Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Quiabo

Saúde e Bem-estar

PUBLICIDADE

O quiabo é a fruta do quiabeiro (Abelmoschus esculentus). Mesmo que muitas pessoas o considerem como um legume, o quiabo é um fruto. A classificação desse alimento como fruto se dá simplesmente pelo fato de ele possuir sementes em sua parte interior, assim como é o caso do tomate.

Muito tradicional na culinária brasileira, o quiabo é comprido, entre 10 cm e 15 cm, com formato semelhante a um cone e cor verde. Sua textura externa é aveludada, e, por dentro, possui uma famosa baba e pequenas sementes.

Há milênios, o quiabo era cultivado no território africano. Com a vinda dos escravizados para as Américas, no século XVI, por meio das navegações europeias, o alimento chegou ao Brasil. O clima quente de boa parte do país, semelhante ao encontrado na África, contribuiu para o cultivo do vegetal, que se incorporou à culinária local.

Leia também: Mandioca – planta caracterizada por ser uma importante fonte de amido

Quiabo chegou ao país com as navegações europeias, no século XVI.
Quiabo chegou ao país com as navegações europeias, no século XVI.

Cultivo do quiabo

O quiabeiro, ou pé de quiabo, é uma planta que varia de tamanho, mas pode chegar até três metros de altura. As folhas da planta são divididas em grandes partes e têm entre 20 cm e 30 cm de comprimento.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A plantação do quiabo pode ser feita por mudas ou sementes, sendo por sementes a mais tradicional. Após o plantio, no período de 60 a 75 dias, o fruto já está pronto para ser colhido. O desenvolvimento do fruto não é bom em locais com temperaturas mais baixas e solo muito úmido, por isso, o prazo para colheita pode demorar mais em locais frios.

Durante o processo de germinação, o quiabeiro abre flores. É na parte interna dessas flores que os quiabos crescem, ao longo de todo o pé.

Colheita do quiabo pode ser feita após cerca de dois meses do plantio.
Colheita do quiabo pode ser feita após cerca de dois meses do plantio.

Benefícios e nutrientes do quiabo

Muito presente no prato dos brasileiros, o quiabo é um alimento considerado saudável e que pode trazer muitos benefícios para quem o consome.

Entre as propriedades nutricionais do quiabo, está uma boa quantidade de fibras, vitamina C, ácido fólico e antioxidantes, que ajudam a combater os radicais livres e melhoram o sistema imunológico.

Já as sementes são ricas em proteínas, e, por isso, o quiabo também ajuda na melhora do trato intestinal. Seu consumo contribui para o combate de verminoses, diarreia e problemas no estômago.

Veja também: Mito ou verdade: o quiabo ajuda no tratamento da diabetes?

Culinária

Quiabo é um fruto muito consumido nas principais refeições brasileiras.
Quiabo é um fruto muito consumido nas principais refeições brasileiras.

Geralmente, o quiabo é servido no almoço ou jantar, acompanhando os alimentos básicos da alimentação brasileira, como arroz, feijão e carnes.

Apesar de ele ser muito famoso pela sua baba, algumas pessoas costumam tirá-la na hora do preparo. Para extrair a baba do quiabo, existem algumas opções. Uma delas é cortar as pontas do alimento e deixá-lo de molho em água com limão por cerca de 30 minutos, e depois lavá-lo e secá-lo para o preparo. Uma outra dica é colocá-lo em uma panela com óleo em fogo médio e mexer até que a baba se separe dele.

Cultura afro

O quiabo também tem uma importância, além da culinária, na cultura afro-brasileira. No candomblé, existem rituais em que o alimento é utilizado como oferenda aos orixás Ibeji, protetor das crianças, e Xangô, que representa a justiça.

Créditos de imagens:

[1] Shutterstock

[2] Shutterstock

[3] Shutterstock

 

Por Giullya Franco
Jornalista

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FRANCO, Giullya. "Quiabo"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/saude/quiabo.htm. Acesso em 02 de dezembro de 2021.

Artigos Relacionados
Você sabia que a abóbora é um fruto? Conheça os tipos de abóbora, seus benefícios e nutrientes, além de formas de cultivo e preparo.
Saiba como a escarola começou a ser consumida e veja todos os seus nutrientes e benefícios. Entenda também a diferença entre a escarola e a chicória.
Aprenda mais sobre a mandioca clicando aqui! Neste texto exploraremos mais sobre as características dessa planta, seus nutrientes e sua importância.
Compreenda por que o paciente com diabetes não deve utilizar terapias alternativas, como o uso do quiabo, para o tratamento da doença.
Veja mais informações sobre o pepino, fruto presente em diversas partes do mundo. Saiba quais são os benefícios dele, assim como as melhores formas de consumi-lo.
Você sabe quais são as propriedades nutricionais da rúcula? Clique aqui e conheça mais sobre essa hortaliça bastante consumida no país.