close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Nomenclatura dos carbetos

A nomenclatura dos carbetos utiliza, como regra geral, o nome do elemento químico que acompanha o carbono na composição da substância.

O carbeto de cálcio é utilizado na produção do aço
O carbeto de cálcio é utilizado na produção do aço
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

A nomenclatura dos carbetos, assim como em todas as funções inorgânicas (ácidos, bases, sais, óxidos, etc.), segue um padrão ou uma regra geral. Porém, para nomear esse tipo de composto, além da regra de nomenclatura, devemos conhecer as características que identificam as substâncias dessa função.

Os carbetos são substâncias binárias, isto é, são formadas por dois elementos químicos, entre os quais, o carbono é o elemento mais eletronegativo, geralmente ligado a semimetais ou metais. A seguir, temos as possíveis fórmulas gerais de um carbeto:

YC2 ou Y4C3

O carbeto que apresenta a fórmula YC2 é denominado acetileto, pois, quando reage com a água, forma a substância acetileno. Já o carbeto de fórmula Y4C3 é denominado metaneto, pois, ao reagir com a água, forma a substância metano (CH4).

Independentemente da fórmula que o carbeto apresente, a regra de nomenclatura geral, para qualquer carbeto, será:

Carbeto + de + nome do elemento

Como podemos verificar, tanto na fórmula quanto na regra de nomenclatura de um carbeto, o diferencial está no elemento que acompanha o carbono. Assim, para nomear essa substância inorgânica, em geral, basta escrever o nome do elemento químico após o termo carbeto e da preposição “de”. Veja os exemplos:

1º Exemplo: CaC2

Nesse carbeto, o elemento químico que acompanha o carbono é o cálcio. Assim, o nome da substância é carbeto de cálcio.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

2º Exemplo: Al4C3

Nesse carbeto, o elemento químico que acompanha o carbono é o alumínio. Assim, o nome da substância é carbeto de alumínio.

Porém, como os carbetos são divididos em dois grupos (acetiletos e metanetos), podemos utilizar a regra de nomenclatura específica para esses dois tipos, como podemos observar a seguir:

a) Nomenclatura para os acetiletos

Acetileto + de + nome do elemento

A diferença dessa regra para a regra geral utilizada na nomenclatura dos carbetos é que, em vez de iniciar o nome da substância com o termo carbeto, iniciamos com o termo acetileto.

Exemplo: CaC2

Nesse acetileto, o elemento químico que acompanha o carbono é o cálcio. Assim, o nome da substância é acetileto de cálcio.

b) Nomenclatura para os metanetos

Metaneto + de + nome do elemento

A diferença dessa regra para a regra geral utilizada na nomenclatura dos carbetos é que, em vez de iniciar o nome da substância com o termo carbeto, iniciamos com o termo metaneto.

Exemplo: Al4C3

Nesse metaneto, o elemento químico que acompanha o carbono é o alumínio. Assim, o nome da substância é metaneto de alumínio.


Por Me. Diogo Lopes Dias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "Nomenclatura dos carbetos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/nomenclatura-dos-carbetos.htm. Acesso em 22 de maio de 2022.

De estudante para estudante


Pq a dissolução do açúcar em água é uma reação física enquanto a dissolução do sal de frutas é uma reação química?

Por Kell Kruz
Responder
Ver respostas

Como ocorre a separação?

Por Raiane Karolaine
Responder
Ver respostas

Estude agora


Cálculo do Kc e Kp

Kc e Kp são as constantes de equilíbrio em termos de concentração e de pressão, respectivamente, e são calculadas...

América do Sul

Assista à nossa aula e descubra a América do Sul. Conheça os países que formam essa região do continente...