Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que são aminas?

O que é Química?

Aminas são substâncias orgânicas que apresentam um ou mais radicais ligados ao Nitrogênio e são muito utilizadas na produção de outros compostos orgânicos.
PUBLICIDADE

Aminas são compostos orgânicos nitrogenados que derivam da substância amônia (NH3) pela substituição de um ou mais hidrogênios por radicais orgânicos. De acordo com a quantidade de hidrogênios substituídos, as aminas podem ser classificadas em:

  • Amina primária: formada pela substituição de um hidrogênio da amônia por um radical orgânico;
     

Estrutura geral de uma amina primária
Estrutura geral de uma amina primária

  • Amina secundária: formada pela substituição de dois hidrogênios da amônia por dois radicais orgânicos.

Estrutura geral de uma amina secundária
Estrutura geral de uma amina secundária

  • Amina terciária: formada pela substituição dos três hidrogênios da amônia por três radicais orgânicos.

Estrutura geral de uma amina terciária
Estrutura geral de uma amina terciária

Características físicas das Aminas

  • São compostos polares;

  • Aminas primárias e secundárias são capazes de realizar ligações de hidrogênio;

  • Aminas terciárias realizam interação dipolo permanente;

  • As aminas com até cinco carbonos são solúveis em água e etanol. Já as aminas com seis ou mais carbonos são praticamente insolúveis em água, mas solúveis em solventes orgânicos;

  • Aminas que apresentam estrutura aromática são mais densas que a água;

  • Aminas que apresentam de um a três carbonos são gasosas em temperatura ambiente. Já as que apresentam de quatro a doze carbonos são líquidas em temperatura ambiente;

  • De uma forma geral, as aminas apresentam ponto de fusão e de ebulição mais elevados apenas em relação a qualquer composto orgânico apolar.

Características químicas das Aminas

  • São consideradas bases orgânicas, segundo a teoria de Bronsted-Lowry;

  • Aminas aromáticas apresentam um menor caráter básico em virtude do fenômeno da ressonância;

  • Quanto maior o caráter básico da amina, maior a probabilidade de reação com certa substância;

  • Na presença de um ácido, as aminas realizam reação de neutralização, já que apresentam caráter básico.

Regra de nomenclatura das aminas

Para fornecer o nome a uma amina, basta seguir a regra estabelecida pela União Internacional da Química Pura e Aplicada (IUPAC), descrita a seguir:

Nome do radical ou radicais + amina

OBS.: Se a amina tiver radicais diferentes, devemos seguir a ordem alfabética.

Acompanhe alguns exemplos:

Exemplo 1: Amina primária

Na amina primária desse exemplo, temos a presença de uma radical propil, assim, o seu nome é propilamina.

Exemplo 2: Amina secundária

Na amina secundária desse exemplo, temos a presença do radical metil (à esquerda do nitrogênio) e do radical etil (à direita do nitrogênio). O seu nome é, seguindo a ordem alfabética, etil-metilamina.

Exemplo 3: Amina terciária

Na amina secundária desse exemplo, temos a presença do radical isopropil (à esquerda do nitrogênio), do radical butil (à direita do nitrogênio) e do radical vinil (abaixo do nitrogênio). O seu nome é, portanto, butil-isopropil-vinilamina.

Aplicações das aminas

  • Muito utilizadas na produção de vários compostos orgânicos;

  • Utilizadas na fabricação de sabões;

  • Utilizadas no processo de vulcanização da borracha;

  • Utilizadas na fabricação de corantes.


Por Me. Diogo Lopes Dias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "O que são aminas?"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/quimica/o-que-sao-aminas.htm>. Acesso em 22 de agosto de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA