Topo
pesquisar

Meningite

Saúde na escola

A meningite é uma doença que afeta as meninges e leva a um processo inflamatório. Pode ser causada por vários fatores, como vírus e bactérias, além de lesões e medicamentos.
PUBLICIDADE

A meningite é uma doença grave que atinge o sistema nervoso, mais precisamente as membranas que envolvem o sistema nervoso central: as meninges. Essa doença caracteriza-se por um processo inflamatório causado por diversos agentes infecciosos, tais como bactérias, vírus, fungos e protozoários. Lesões, uso de medicamentos e neoplasias também podem causar meningite. Do ponto de vista da saúde pública, a meningite causada por bactérias e vírus são as mais importantes, pois ocorrem com maior frequência e causam surtos.

Sintomas

Os principais sintomas da meningite são:

  • Febre alta e persistente;

  • Dor de cabeça intensa;

  • Dor na nuca com rigidez no pescoço;

  • Náuseas e vômitos;

  • Perda de apetite;

  • Sonolência;

  • Confusão mental;

  • Agitação;

  • Sensibilidade à luz (fotofobia);

  • Manchas no corpo que lembram picadas de mosquito;

  • Crises convulsivas;

  • Em crianças, ocorre o abaulamento da fontanela (moleira);

  • Coma.

É importante destacar que, em crianças recém-nascidas e lactentes, os sinais são mais difíceis de serem interpretados. Nesses casos, é comum que ocorra apenas febre, irritabilidade, cansaço e falta de apetite.

Transmissão e prevenção

A transmissão da meningite ocorre geralmente de pessoa para pessoa por meio de gotículas e secreções eliminadas pelo doente. Tendo em vista essa forma de transmissão, a meningite pode ser prevenida evitando-se grandes aglomerações e ambientes pouco ventilados. Na forma viral, também se destaca a transmissão fecal-oral.

A meningite é uma doença endêmica e, por essa razão, espera-se que anualmente surjam casos. No verão, a maior incidência é da meningite causada por vírus; no inverno, há mais casos de meningite bacteriana. Vale destacar que qualquer pessoa pode contrair meningite, entretanto, bebês e crianças são mais suscetíveis.

Existem vacinas específicas para cada agente etiológico. As vacinas que protegem contra meningite e estão disponíveis no calendário de vacinação da criança do Programa Nacional de Imunização são: vacina pentavalente, vacina BCG, vacina meningocócica conjugada C e vacina pneumocócica conjugada 10-valente.

Tratamento

O tratamento da meningite é feito após a identificação do agente causador por meio da realização de exames de análise do líquido cefalorraquidiano (encontrado em torno do cérebro e medula espinhal) e do sangue. As meningites causadas por bactérias são geralmente mais graves e de evolução rápida. O tratamento, nesse caso, é feito com uso de antibióticos, tais como a penicilina e a ampicilina. As meningites mais frequentes são causadas por vírus e, de uma maneira geral, são menos graves e evoluem para cura, não deixando sequelas. Vale frisar que, apesar de terem menor gravidade, as meningites virais podem matar a depender do vírus que está causando a inflamação.

ATENÇÃO: Caso sinta os sintomas descritos, procure imediatamente um médico.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Meningite"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/meningite.htm>. Acesso em 22 de maio de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA