Topo
pesquisar

Vitamina D

Biologia

PUBLICIDADE

A vitamina D, também denominada de calciferol, é uma vitamina lipossolúvel sintetizada a partir do colesterol e derivados de esteroides, que além de promover a absorção de íons no intestino, facilita o depósito e metabolismo de sais de cálcio e fósforo nos ossos e dentes.

Sua carência pode provocar alterações ou deformidades esqueléticas durante o desenvolvimento de uma criança (raquitismo) e fraqueza óssea no organismo adulto, contribuindo para os sintomas de osteomalácias (amolecimento dos ossos), bem como artrite reumatoide e osteoporose com frequência em pessoas idosas.

É um tipo de vitamina encontrada em alimentos gordurosos: óleo de fígado de bacalhau, peixes como atum e sardinha, fígado, gema de ovo, vegetais ricos em óleo e leite, mediante duas formas nesses alimentos: ergocalciferol e colecalciferol.


Na velhice, a sustentação do corpo perde a força.

Também pode ser produzida na pele humana sob a ação dos raios solares (radiação ultravioleta), sendo de extrema importância durante a infância, visto o período de crescimento e a estruturação óssea, devendo expor crianças e idosos a “banho de sol” regularmente. Porém sem exagero, sendo recomendado os horários do período matutino (até as 10:00 horas) e vespertino (após as 16:00 horas).

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

RIBEIRO, Krukemberghe Divino Kirk Da Fonseca. "Vitamina D"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/biologia/vitamina-d.htm>. Acesso em 24 de maio de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA