Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Geocentrismo

O geocentrismo propunha um modelo de Universo que colocava o planeta Terra como o centro de tudo, com o Sol, a Lua e os demais corpos celestes o orbitando.

Representação do geocentrismo, modelo de Universo no qual o planeta Terra fica no centro de tudo.
O modelo geocêntrico acreditava que o planeta Terra ficava no centro do Universo.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O geocentrismo é uma teoria que defendia que o planeta Terra está posicionado no centro do Universo. De acordo com esse modelo, a Lua, o Sol e os demais corpos celestes giravam ao redor da Terra em círculos concêntricos. A teoria do geocentrismo foi concebida ainda na Grécia Antiga, mas teve Cláudio Ptolomeu como o seu principal expoente. O geocentrismo foi a teoria mais aceita para explicar o ordenamento do Universo até, pelo menos, o século XVI, quando ganhou força o heliocentrismo.

Leia também: Big Bang — a teoria que descreve a origem do Universo

Tópicos deste artigo

Resumo sobre geocentrismo

  • O geocentrismo foi uma teoria que dizia que a Terra ficava no centro do Universo e que todos os astros e estrelas — inclusive o Sol — a orbitavam.

  • Era debatido por pensadores da Grécia Antiga, como Aristóteles e Eudoxo de Cnido.

  • O astrônomo, matemático e geógrafo Cláudio Ptomoleu aperfeiçoou o modelo geocêntrico, que, por essa razão, é conhecido também como modelo ptolomaico.

  • Foi um modelo amplamente aceito por aproximadamente 1500 anos, tendo sido incorporado, inclusive, pela Igreja Católica.

O que dizia o geocentrismo?

Chamado também de modelo ptolomaico, o modelo teórico do geocentrismo defendia que o planeta Terra estava posicionado no centro do Universo e que todos os astros e estrelas, inclusive o Sol, o orbitavam.

Para além do posicionamento da Terra, o geocentrismo estabelecia que o planeta era estacionário, isto é, que ele não realizava nenhum tipo de movimento: nem em torno de seu próprio eixo, nem em torno do Sol. Outro ponto abordado pelo modelo geocêntrico era o de que os astros se distribuíam sobre nove esferas concêntricas e se moviam em velocidade uniforme.

Da esfera mais próxima da Terra para a mais distante, a posição dos planetas, satélites e estrelas seria a seguinte, de acordo com o geocentrismo:

  1. Lua;

  2. Mercúrio;

  3. Vênus;

  4. Sol;

  5. Marte;

  6. Júpiter;

  7. Saturno.

A esfera externa ao planeta Saturno seria aquela em que as demais estrelas do Universo estavam localizadas, movendo-se a uma velocidade muito menor do que a Terra e os demais planetas e corpos celestes.

Por cerca de 1500 anos, essa foi a principal teoria aceita para explicar o ordenamento do cosmos e a dinâmica entre os corpos celestes. Foi somente no século XVI que a chamada Revolução Copernicana transformou a maneira de se compreender o Universo com o advento do heliocentrismo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Origem do geocentrismo

O comportamento dos corpos celestes sempre foi objeto de estudo dos pensadores antigos, e a sua organização no Universo já era discutida pelos gregos antigos, como Anaximandro, Platão e Aristóteles.

Um dos primeiros astrônomos a sistematizar um modelo cosmológico geocêntrico foi Eudoxo de Cnido (aprox. 395 a.C.-355 a.C.), que acreditava que as estrelas, o Sol e os demais planetas se dispunham em esferas ao redor da Terra.

Foi Cláudio Ptolomeu, astrônomo e geógrafo egípcio, quem aperfeiçoou a teoria do geocentrismo e se tornou a principal referência quando falamos nesse modelo do Universo. Suas ideias a respeito do geocentrismo foram publicadas na obra Almagesto, que data do século II da Era Comum.

O modelo ptolomaico foi amplamente aceito até a Idade Média, conforme veremos, mas foi questionado em meados do século XVI por Nicolau Copérnico, que concebeu o modelo heliocêntrico ou teoria do heliocentrismo.

Diferenças entre geocentrismo e heliocentrismo

Ilustração representando a diferença entre o geocentrismo e o heliocentrismo.
Diferentemente do geocentrismo, o heliocentrismo estabelece que o Sol está no centro do Universo.

O geocentrismo e o heliocentrismo são dois modelos cosmológicos que diferem entre si em vários aspectos. Entenda quais são essas diferenças:

  • Geocentrismo: postula que a Terra fica no centro do Universo. Os demais corpos celestes, o que inclui o Sol, orbitam o planeta e estão dispostos em esferas concêntricas. Trabalha-se com a noção de um Universo finito.

  • Heliocentrismo: postula que o Sol fica no centro do Universo. Mais tarde, convencionou-se que o Sol fica no centro do Sistema Solar. Todos os planetas e astros giram ao seu redor, sendo parte de um Universo infinito.

Veja também: Exoplanetas — os planetas que existem fora do nosso Sistema Solar

Geocentrismo e a Igreja Católica

A teoria geocêntrica foi adotada pela Igreja Católica, tornando-se a única aceita durante a Idade Média e parte da Idade Moderna. O principal motivo para a incorporação das ideias geocentristas pelos religiosos foi a sua semelhança com os ensinamentos divinos e os textos bíblicos: os seres humanos são a principal obra de Deus, que também criou o Universo. Dessa forma, os seres humanos, habitantes do planeta Terra, estariam posicionados no centro do Universo.

A sistematização da teoria do heliocentrismo por Nicolau Copérnico e sua posterior comprovação por Galileu Galilei foram condenadas pela Igreja Católica por meio da Inquisição entre os séculos XVI e XVII. O reconhecimento do ordenamento do Universo como hoje o conhecemos, com o Sol no centro do Sistema Solar, aconteceu somente no século XIX, consolidando-se posteriormente com o perdão do Vaticano a Galileu Galilei, em 1992.

Quem foi Cláudio Ptolomeu?

Ilustração de Cláudio Ptolomeu, quem aperfeiçoou a teoria do geocentrismo.
Cláudio Ptolomeu ampliou a teoria geocêntrica e se tornou seu principal expoente.

Cláudio Ptolomeu (aprox. 90-168) foi um cientista nascido em Ptolemaida Hérmia, no Egito, e que teve um longo período de atuação na cidade de Alexandria. Desenvolveu importantes estudos em diversas áreas do conhecimento, das quais se destacam a astronomia, a matemática e a geografia.

Baseando-se nas obras de seus antecessores, especialmente Aristóteles, Ptolomeu ficou conhecido por aperfeiçoar a teoria do geocentrismo e elaborar, mediante cálculos matemáticos, um modelo do Universo, indicando a posição e distância entre a Lua e o Sol. Essas contribuições estão presentes na obra A grande síntese, conhecida também como Almagesto, concebida no século II da Era Comum. No campo geográfico, sua principal obra foi Geografia, na qual catalogou lugares utilizando latitudes e longitudes.

Exercícios resolvidos sobre geocentrismo

Questão 1

Desde a Antiguidade, os astros e estrelas presentes no céu intrigam os pensadores e cientistas, que foram levados a elaborar inúmeras teorias que explicavam a forma como esses corpos celestes estavam dispostos no Universo. Por milhares de anos, a teoria mais aceita foi aquela que dizia estar a Terra no centro do Universo, e ao redor dela orbitavam a Lua, o Sol e os demais planetas. Essa concepção ficou conhecida como:

A) heliocentrismo

B) antropocentrismo

C) geocentrismo

D) teocentrismo

E) Sistema Solar

Resolução:

Alternativa C

O geocentrismo defendia que o planeta Terra ficava no centro do Universo. Essa teoria foi a mais aceita até aproximadamente o século XVI, tendo contado com o respaldo da Igreja Católica.

Questão 2

A teoria do geocentrismo surgiu ainda na Grécia Antiga e foi trabalhada por inúmeros astrônomos, matemáticos e filósofos com o passar do tempo. Um deles, entretanto, ficou conhecido por sistematizar o modelo geocêntrico e se tornou a principal referência no assunto. Identifique-o abaixo:

A) Galileu Galilei

B) John Kepler

C) Nicolau Copérnico

D) Cláudio Ptolomeu

E) Pitágoras

Resolução:

Alternativa D

Cláudio Ptolomeu foi responsável por aperfeiçoar e sistematizar a teoria do geocentrismo, que, em função de seu trabalho, é chamada também de modelo (ou sistema) ptolomaico.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Geocentrismo"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/geocentrismo.htm. Acesso em 19 de julho de 2024.

De estudante para estudante


Lista de exercícios


Exercício 1

O modelo teórico do geocentrismo prevaleceu por vários séculos. Marque a alternativa que indica corretamente o princípio da teoria geocêntrica:

a) A Terra e os demais planetas do Sistema Solar orbitam em volta do Sol.

b) O Sistema Solar é constituído por corpos formados em outro Universo.

c) O Sol é o centro do Universo, e sua origem está ligada ao criacionismo.

d) A Terra é o centro do Universo, e todos os demais corpos gravitam ao seu redor.

e) Os planetas estão parados, sem movimentação, no Sistema Solar.

Exercício 2

A teoria do geocentrismo, além de afirmar que a Terra era o centro do Universo, também defendia a ideia de que nosso planeta era estacionário.

Marque a alternativa que melhor se associa à teoria do geocentrismo.

a) A Terra seria o centro do Universo e só desenvolvia movimento em torno do Sol.

b) A Terra seria o centro do Universo e desenvolvia movimentos somente alinhada à Lua.

c) A Terra seria o centro do Universo e só desenvolvia movimento de rotação.

d) A Terra seria o centro do Universo e não desenvolvia movimentos.