve no gametófito feminino em plantas heterosporadas.

Microgametófito

Gametófito masculino em plantas heterosporadas.

Microsporângio

Esporângio em que são produzidos os micrósporos.

Micrósporo

Esporo que se desenvolve no gametófito masculino em plantas heterosporadas.

Núcleos polares

Dois núcleos que se localizam na porção mediana do saco embrionário.

Oosfera

Gameta feminino

Parênquima

Tecido formado por células vivas que está distribuído em todas as partes da planta. Pode ser classificado em parênquima de preenchimento, clorofiliano e de reserva.

Pteridófitas

Plantas vasculares sem sementes

Saco embrionário

Gametófito feminino das angiospermas. O saco embrionário possui sete células e oito núcleos. As células são uma oosfera, duas sinérgides, três antípodas e uma célula central com dois núcleos.

Sinérgides

Duas células presentes no saco embrionário.

Tubo polínico

Tubo formado após o pólen germinar que garante o transporte dos gametas masculinos.

Xilema

Tecido de condução responsável pelo transporte de seiva bruta.

 

Leia também: Conceitos de Biologia que não devemos confundir no Enem

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

 

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Quando conhecemos bem os diferentes termos da Botânica, fica mais fácil compreender essa área da Biologia.
Quando conhecemos bem os diferentes termos da Botânica, fica mais fácil compreender essa área da Biologia.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Conceitos botânicos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/conceitos-botanicos.htm. Acesso em 28 de outubro de 2020.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

Entre as alternativas a seguir, marque aquela que indica corretamente o nome do gameta masculino flagelado encontrado em briófitas, pteridófitas e algumas poucas espécies de gimnospermas.

a) Oosfera.

b) Anterídio.

c) Anterozoide.

d) Arquegônio.

e) Esporângio.

Questão 2

O grão de pólen foi uma grande novidade evolutiva para as plantas, uma vez que possibilita a reprodução mesmo na ausência de água. Nas angiospermas, quando o grão de pólen atinge o estigma, ocorre a absorção de uma solução açucarada que promove a sua germinação. Ao germinar, o grão de pólen da origem à (ao):

a) anterozoide.

b) oosfera.

c) estilete.

d) tubo polínico.

e) endosperma.

Mais Questões