Topo
pesquisar

Náusea e vômito

Saúde na escola

Náusea e vômito são dois fenômenos distintos que podem estar associados com intoxicação alimentar, uso de medicamentos e gravidez.
A náusea e o vômito podem estar associados a problemas de saúde variados
A náusea e o vômito podem estar associados a problemas de saúde variados
PUBLICIDADE

A maioria das pessoas já apresentou durante sua vida episódios de náuseas e vômitos. Esses dois processos são eventos distintos que podem ocorrer por uma série de causas, tais como ingestão de alimentos impróprios, infecções virais e bacterianas, medicamentos, doenças sistêmicas, gravidez e após traumas. Condições como ansiedade e medo também podem levar à náusea e ao vômito.

Náusea

A náusea pode ser definida como um desconforto associado a uma vontade de vomitar. Geralmente, é denominada de enjoo ou ânsia e é percebida na garganta ou no epigástrio. Muitas vezes, a sensação desagradável vem acompanhada ainda de tontura e sudorese.

Vômito

O vômito, também denominado de êmese, nada mais é que uma eliminação involuntária do conteúdo gástrico. Ele ocorre por causa de uma forte e incontrolável contração dos músculos abominais que levam ao aumento súbito da pressão intra-abdominal e, consequentemente, à expulsão do conteúdo gástrico. Durante o vômito, a glote fecha-se, impedindo que o alimento entre nas vias respiratórias. Em geral, o vômito é precedido de náusea, aceleração da respiração e queda da pressão sanguínea.

O vômito pode desencadear problemas graves de saúde se ocorrer em grande quantidade. Isso se deve ao fato de que o conteúdo eliminado gera perda de água e de íons, o que pode provocar, por exemplo, desidratação e hipopotassemia (pouca presença de potássio no sangue).

A frequência do vômito e o momento em que ele acontece ajudam a determinar sua causa. Vômitos matutinos, antes do café da manhã, por exemplo, podem indicar uma gravidez. Já vômitos associados à ingestão de alimentos gordurosos podem sugerir um problema na vesícula biliar. Vômitos acompanhados de dor abdominal indicam problemas abdominais como obstrução intestinal e pancreatite, e vômitos agudos sugerem intoxicação alimentar ou por uso de medicamentos.

Outro ponto importante é analisar o aspecto do vômito. Quando há indícios de alimentos que foram ingeridos há muito tempo, pode ser indicativo de causa obstrutiva.

Tratamento para náusea e vômito

Para tratar a náusea e o vômito, é primordial identificar o que está causando esses processos. Normalmente, para aliviar esses problemas, medicamentos antieméticos e antiespasmódicos são ministrados. Além disso, é feita reposição dos líquidos e eletrólitos perdidos.

Para reduzir a náusea e o vômito, indicam-se também algumas mudanças nos hábitos, tais como:

  • Reduzir o consumo de gorduras;

  • Evitar o consumo de bebidas gaseificadas;

  • Evitar beber líquidos durante as refeições;

  • Fracionar as refeições;

  • Comer devagar e mastigar bem;

  • Escovar dentes e lavar a boca com frequência.


Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Náusea e vômito"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/nausea-vomito.htm>. Acesso em 21 de maio de 2018.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA