Topo
pesquisar

Tuberculose

Doenças e patologias

PUBLICIDADE

A tuberculose é uma doença infectocontagiosa desencadeada por uma bactéria conhecida como bacilo de Koch. Transmitido pelo ar, esse problema de saúde afeta principalmente os pulmões, provocando sintomas como tosse (que pode permanecer por três semanas ou mais), febre e fadiga.

Mesmo havendo cura e prevenção, muitas pessoas ainda morrem em decorrência da doença. Segundo o Ministério da Saúde, anualmente, a tuberculose atinge cerca de 10 milhões de pessoas e causa a morte cerca de um milhão de indivíduos no mundo.

Leia também: 10 principais causas de morte no mundo

O que é a tuberculose?

A tuberculose é uma doença causada pelo Mycobacterium tuberculosis ou bacilo de Koch, que pode afetar vários órgãos do nosso corpo. Apesar de também acometer outras partes (forma extrapulmonar), essa doença infectocontagiosa geralmente afeta os pulmões (forma pulmonar). As formas extrapulmonares normalmente comprometem ossos, intestino, olhos, pele e sistema nervoso, por exemplo, e são mais comuns em pessoas com HIV, as quais apresentam seu sistema imune comprometido.

A tuberculose pode desencadear tosse com sangue ou pus.
A tuberculose pode desencadear tosse com sangue ou pus.

Quais são os sintomas da tuberculose?

A tuberculose afeta, principalmente, os pulmões, desencadeando sintomas como tosse, a qual pode ser sem ou com catarro, sudorese noturna, febre vespertina, fadiga, perda de peso e dor torácica. Quando afeta outras regiões do corpo, outros sintomas podem surgir a depender do órgão afetado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como a tuberculose é transmitida?

A transmissão da tuberculose acontece quando uma pessoa saudável inala gotículas com o bacilo de Koch provenientes de uma pessoa doente, que, ao tossir, espirrar ou mesmo falar, elimina os bacilos. Vale destacar que nem todas as pessoas que são expostas à bactéria causadora da tuberculose infectam-se. Fatores como o local onde a exposição ocorreu e o tempo de exposição podem afetar a transmissão da doença.

A tuberculose é uma doença causada por um bacilo que acomete, principalmente, os pulmões.
A tuberculose é uma doença causada por um bacilo que acomete, principalmente, os pulmões.

A infecção pelos bacilos acontece quando eles passam pelo trato respiratório superior e atingem os alvéolos pulmonares, pequenas estruturas em forma de saco onde acontecem as trocas gasosas. Esses bacilos, então, multiplicam-se e uma parte dissemina-se pelo corpo via corrente sanguínea. O sistema imune, assim, tenta controlar a infecção.

Quando o sistema imune não é mais capaz de controlar a doença, a tuberculose desenvolve-se. De acordo com o Manual Técnico para o Controle da Tuberculose do Ministério da Saúde, “apenas em torno de 10% das pessoas infectadas adoecem, metade delas durante os dois primeiros anos após a infecção e a outra metade ao longo de sua vida”.

Leia também: Cinco doenças transmitidas por contato

Como a tuberculose é diagnosticada?

A tuberculose é diagnosticada por meio de exames bacteriológicos e exames de imagem, que são considerados exames complementares. A baciloscopia e a cultura para micobactéria são exemplos de exames bacteriológicos que detectam a presença do agente causador da tuberculose. O exame de imagem é a radiografia do tórax.

O diagnóstico precoce é essencial para o sucesso do tratamento, sendo necessário iniciar a medicação logo após a confirmação de um caso de tuberculose. Assim sendo, caso uma pessoa apresente sintomas da doença, deve procurar imediatamente o serviço de saúde para a realização de exames.

Leia também: Tuberculose ocular, o tipo que pode levar à cegueira

Como a tuberculose é prevenida?

Para se prevenir da tuberculose, é importante vacinar-se contra a doença. A vacina que garante essa prevenção é a BCG (Bacillus Calmette-Guérin), que é fornecida gratuitamente e deve ser aplicada em crianças ao nascer ou, no máximo, até atingirem 4 anos, 11 meses e 29 dias. Essa vacina não requer nenhuma preparação prévia e normalmente causa uma cicatriz característica. No passado, quando a criança não desenvolvia a cicatriz, era recomendada a revacinação, atualmente, no entanto, essa recomendação não é mais feita.

Apesar de a forma mais eficiente de prevenção ser a vacinação, podemos escapar da contaminação pelo bacilo evitando contato com o doente e mantendo o ambiente sempre bem ventilado e com luz solar. Essa medida é importante porque o bacilo é sensível à luz do sol e o local arejado permite que as partículas com a bactéria espalhem-se no ambiente, reduzindo o risco de transmissão.

Não podemos nos esquecer também de cuidar bem da nossa saúde, fazendo uma alimentação saudável e praticando atividades físicas. Essas práticas são responsáveis pelo fortalecimento do nosso sistema imunológico e, consequentemente, ajudam na prevenção contra infecções.

Leia também: Vacinas que todas as crianças devem tomar

Dia Mundial de Combate à Tuberculose

O Dia Mundial de Combate à Tuberculose é comemorado em 24 de março. Esse dia foi escolhido porque, em 24 de março de 1882, Robert Koch identificou o Mycobacterium tuberculosis, o agente causador da tuberculose. A data é extremamente importante porque reforça a luta contra essa doença que mata tantas pessoas no mundo anualmente.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Tuberculose"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/doencas/tuberculose.htm. Acesso em 09 de abril de 2020.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola