Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Rio Araguaia

O rio Araguaia nasce na fronteira entre o Mato Grosso e Goiás, a 850 metros de altitude. Durante a estiagem, observa-se a formação de ilhas de areia em alguns de seus trechos.

Vista do rio Araguaia na fronteira entre os estados do Mato Grosso e Goiás.
Vista do rio Araguaia na fronteira entre os estados do Mato Grosso e Goiás.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O Rio Araguaia é um importante rio brasileiro que atravessa estados das regiões Centro-Oeste e Norte do país, desaguando no rio Tocantins. Juntos, ambos formam a Bacia do Tocantins-Araguaia. O Araguaia abriga em seu curso a maior ilha fluvial do mundo, chamada de Ilha do Bananal, além de outras ilhas de areia que se formam durante o período de estiagem. Próximo de seu curso existem inúmeras áreas de proteção ambiental, visto que ele percorre dois grandes biomas: o Cerrado e a Amazônia.

Além da sua importância para o equilíbrio ambiental, esse rio é essencial para o abastecimento das comunidades locais e municípios por ele banhados e para a economia, o que compreende tanto as atividades turísticas quanto a água destinada à produção agrícola e pecuária desenvolvida da região.

Leia também: Rio Nilo — o maior do mundo em termos de extensão territorial

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o rio Araguaia

  • O rio Araguaia percorre 2.115 km e banha municípios em quatro estados brasileiros: Mato Grosso, Goiás, Tocantins e Pará.

  • Ele nasce na Serra dos Caiapós e deságua no Rio Tocantins.

  • Abriga a maior ilha fluvial do mundo, a Ilha do Bananal.

  • É o segundo rio mais importante da Bacia Hidrográfica do Tocantins-Araguaia.

  • Suas águas são essenciais para o abastecimento das populações ribeirinhas e de municípios próximos. Contribui para a economia, com o desenvolvimento do turismo (ilhas de areia) e fornecimento de água para a produção local, e também para a navegação e transporte.

  • Abriga centenas de espécies de peixes e uma grande biodiversidade de flora e fauna, banhando dois grandes biomas brasileiros: o Cerrado e a Amazônia.

Dados gerais do rio Araguaia

  • Comprimento: 2115 km.

  • Nascente: Serra dos Caiapós, a 850 metros de altitude.

  • Principais afluentes: rio das Mortes, rio Javaés, rio Caiapó, rio Crixá-Açú, rio Claro, rio das Garças e rio Vermelho.

  • Foz: rio Tocantins.

  • Caudal médio: 6100 m³/s.

  • Caudal máximo: 7300 m³/s.

  • Área da bacia: 380.000 km².

  • País: Brasil.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características do rio Araguaia

O rio Araguaia é um rio inteiramente brasileiro, isto é, que corre unicamente no território nacional, e de fluxo perene. Isso significa que mesmo durante o período seco ou de estiagem as águas continuam correndo, e o rio não desaparece. Ele possui 2115 km de extensão, desde a sua nascente até a sua desembocadura no rio Tocantins, na fronteira tríplice entre os estados do Tocantins, Pará e Maranhão.

Desde a sua nascente até a sua foz, o rio Araguaia percorre a fronteira entre duas ou mais unidades da federação, desde o sul da divisa do Mato Grosso com Goiás, passando pela divisa entre Mato Grosso e Tocantins e entre esse estado e o Pará, até culminar no encontro com o rio Tocantins, na região do Bico do Papagaio. O Araguaia percorre, portanto, três regiões brasileiras, que são o Centro-Oeste, o Norte e uma pequena parte do Nordeste, considerando a fronteira maranhense, e compreende ainda dois biomas, o Cerrado e a Amazônia.

O regime pluviométrico é um dos principais responsáveis pelo abastecimento do Rio Araguaia. Com a sua cabeceira e leito inseridos em regiões de clima predominantemente tropical, as chuvas são abundantes entre os meses de outubro a abril, que é quando se registra as cheias do rio. Já de junho a setembro, há o período de estiagem, que é quando o volume de água no leito do rio Araguaia está mais baixo, e surgem, por conseguinte, as ilhas ou praias fluviais, que acabam sendo muito visadas como atrações turísticas.

A bacia do rio Araguaia, que é a área drenada pelo rio principal e por seus tributários, é de 380 mil km². O curso do Rio Araguaia propriamente dito se divide em três segmentos, sendo eles:

  • Alto Araguaia: é o segundo trecho mais curto e está localizado entre a nascente e a cidade goiana de Registro do Araguaia, totalizando 450 km de comprimento. O desnível nesse trecho é de 570 metros.

  • Médio Araguaia: trata-se do trecho mais longo do rio Araguaia, com 1.600 km de extensão de Registro do Araguaia até a cidade paraense de Conceição do Araguaia. É nesse trecho, formado sobre uma extensa região de planície, que a aproximadamente 700 km da nascente o rio se bifurca e há a formação da Ilha do Bananal, considerada a maior ilha fluvial do mundo. O desnível nesse segmento é de 185 metros.

  • Baixo Araguaia: trata-se do trecho mais curto, que termina na foz do rio. O desnível é também o mais curto, com 11 metros.

Leia também: Partes de um rio — os elementos que configuram a dinâmica desses cursos d’água

Nascente do rio Araguaia

A nascente do rio Araguaia está localizada na Serra dos Caiapós, a uma altitude de 850 metros acima do nível do mar. Essa formação fica na divisa entre os estados brasileiros do Mato Grosso e Goiás, ambos pertencentes à região Centro-Oeste do país.

Afluentes do rio Araguaia

Os principais afluentes do rio Araguaia são:

  • Margem direita: rio Javaés, rio Caiapó, rio Crixás-Açu, rio Vermelho e rio Claro.

  • Margem esquerda: rio das Mortes, rio Tapirapé e rio das Garças.

Foz do rio Araguaia

O rio Araguaia deságua no rio Tocantins, na altura da região tocantinense conhecida como Bico do Papagaio, no extremo norte do estado. Ela fica na fronteira entre o Tocantins, o Pará e o Maranhão. Em função dessa confluência, o rio Tocantins passa a ser chamado, a partir desse ponto, de rio Tocantins-Araguaia e segue rumo à sua desembocadura no litoral paraense.

Qual a importância do rio Araguaia?

Ilha arenosa em curso do rio Araguaia.
É comum avistar ilhas arenosas ao longo do Araguaia durante o período de estiagem, quando o volume de água no leito diminui.

O rio Araguaia abriga em suas águas uma enorme biodiversidade, que é composta em sua maioria por peixes de água doce e pela flora fluvial. Além dos seres vivos aquáticos, dependem desse sistema hidrográfico os animais e plantas que compõem os biomas atravessados pelo rio. Uma parte dessa diversidade se encontra conservada em áreas de proteção e parques naturais, como o Parque Nacional das Emas e o Parque Nacional do Araguaia, administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

As águas do Araguaia banham diretamente 55 municípios de quatro estados diferentes, abastecendo portanto milhões de habitantes diariamente. Nota-se, ainda, que entre essa população estão inclusas comunidades indígenas que vivem em áreas próximas ao Araguaia, inclusive na Ilha do Bananal, onde se encontram os povos Javaé e Karajá. Além da água, as centenas de espécies de peixes proporcionam aos moradores das margens e região do rio uma fonte de renda e de alimentos.

Levando em consideração a importância econômica do rio Araguaia, o turismo consiste em uma importante fonte de receitas para os municípios da região, com destaque para as ilhas fluviais e para a prática da pesca esportiva. Dentro do mesmo contexto, cabe lembrar que o rio Araguaia, assim como o rio Tocantins, está inserido em uma importante região agrícola do país, favorecendo tanto os produtores agropecuários do Nordeste quanto os do chamado Centro-Norte, que abrange estados da região Norte e Centro-Oeste. Dessa forma, as águas do Araguaia são utilizadas na irrigação e na produção agropecuária, tendo grande potencial para o transporte de cargas.

A importância desse rio reside, ainda, na sua navegabilidade. O rio possui aproximadamente 1.800 km de trechos onde é possível realizar navegação, os quais se concentram no médio e baixo Araguaia.

Bacia Tocantins-Araguaia

Mapa mostra localização da Bacia do Tocantins-Araguaia.
A Bacia do Tocantins-Araguaia é a maior bacia inteiramente brasileira e uma das mais importantes do país.

O rio Araguaia é o segundo maior rio que compõe a Bacia Hidrográfica do Tocantins-Araguaia. Essa é a maior bacia hidrográfica localizada inteiramente no território brasileiro e uma das mais importantes da América do Sul. Ela recobre uma área de mais de 86 mil km² e compreende 470 municípios nos estados do Tocantins, Pará, Maranhão, Mato Grosso, Goiás e também o Distrito Federal.

Essa região hidrográfica incorpora uma grande diversidade socioeconômica e ecológica, além de reunir uma das maiores capacidades de geração de energia do país. Nela, estão instaladas importantes usinas hidrelétricas, como a usina de Tucuruí. Soma-se a isso o seu grande potencial para os transportes, principalmente para o escoamento de mercadorias derivadas do setor primário, uma vez que se encontra em uma região mineradora e de fronteira agropecuária.

Confira o nosso podcast: Sustentabilidade, degradação ambiental e a responsabilidade humana

Preservação do rio Araguaia

O rio Araguaia vem, há muitas décadas, enfrentando uma série de problemas ambientais associados à pesca intensiva, ao manejo inadequado dos insumos e dejetos da agropecuária que tem o rio como destino final, ao lixo descartado de forma inapropriada, notadamente aquele gerado pela atividade turística, além do assoreamento decorrente da remoção da mata ciliar e questões atreladas a outras atividades econômicas de extração natural e à construção de hidrelétricas.

Diante desse quadro, é fundamental a preservação do rio Araguaia e de seus rios tributários para a manutenção do equilíbrio sistêmico e garantia da continuidade das espécies animais e vegetais que vivem em suas águas ou dependem dela diretamente. A preocupação com o rio e os cuidados a serem tomados para a sua manutenção levam em conta, ainda, a sua importância para as populações locais e o estabelecimento de uma relação mais sustentável entre esse recurso e as atividades econômicas desenvolvidas na região.

Ações de retirada do lixo das margens e águas do Araguaia são realizadas periodicamente pela população local, que se voluntaria a realizar essa tarefa. Em alguns municípios, iniciativas como essa contam com o apoio de entidades da sociedade civil e do poder público. Projetos conjuntos entre governos estaduais, como o projeto Juntos Pelo Araguaia, que reúne Mato Grosso e Goiás, foram também elaborados tendo como objetivo a proteção ambiental e a prevenção do agravamento de problemas como o assoreamento do leito do rio.

Há ainda projetos que visam a promoção do desenvolvimento sustentável junto da preservação ambiental com escala de toda a Bacia do Tocantins-Araguaia, bem como iniciativas focadas no maior acesso à educação ambiental e ao incentivo na adoção de novos hábitos que sejam benéficos ao ecossistema do rio Araguaia.

Curiosidades sobre o rio Araguaia

  • O nome Araguaia deriva do idioma tupi. Significa “rio das araras” ou ainda “rio das araras vermelhas”.

  • O rio Araguaia é considerado um dos melhores rios para a pesca no Brasil.

  • Os peixes encontrados no Araguaia podem chegar a pesar 200 kg, como é o caso do piraíba.

  • A Ilha do Bananal, formada a partir de uma bifurcação do Rio Araguaia, é a maior ilha fluvial do mundo.

  • Em decorrência da poluição extrema, o rio Araguaia recebeu o apelido de “lixão” na década de 1970.

Notas

Dados de desnível do Rio Araguaia: MATTA, M. A. da S. Águas superficiais e subterrâneas da Bacia Tocantins-Araguaia como subsídio para um estudo de impacto ambiental. In: Águas Subterrâneas, 2009. Disponível aqui. Acesso em 02 jan. 2022.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Rio Araguaia"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/rio-araguaia.htm. Acesso em 18 de maio de 2024.

De estudante para estudante