close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon
Estrutura básica de um Vírus
Estrutura básica de um Vírus
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Os vírus são seres diminutos, medindo cerca de 0,1µm de diâmetro, com dimensões apenas observáveis ao microscópio eletrônico. Basicamente são constituídos por ácido nucleico, que pode ser o DNA ou o RNA, envolvido por um invólucro proteico denominado capsídeo, que além de proteger o material genético, combina-se quimicamente com receptores membranares das células parasitadas.

Esses seres são acelulares, não possuindo orgânulos que desempenham a complexa síntese bioquímica. Somente exprimem atividades vitais: reprodução e propagação, no interior de uma célula hospedeira. Portanto, são considerados parasitas intracelulares obrigatórios.

Tópicos deste artigo

Mapa Mental: Vírus

* Para baixar o mapa mental em PDF, clique aqui!

Quando a relação parasitária se estabelece, o material genético virótico assume o comando da célula, voltando quase que exclusivamente o metabolismo para originar centenas de novos vírus em questão de minutos.

Alguns são classificados como envelopados, possuindo um envelope lipoproteico procedente da membrana da célula hospedeira. Nessa classificação, enquadra-se com destaque o vírus da Imunodeficiência Humana -HIV.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Geralmente, o termo vírus faz referência ao processo de instalação / infecção em organismos eucariontes (que possuem material genético envolvido por membrana nuclear) enquanto o termo bacteriófago, é designado aos vírus que se instalam em procariotos (organismos que não possuem membrana nuclear envolvendo o material genético da célula: bactérias).

Atualmente foram identificadas aproximadamente 3.600 espécies, que podem infectar bactérias, plantas e animais, bem como se instalar e causar doenças ao homem. Cada doença com particularidades quanto ao modo de transmissão, características da infecção e medidas profiláticas.

As doenças viróticas que mais acometem o organismo humano são as seguintes: Gripe, Catapora ou Varicela, Caxumba, Dengue, Febre Amarela, Hepatite, Rubéola, Sarampo, Varíola, Herpes simples e Raiva.

* Mapa Mental Por M.a Vanessa Sardinha dos Santos

Por Krukemberghe
Graduado em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

RIBEIRO, Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca. "Vírus"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/virus.htm. Acesso em 21 de maio de 2022.

De estudante para estudante


O que pode cair no Enem 2022 em Ciências da Natureza?

Por Thiago Cabral
Responder
Ver respostas

Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

Frequentemente, quando uma pessoa está doente, ouvimos a frase: Deve ser apenas uma virose! Entretanto, chamamos de viroses todas as doenças causadas por vírus, que podem variar de uma simples gripe até a AIDS. De acordo com seu conhecimento sobre viroses, marque alternativas em que encontramos apenas doenças causadas por vírus.

  1. Hepatite, raiva e caxumba.
  2. Hepatite, dengue e cólera.
  3. Raiva, dengue e gonorreia.
  4. Dengue, herpes e tétano.
  5. Dengue, cólera, gonorreia.

Exercício 2

O HIV é um exemplo de vírus envelopado. Marque a alternativa que explica corretamente essa definição.

  1. São vírus envolvidos por um envelope proteico.
  2. São vírus envolvidos por uma parede celular.
  3. São vírus envolvidos por um envelope lipoproteico.
  4. São vírus com um envelope quitinoso.

Estude agora


Verbos intransitivos

Intransitivos são aqueles verbos classificados quanto à sua predicação e que têm sentido completo sem a...

Força centrípeta

Força centrípeta é a força que aponta para o centro de uma trajetória curvilínea, fazendo com que a direção e o...