Topo
pesquisar

Gráficos das curvas de solubilidade

Química

Os gráficos das curvas de solubilidade relacionam a variação do coeficiente de solubilidade do soluto em dada quantidade de solvente com a variação da temperatura.
Cada soluto possui uma curva de solubilidade específica
Cada soluto possui uma curva de solubilidade específica
PUBLICIDADE

Conforme a explicação do texto Saturação das Soluções, as soluções químicas são formadas pela dissolução de um soluto em um solvente. Cada soluto possui um coeficiente de solubilidade específico, que é a quantidade máxima de soluto dissolvível em determinada quantidade de solvente a uma dada temperatura.

Construção de um gráfico com curva de solubilidade

Por exemplo, o coeficiente de solubilidade do KNO3 é 31,2 g em 100 g de água a 20 ºC. Se dissolvermos exatamente essa quantidade de nitrato de potássio em 100 g de água a 20 ºC, uma solução saturada. Qualquer quantidade adicional desse sal vai precipitar-se (forma um corpo de fundo no recipiente).

Ilustração de solução saturada e solução saturada com corpo de fundo
Ilustração de solução saturada e solução saturada com corpo de fundo

No entanto, o coeficiente de solubilidade varia com a temperatura. Assim, se aquecermos essa solução saturada com corpo de fundo de KNO3, o precipitado gradualmente se dissolverá na água. Observe a seguir os valores dos coeficientes de solubilidade do KNO3 em 100 g de água em diferentes temperaturas:

Coeficientes de solubilidade do KNO3 em 100 g de água

Observe que a solubilidade desse sal em água aumenta com o aumento da temperatura. Na maioria das substâncias, isso também acontece. Se colocarmos esses valores em um gráfico, teremos o seguinte:

Gráfico de curva de solubilidade do KNO3 em 100 g água

Essa é a chamada curva de solubilidade do KNO3. Dizemos que ela é ascendente porque cresce com o aumento da temperatura.

Características das curvas de solubilidade dos solutos em um gráfico

Cada substância possui a sua curva de solubilidade para determinado solvente. Algumas dessas substâncias têm a solubilidade diminuída com o aumento da temperatura, como é o caso do CaCrO4, que possui curva de solubilidade descendente. Isso significa que, se aquecermos uma solução saturada desse sal, parte do sal dissolvido precipitar-se-á.

Já para outras substâncias, o aumento da temperatura não interfere tanto na solubilidade, como ocorre com uma solução de sal de cozinha (NaCl). Em 20 ºC, o coeficiente de solubilidade do NaCl é de 36 g em 100 g de água, mas, se aumentarmos a temperatura para 100ºC, essa solubilidade aumentará somente para 39,8 g, um aumento muito pequeno.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Existem também substâncias em que a solubilidade aumenta somente até certo ponto do aumento de temperatura, pois, depois dele, a solubilidade diminui. Isso acontece, por exemplo, com substâncias hidratadas, que, ao ser aquecidas, chegam a um momento em que desidratam. Por isso, como a sua composição muda, a sua variação de solubilidade com a temperatura também muda. Essa ocorrência pode ser observada no gráfico por meio de inflexões na curva de solubilidade.

A seguir, apresentamos um gráfico com as curvas de solubilidade de várias substâncias:

Curvas de solubilidade de diversos sais
Curvas de solubilidade de diversos sais

Por meio desse tipo de gráfico, podemos comparar as solubilidades de diversos sais em um mesmo solvente e nas mesmas temperaturas.

Classificação de uma solução por meio de um gráfico com curva de solubilidade

As curvas de solubilidade também ajudam a determinar a saturação das soluções, ou seja, se elas são insaturadas, saturadas, saturadas com corpo de fundo ou supersaturadas. Veja um exemplo:

Gráfico de curva de solubilidade e indicação de saturação de soluções

Veja quais são os tipos de solução indicados pelos pontos A, B e C:

  • A: Saturada com corpo de fundo. No ponto A, 30 g de soluto são dissolvidos em 100 g de água a 20ºC. A curva mostra que nesse ponto o coeficiente de solubilidade é cerca de 15 g/100 g de água. Assim, como a quantidade de soluto presente é maior, obtém-se uma solução saturada com corpo de fundo.

  • B: Saturada. O ponto B está localizado exatamente na curva de solubilidade, o que indica que a solução é saturada, pois há 30 g de soluto dissolvidos em 100 g de água a 40ºC. Esse é, então, exatamente o coeficiente de solubilidade desse soluto nessa temperatura.

  • C: Insaturada. Há 30 g de soluto dissolvidos em 100 g de água a 60ºC. A curva mostra que nesse ponto o coeficiente de solubilidade é maior que 50 g/100 g de água. Assim, como a quantidade de soluto dissolvida é menor que o coeficiente de solubilidade, há uma solução insaturada.

Assim, podemos concluir que:

  • Pontos acima da curva: soluções saturadas com corpo de fundo;

  • Pontos na curva: soluções saturadas;

  • Pontos abaixo da curva: soluções insaturadas.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FOGAçA, Jennifer Rocha Vargas. "Gráficos das curvas de solubilidade"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/graficos-das-curvas-solubilidade.htm. Acesso em 18 de agosto de 2019.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

O gráfico abaixo indica as curvas de solubilidade de quatro diferentes sais:

Qual destes sais apresenta maior solubilidade a 40oC?

a) NaClO3

b) KNO3

c) NH4Cl

d) NaCl

Questão 2

A curva de solubilidade da substância KNO3 dissolvida em 100 g de água em função da temperatura é mostrada abaixo.

Se tivermos 40g de água a 50o C, qual será a massa de KNO3 dissolvida?

a) 28 g

b) 56 g

c) 33,6 g

d) 45 g

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola