Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Nomenclatura do sal alúmen

Química

A regra de nomenclatura do sal alúmen diferencia-se bastante das regras de nomenclatura de outros sais.
A pedra-ume é um alúmen utilizado como coagulante do sangue em machucados
A pedra-ume é um alúmen utilizado como coagulante do sangue em machucados
PUBLICIDADE

A regra de nomenclatura de um sal alúmen é bastante simples e muito diferente da regra utilizada em outros tipos de sais. A nomenclatura de um sal qualquer é feita com base no nome do ânion e no nome do cátion. Já no caso de um alúmen, utilizamos a seguinte regra:

Alúmen + de + Nome do cátion +3 + e + Nome do cátion +1

Na nomenclatura do sal alúmen, não utilizamos o nome do ânion, pois todos eles apresentam um mesmo esquema de formulação, ou seja, temos a presença de dois sulfatos (SO4). O primeiro sulfato está ligado ao cátion +1 (X) e o outro está ligado ao cátion +3 (Y), respectivamente nessa ordem, como podemos observar abaixo:

X2SO4.Y2(SO4)3.24H2O

Assim, tendo como base a fórmula geral de um sal alúmen, representada acima, podemos facilmente identificar o cátion +1 e o cátion +3 presentes no sal abaixo e, em seguida, fornecer seu nome de acordo com a regra de nomenclatura:

K2SO4.In2(SO4)3.24H2O

Na fórmula acima, o cátion +1 é o potássio e o cátion +3 é o Índio. Dessa forma, seguindo a regra de nomenclatura e escrevendo o nome do +3 seguido do +1, o nome desse sal alúmen será:

Alúmen de índio e potássio

Existem ainda algumas particularidades sobre a nomenclatura de um sal alúmen. Veja-as abaixo:

1o caso: Se o cátion +3 presente no alúmen for o alumínio, não é necessário escrever seu nome. Assim, faz parte da nomenclatura do sal apenas o cátion +1. O exemplo abaixo traz essa situação:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Na2SO4.Al2(SO4)3.24H2O

Alúmen de sódio

2o caso: Se os cátions presentes na fórmula do alúmen não pertencerem às famílias IA e IIIA e não forem a prata (Ag), devemos obrigatoriamente indicar a carga de cada um deles no nome por meio de algarismo romano. Observe o exemplo abaixo:

Au2SO4.Cr2(SO4)3.24H2O

O cátion +1 é ouro (Au), que pertence à família IB, e o cátion +3 é o crômio (Cr), que pertence à família VIB. Por isso, para o Au, utilizamos o algarismo I e, para o Cr, utilizamos o algarismo III:

Alúmen de Crômio III e Ouro I

Veja agora outros exemplos:

Exemplo 1: Ag2SO4.Ni2(SO4)3.24H2O

No sal apresentado, temos a prata (Ag) como cátion +1 e o níquel (Ni) como o cátion +3. Como o níquel pertence à família VIIIB, devemos utilizar o algarismo III para indicar sua carga. Assim, o nome desse alúmen é:

Alúmen de Níquel III e Prata

Exemplo 2: Alúmen de Bismuto III e Cobre I

Quando temos o nome do alúmen, podemos construir sua fórmula. Para isso, devemos lembrar que a sua fórmula deve apresentar dois sulfatos (SO4), sendo o primeiro o cátion +1 (sempre escrito por último no nome fornecido; no caso, o cobre-Cu) e o segundo o cátion +3 (sempre escrito primeiro no nome fornecido; no caso, o bismuto-Bi), seguidos de 24H2O. Assim, a fórmula do sal em questão é:

Cu2SO4.Bi2(SO4)3.24H2O


Por Me. Diogo Lopes Dias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "Nomenclatura do sal alúmen"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/nomenclatura-sal-alumen.htm. Acesso em 20 de outubro de 2021.

Artigos Relacionados
Clique e conheça a classe dos sais denominada de alúmen, suas características e a regra de nomenclatura.
Como distinguir um sal pela natureza de seus íons?
Nomenclatura dos sais, classificação dos sais, nome do ânion, nome do cátion, sulfato de ferro, sulfato ferroso, nitrato de prata, cloreto de potássio, cloreto de sódio, cloreto de cálcio, nitrato de prata, sulfato de cobre, carbonato de cálcio.
Clique aqui e aprenda a realizar a nomenclatura dos carbetos, que são divididos em acetiletos ou metanetos.
Bicarbonato de sódio e cloreto de sódio são sais presentes em nosso dia a dia. Clique aqui e conheça as principais características dos sais.
Clique e aprenda o que são, como podem ser originados, a composição e a regra de nomenclatura dos chamados sais duplos.
Sais no cotidiano, carbonato de cálcio, cloreto de sódio, fluoreto de sódio, nitrato de potássio, nitrato de sódio, carbonato de sódio, carbonato ácido de sódio, bicarbonato de sódio, sulfito de sódio, salitre-do-chile, soda.
Conheça as substâncias iônicas do grupo dos sulfatos, que inclui, por exemplo, o giz, o gesso e o sal amargo.