Whatsapp

O que é um íon-fórmula?

O que é?

Íon-fórmula é a fórmula resultante da união de um metal e um ametal ou de um metal e um hidrogênio por intermédio de uma ligação iônica.
PUBLICIDADE

Íon-fórmula é o nome dado à fórmula de qualquer substância química formada a partir de uma ligação iônica entre os átomos. Como envolve uma ligação iônica, o íon-fórmula possui a presença do átomo de um metal e do átomo de um ametal ou a presença de um átomo de metal e um átomo de hidrogênio.

A escrita geral de um íon-fórmula é:

XY

X representa o átomo do elemento metálico e Y representa o átomo de um ametal qualquer ou o hidrogênio. A indicação do metal sempre aparece primeiro em um íon-fórmula, como podemos observar nos exemplos abaixo:

  • NaCl (Cloreto de sódio)

  • KI (Iodeto de potássio)

  • CaO (Óxido de cálcio)

  • Al2O3 (Óxido de crômio III)

  • MgO (Óxido de magnésio)

  • MgCl2 (Cloreto de magnésio)

Para realizar a montagem de um íon-fórmula, devemos levar em consideração primeiramente a necessidade de perder ou ganhar elétrons para atingir a regra do octeto de cada um dos átomos envolvidos na ligação iônica. A necessidade de cada átomo varia de acordo com a sua natureza (metal ou ametal) e sua família periódica, isto é:

  • Família IA: Todos os elementos são metais e apresentam um elétron na camada de valência, logo, eles precisam perder um elétron, tornando-se um cátion 1+.

  • Família IIA: Todos os elementos são metais e apresentam dois elétrons na camada de valência, logo, eles precisam perder dois elétrons, tornando-se um cátion 2+.

  • Família IIIA: Os elementos apresentam três elétrons na camada de valência. Se for metal, precisa perder três elétrons, tornando-se um cátion 3+. No caso do boro, que é ametal, deve ganhar três elétrons, tornando-se um ânion 3-.

  • Família IVA: Os elementos apresentam quatro elétrons na camada de valência. Se for metal, precisa perder quatro elétrons, tornando-se um cátion 4+. No caso do carbono e silício, que são ametais, precisam ganhar quatro elétrons, tornando-se um ânion 4-.

  • Família VA: Os elementos apresentam cinco elétrons na camada de valência. Se for metal, precisa perder cinco elétrons, tornando-se um cátion 5+. No caso do nitrogênio, fósforo e arsênio, que são ametais, devem ganhar três elétrons, tornando-se um ânion 3-.

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Família VIA: Os elementos apresentam seis elétrons na camada de valência. Se for ametal, precisa ganhar dois elétrons, tornando-se um ânion 2-.

  • Família VIIA: Os elementos apresentam sete elétrons na camada de valência. Se for ametal, precisam ganhar um elétron, tornando-se um ânion 1-.

Assim, se conhecermos a família dos átomos envolvidos e a natureza de cada um deles, basta encontrarmos as cargas (a+ e b-) e multiplicar cruzado para que a carga de cada um vire a quantidade (b e a) do outro no íon-fórmula resultante.

Xa+ com Yb- → XbYa

Veja alguns exemplos:

Exemplo 1: íon-fórmula originado entre o elemento Bário (Ba) e o elemento enxofre (S):

  • Bário: família IIA, metal, carga 2+.

  • Enxofre: família VIA, ametal, carga 2-.

Assim, temos os seguinte íons:

Ba2+ com S2- → Ba2S2

Como as quantidades são iguais, podemos desconsiderar os números e escrever o íon-fórmula apenas como BaS.

Exemplo 2: íon-fórmula originado entre o elemento Potássio (K) e o elemento Bromo (Br):

  • Potássio: família IA, metal, carga 1+

  • Bromo: família VIIA, ametal, carga 1-

Assim, temos os seguinte íons:

K1+ com Br1- → K1Br1

Como as quantidades são iguais, podemos desconsiderar os números e escrever o íon-fórmula apenas como KBr.

Exemplo 3: íon-fórmula originado entre o elemento Índio (In) e o elemento Oxigênio (O):

  • Índio: família IIIA, metal, carga 3+

  • Oxigênio: família VIA, ametal, carga 2-

Assim, temos os seguinte íons:

In3+ com O2- → In2O3

Exemplo 4: íon-fórmula originado entre o elemento Chumbo (Pb) e o elemento Nitrogênio (N):

  • Chumbo: família IVA, metal, carga 4+

  • Nitrogênio: família VA, ametal, carga 3-

Assim, temos os seguinte íons:

Pb4+ com N3- → Pb3N4


Por Me. Diogo Lopes Dias

A fórmula do cloreto de sódio é um conhecido íon fórmula
A fórmula do cloreto de sódio é um conhecido íon fórmula

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "O que é um íon-fórmula?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/quimica/o-que-e-um-ion-formula.htm. Acesso em 19 de abril de 2021.

Artigos Relacionados
Clique e descubra o que é dissociação das bases, entenda como esse fenômeno pode acontecer e conheça as equações desse processo físico.
Saiba o que é a distribuição eletrônica dos elétrons em um átomo e veja o diagrama de Linus Pauling criado para ajudar nessa distribuição.
Entenda o que é uma ligação química, de onde surgiu esse conceito e quais são os seus tipos.
Aprenda como devemos proceder na construção de um íon-fórmula ou fórmula mínima de um composto iônico.
Saiba mais sobre a estrutura do átomo e suas principais partículas constituintes: prótons, nêutrons e elétrons.
Aprenda a representar as fórmulas das ligações iônicas, que incluem a fórmula unitária e a fórmula de Lewis ou fórmula eletrônica.
Quais elementos fogem da estabilidade proposta pelos Gases Nobres.
Saiba o que é a regra do octeto e por que os átomos estabelecem ligações químicas. Confira exemplos e exercícios resolvidos!
Confira o que ocorre com átomos que perdem ou ganham elétrons.
Fórmulas químicas, fórmula estrutural plana, fórmula estrutural de Couper, ligação tripla, gás nitrogênio, fórmula eletrônica, fórmula de Lewis, fórmula molecular, ligação simples, ligação dupla, gás carbônico.
Ligação Iônica, arranjos entre compostos iônicos, aglomerados iônicos, cloreto de sódio, sal de cozinha, substância iônica, forças de atração eletrostática, ânions cloreto, cátions sódio, solventes polares, íons positivos, cátions, íons negativos, ânions.