Crianças podem fazer dieta?

Saúde na escola

PUBLICIDADE

Uma dúvida de muitos pais é se crianças podem fazer dieta. O sobrepeso e obesidade são problemas cada vez mais comuns nos dias atuais, e muitos pais se questionam o que pode ser feito para reverter esse quadro. Será que a dieta é realmente recomendada para contornar casos de sobrepeso e obesidade? O que os responsáveis podem fazer para melhorar a saúde dessas crianças?

Fato é que o ideal é que cuidemos da saúde das nossas crianças para que esse quadro de aumento de peso nunca ocorra, entretanto, quando ele ocorre, devemos tratá-lo com responsabilidade para evitar problemas futuros.

Leia também: Benefícios do esporte para as crianças

Sobrepeso e obesidade infantil

Atualmente, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que 41 milhões de crianças menores de 5 anos sejam obesas ou estejam acima do peso no mundo. Esse número é bastante elevado e gera um alerta a respeito de como está a alimentação de nossas crianças e se elas estão adotando hábitos de vida saudáveis.

Os altos índices de sobrepeso e obesidade refletem a sociedade atual, que incentiva uma alimentação cada vez menos saudável e o comportamento sedentário. As rotinas agitadas dos pais, que os impedem, muitas vezes, de preparar refeições em casa, e o fácil acesso a fast-food, por exemplo, expõem a criança a uma alimentação rica em gorduras, açúcares e sódio, alimentos que não deveriam ser ingeridos com muita frequência.

Além disso, muitas crianças passam grande parte do seu dia em frente à televisão, videogame ou mesmo utilizando smartphones, sendo observada, portanto, uma redução das atividades que promovem um maior gasto calórico.

 A obesidade infantil pode estar relacionada com uma alimentação inadequada.
A obesidade infantil pode estar relacionada com uma alimentação inadequada.

O sobrepeso e a obesidade infantil são problemas graves, pois afetam também a vida adulta do indivíduo. De acordo com o Ministério da Saúde,

“a consequência de obesidade na infância para a vida adulta é o aparecimento de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, que podem matar precocemente no período de grande produtividade na fase adulta.”

Leia também: Obesidade infantil — grave problema de saúde que acomete crianças em todo o mundo

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Criança pode fazer dieta?

Diante do quadro de sobrepeso e obesidade infantil que enfrentamos, muitos pais tentam reverter a situação fazendo com que as crianças realizem dietas restritivas para conseguirem a perda de peso. Entretanto, é fundamental deixar claro que cortar certos alimentos da alimentação da criança pode prejudicar seu desenvolvimento. Além disso, a cobrança para que a criança não aumente de peso e críticas sobre a sua aparência podem desencadear distúrbios alimentares, como anorexia e bulimia. Sendo assim, é fundamental que toda essa situação seja tratada com cuidado e responsabilidade por parte dos pais ou responsáveis.

O primeiro ponto ao se perceber que a criança está tendo um aumento de peso é procurar um pediatra para que ele avalie se o peso está de acordo com a idade e com o tamanho da criança. Diante de um quadro de sobrepeso ou obesidade, deve-se procurar o auxílio de um nutricionista para que esse profissional faça uma avaliação da alimentação da criança e estabeleça uma forma de conseguir realizar uma dieta com redução calórica, mas que forneça à criança todos os nutrientes que ela necessita para conseguir crescer de maneira saudável.

Diferentemente do que muitas pessoas pensam, melhorar a dieta não é necessariamente excluir certos alimentos. Tudo é uma questão de equilíbrio e moderação. Além disso, retirar completamente um tipo de alimento, principalmente aqueles que a criança gosta, pode fazer com que surjam episódios de compulsão quando a criança tiver a oportunidade de comer aquele produto novamente. O melhor, portanto, é realizar uma reeducação alimentar.

 A prática de atividades físicas pode evitar a obesidade infantil.
A prática de atividades físicas pode evitar a obesidade infantil.

Além da melhora da alimentação, outro ponto importante é estimular a prática de atividades físicas pela criança. Vale destacar, no entanto, que é preciso também fazer uma avaliação prévia para que o médico possa avaliar se a criança está apta a realizar determinadas atividades físicas. Para que a criança se sinta estimulada a realizar uma atividade, é fundamental que seja proposto algo que desperte seu interesse.

Leia também: Por que as crianças não devem ir à escola sem café da manhã?

Dicas simples para evitar obesidade infantil

  • Não deixe a criança pular refeições.

  • Evite açúcar, refrigerantes, balas, salgados e guloseimas, principalmente nos primeiros anos de vida.

  • Ofereça diariamente frutas, verduras e legumes.

  • Estimule a prática de atividades físicas.

  • Respeite a saciedade da criança.

  • Seja exemplo.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Crianças podem fazer dieta?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/criancas-podem-fazer-dieta.htm. Acesso em 26 de novembro de 2020.

Saúde e Bem-estar Obesidade
Saúde e Bem-estar Obesidade infantil
Doenças e patologias Anorexia nervosa
Provocar vômitos após alta ingestão de calorias é uma característica comportamental da bulimia
Psicologia Bulimia
Se usados de forma inadequada, os shakes podem trazer sérios riscos à saúde
Saúde e Bem-estar Os shakes e o perigo das dietas
Saúde na escola Alimentação saudável