Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

O que é infecção?

O que é?

Compreender o que é infecção nos permite entender melhor como os agentes infecciosos agem em nosso corpo, e como esses organismos podem ser responsáveis por causar doenças.
Os vírus podem multiplicar-se no organismo humano, causando infecções.
Os vírus podem multiplicar-se no organismo humano, causando infecções.
PUBLICIDADE

Infecção pode ser definida, de acordo com o Ministério da Saúde, como “penetração e desenvolvimento ou multiplicação de um agente infeccioso no organismo do homem ou de outro animal.” A infecção pode desencadear algumas manifestações clínicas, sendo, nesse caso, denominada de doença infecciosa.

Apenas uma minoria das pessoas expostas a agentes infecciosos desenvolvem doenças infecciosas. Isso se deve ao fato de que, na maioria das vezes, nosso corpo é capaz de barrar a infecção. Entre as defesas do organismo contra infecções, podemos citar a pele, que é uma barreira mecânica; células de defesa e os famosos anticorpos. Outro ponto importante a ser destacado é que, muitas vezes, o homem consegue transmitir agentes infecciosos de um indivíduo para outro, sendo o homem, portanto, uma fonte de infecção.

Leia também: Bactérias presentes no corpo humano

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Agentes infecciosos

Os agentes infecciosos são organismos capazes de desencadear doenças infecciosas ou infecções. Esses agentes são sobretudo micro-organismos, entretanto, podem ser também outros organismos, como os helmintos (popularmente chamados de vermes). Entre os principais agentes infecciosos, podemos citar: vírus, bactérias, fungos e protozoários.

Os agentes infecciosos podem adentrar o organismo pela pele, via respiratória, circulatória e mucosas, por exemplo. A transmissão também pode se dar de diferentes formas, podendo ser de maneira direta ou indireta.

Os agentes infecciosos podem ser transmitidos de maneira direta ou indireta.
Os agentes infecciosos podem ser transmitidos de maneira direta ou indireta.

A transmissão direta é aquela que ocorre de um organismo para o outro, sem necessidade de um veículo para o agente infeccioso. A transmissão direta pode acontecer, por exemplo, por contato físico direto, ou ainda por contato com secreção de outro indivíduo.

Já a transmissão indireta desses agentes infecciosos decorre mediante veículos de transmissão. Nesse tipo de transmissão, o agente pode ser transmitido por meio de objetos e materiais contaminados ou ainda por meio de um vetor.

Leia também: Vetor e agente etiológico

Exemplos de doenças infecciosas

As doenças infecciosas são aquelas desencadeadas por agentes infecciosos, ou seja, que são resultado de uma infecção. O agente infeccioso, ao adentrar o organismo humano, pode não causar nenhuma manifestação, sendo, nesse caso, observado um quadro de uma infecção assintomática.

Outras vezes, no entanto, podem desencadear manifestações clínicas, o que caracterizam uma doença infecciosa. O período compreendido desde a infecção até o início dos sintomas é chamado de período de incubação.

Os agentes infecciosos podem causar doenças infecciosas.
Os agentes infecciosos podem causar doenças infecciosas.

São exemplos de doenças infecciosas:

Infecção hospitalar

A infecção hospitalar é aquela que se dá após a internação de um paciente e é manifestada enquanto esse paciente está no ambiente hospitalar ou após sua alta, caso seja possível a confirmação da origem da infecção.

As infecções hospitalares comumente ocorrem devido aos micro-organismos que geralmente não causariam doença no hospedeiro, entretanto, por causa de uma baixa resistência desses indivíduos há o desenvolvimento da infecção. Na maioria dos casos, manifesta-se como uma complicação naqueles pacientes que estão muito debilitados.

O simples ato de lavar as mãos pode diminuir a transmissão de agentes infecciosos no ambiente hospitalar e fora dele.
O simples ato de lavar as mãos pode diminuir a transmissão de agentes infecciosos no ambiente hospitalar e fora dele.

Para evitar infecções hospitalares, é fundamental que se tenha um ambiente limpo e com cuidados que evitem contaminação. Entre as principais e mais básicas medidas para evitar as infecções hospitalares, podemos destacar:

  • Lavar adequadamente as mãos;

  • Usar equipamentos de proteção individual;

  • Descontaminar objetos e superfícies.

Leia também: Importância de lavar as mãos

Diferença entre infecção e inflamação

É comum observamos confusão quando o assunto é infecção e inflamação. Apesar de muitas vezes os termos serem usados como sinônimos, a infecção e a inflamação envolvem situações diferentes.

Quando falamos em infecção, estamos falando do desenvolvimento ou multiplicação de um agente infeccioso no organismo. Já a inflamação refere-se à reação do organismo à ação de um agente físico, químico ou biológico na tentativa de evitar e reparar danos causados por esses agentes.


Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "O que é infecção?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-infeccao.htm. Acesso em 17 de setembro de 2021.

Artigos Relacionados
Entenda o que é febre e como essa variação de temperatura ocorre no nosso corpo.
Informe-se sobre a febre amarela, uma doença que pode causar a morte se não tratada adequadamente e que pode ser transmitida pelo Aedes aegypti.
Entenda a diferença entre vetor e agente etiológico e amplie seus conhecimentos sobre a transmissão de doenças.
Clique para saber mais sobre a catapora, uma doença que acomete muitas crianças menores de 10 anos de idade.
Conheça mais sobre as formas de transmissão e prevenção da hepatite D.
Quais são as formas de transmissão, sintomas e tratamento da hepatite A.
Um pouco da história das bactérias, um microrganismo essencial.
A hepatopatia crônica de maior incidência no mundo.
Doenças infecciosas causadas por bactérias espiroquetas do gênero Leptospira.
Doença que pode ser transmitida sexualmente, capaz de desenvolver um quadro crônico.