Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Rio Jordão

O rio Jordão é um curso d’água de grande importância socioeconômica e religiosa que banha países do Oriente Médio e percorre algumas das áreas de menor altitude do planeta.

Rio Jordão cercado por vegetação.
O rio Jordão banha Israel, Cisjordânia (Palestina) e Jordânia.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O rio Jordão é um curso d’água localizado no Oriente Médio e que banha Israel, Cisjordânia e Jordânia. Esse rio tem origem no Monte Hérmon, entre a Síria e o Líbano, e percorre um caminho meandrante e com terrenos de altitudes muito baixas até desaguar no Mar Morto, a 200 km da sua nascente.

O Jordão carrega um enorme simbolismo religioso para os cristãos quanto para os judeus e muçulmanos. Apesar da sua importância religiosa e econômica, as águas do rio Jordão têm perdido volume e qualidade por conta da poluição e do seu uso intensivo.

Leia também: Rio Nilo — outro rio de grande importância histórica, econômica e cultural

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o rio Jordão

  • O Rio Jordão é um curso d’água localizado no continente asiático, na região do Oriente Médio, e que banha os territórios de Israel, Síria, Cisjordânia e Jordânia.

  • Percorre aproximadamente 200 km desde a sua nascente, no Monte Hérmon, até a sua foz, no Mar Morto. Desloca-se, portanto, no sentido norte-sul.

  • O curso do rio Jordão banha as menores altitudes do planeta Terra.

  • A maior largura do rio Jordão é de 24 km, enquanto a sua profundidade varia de 15 a 60 metros.

  • Trata-se de um rio perene, embora atravesse áreas de clima quente e seco.

  • O rio Jordão apresenta grande significado religioso para cristãos, muçulmanos e judeus.

  • Segundo a Bíblia Sagrada, que é o livro sagrado dos cristãos, Jesus Cristo foi batizado nas águas do rio Jordão.

  • O rio Jordão é importante para a economia dos países que banha, especialmente por conta do turismo religioso e de lazer. Proporciona, ainda, o desenvolvimento da agricultura irrigada.

  • As águas do Jordão são usadas para o abastecimento de cidades e vilas.

  • O uso intensivo de suas águas, entretanto, somado à poluição hídrica, é a causa da degradação do rio Jordão, bem como da diminuição de seu fluxo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais do rio Jordão

  • Comprimento: 200 km.

  • Nascente: Monte Hérmon.

  • Altitude da nascente: 2.814 metros.

  • Principais afluentes do rio Jordão:

    • Margem direita: rio Hasbani (ou Snir), rio Yabis, rio Harod e riacho Nahal Ayun.

    • Margem esquerda: rio Banias, rio Yarmouq, rio Zarqa e rio Dan.

  • Foz do rio Jordão: Mar Morto.

  • Onde o rio Jordão deságua: Mar Morto, no Vale do Rift do Jordão.

  • Caudal médio: 16 m³/s.

  • Área da bacia: 18.000 km².

Onde fica localizado o rio Jordão?

O rio Jordão é um curso d’água localizado no continente asiático, mais precisamente no Oriente Médio. Esse rio desempenha a função de fronteira natural entre os territórios de Israel e da Síria, separando também Israel e a Cisjordânia (parte da Palestina) da Jordânia. Além disso, sua nascente está situada na divisa entre o Líbano e a Síria.

Veja no mapa a seguir a localização do rio Jordão:

Mapa da localização do rio Jordão.
Curso do rio Jordão no Oriente Médio.

Características do rio Jordão

O rio Jordão é um curso d’água que nasce a aproximadamente 2.800 metros de altitude no Monte Hérmon, montanha pertencente à Cordilheira Antilíbano, que fica na fronteira entre o Líbano e a Síria. As águas do Jordão são acrescidas das águas dos seus principais tributários, como os rios Hasbani, Banias e Dan, logo no início do seu percurso.

No seu trecho inicial, o rio Jordão flui rapidamente até chegar ao Vale de Hula, em Israel, que termina no Mar da Galileia, chamado também de Lago Tiberíades. Esse trecho tem 100 quilômetros, desconsiderando os meandros (curvas). Esse primeiro trecho do rio Jordão, que vai da sua nascente até pouco antes de sua chegada no Mar da Galileia, é conhecido como Alto Curso do Rio Jordão.

Vista do Monte Hérmon, nascente do rio Jordão, a partir de Israel.
Vista do Monte Hérmon, nascente do rio Jordão, a partir de Israel.

Até então, o rio Jordão banha áreas que estão situadas em altitudes positivas, isto é, acima do nível do mar. Desde sua entrada no Mar da Galileia até sua saída, na área onde foi construída a barragem de Degania, o rio Jordão percorre uma área de depressão geográfica em que as altitudes ficam em torno de -210 metros, o que significa que se encontram abaixo do nível do mar. A partir de então, o rio Jordão recebe novo influxo de água de seus afluentes e segue até o Mar Morto, onde deságua através de uma foz em delta.

Todo esse trecho, que vai do Mar da Galileia ao Mar Morto, é denominado Baixo Curso do Rio Jordão, e percorre uma região chamada de Vale do Jordão, que é parte de uma unidade geomorfológica conhecida como Rift do Jordão. Antes do curso meandrante, o rio Jordão adquire, a partir de então, um trajeto menos irregular na segunda parte de seu trajeto.

É em seu baixo curso que o rio adquire sua maior extensão entre uma margem e outra, chegando a 24 quilômetros. A região onde o rio Jordão atinge sua maior largura é conhecida como Planície de Ghor (ou Ghawr), sendo formada por terrenos planos e suavemente ondulados desprovidos de vegetação em decorrência do clima árido. As chuvas anuais nessa área somam apenas 75 mm, enquanto o Vale de Hula, ao norte, registra 500 mm de precipitação ao ano, ajudando a garantir a perenidade do rio Jordão.

Vista aérea de trecho do rio Jordão sem vegetação.
Em alguns trechos, o rio Jordão atravessa terrenos desprovidos de vegetação.

As profundidades desse curso d’água variam entre 15 metros em seu ponto mais raso até 60 metros em seu ponto mais profundo. Ademais, e como adiantamos, o rio Jordão atravessa algumas das áreas com menor altitude do planeta Terra. No Vale do Jordão, o ponto de descarga do rio é o Mar Morto, onde está o seu ponto mais baixo, a -400 metros abaixo do nível do mar.

Veja também: Quais são as partes de um rio?

Significado do rio Jordão na Bíblia

O rio Jordão é carregado de significado para os cristãos de todas as vertentes, sendo citado em inúmeras passagens da Bíblia. De acordo com esse livro sagrado, foi nas águas do rio Jordão que Jesus Cristo foi batizado por João Batista e logo depois teve o seu encontro com o Espírito Santo. Também ao longo do curso do rio Jordão foi onde Cristo realizou muitas de suas pregações.

Batismo no rio Jordão.
Conforme a tradição cristã, Jesus foi batizado no rio Jordão; cristãos peregrinam até o rio para serem batizados.[1]

A travessia do rio Jordão realizada pelos hebreus e conduzida por Josué, assim como citado na Bíblia, marca a chegada daquele povo na Terra Prometida depois de quarenta anos de caminhada. Nota-se que esse caminho pelo leito do Jordão foi feito no sentido leste-oeste e, durante a travessia, o rio que fluía normalmente pelo local se abriu, permitindo, assim, a passagem de todo o povo hebreu.

Para além desses episódios, a Bíblia narra, ainda, a subida do profeta Elias aos céus quando estava na margem do rio Jordão, assim como o poder de cura de suas águas, que agiu de modo a curar Naamã da lepra.

Qual é a importância do rio Jordão?

O simbolismo religioso do rio Jordão, não somente para os cristãos, mas também para os judeus e para os muçulmanos, confere a esse rio grande importância. Por conta disso, o turismo religioso que é realizado para lá se tornou uma atividade econômica relevante para países como Israel e Jordânia. Em muitos casos, é comum que grupos religiosos peregrinem até o rio Jordão para serem batizados em suas águas, assim como aconteceu com Jesus Cristo, e para realizarem outros rituais religiosos.

Para além do aspecto religioso, existem outros fatores que tornam o rio Jordão fundamental para a região e para os países por ele banhados. Síria, Líbano e Israel realizam boa parte do seu abastecimento hídrico a partir das águas do rio Jordão.

Áreas agrícolas ao longo do curso do rio Jordão.
Áreas agrícolas ao longo do curso do rio Jordão.

Esse curso d’água é o responsável, também, pela irrigação, o que permitiu o desenvolvimento de cultivos agrícolas em uma área de clima muito quente e seco. Entre os produtos que são cultivados com o auxílio das águas do rio Jordão estão vegetais, laranjas, bananas e beterrabas. O turismo de lazer e a prática de esportes também são realizados no rio Jordão.

Saiba mais: Jerusalém — outro local considerado sagrado para cristãos, muçulmanos e judeus

Degradação do rio Jordão

A degradação do rio Jordão é um problema ambiental que preocupa autoridades e indivíduos que dependem das suas águas para a subsistência, seja para o desenvolvimento da agricultura, seja para o consumo direto ou indireto. As principais ameaças à qualidade das águas do rio Jordão são:

  • uso intensivo decorrente da necessidade de obtenção de recursos hídricos em diversas localidades, o que compreende quase todos os países por onde esse rio passa, e da atividade turística tanto para o lazer quanto para fins religiosos;

  • poluição das águas resultante tanto do turismo quanto do descarte irregular de dejetos ou do manejo inadequado das áreas agrícolas, que acabam destinando substâncias para os mananciais próximos.

Estima-se que ambos os fatores acima citados são os responsáveis pelo desvio de 95% do curso do rio Jordão, motivo pelo qual a sua descarga anual no Mar Morto diminuiu consideravelmente desde a década de 1960 até o presente.

Curiosidades sobre o rio Jordão

  • A extensão do rio Jordão é, na realidade, de 360 km. No entanto, por conta de seus meandros, seu comprimento norte-sul, da nascente à foz, é de 200 km.

  • Por conta da altitude das áreas que atravessa, o rio Jordão é classificado como o rio mais baixo do mundo.

  • O rio Jordão destina entre 20 e 30 milhões de metros cúbicos de água para o Mar Morto todos os anos.

  • A área onde o rio Jordão deságua, no Mar Morto, encontra-se a aproximadamente 400 metros abaixo do nível do mar.

  • Canais construídos e alimentados com as águas do rio Jordão permitiram o povoamento de muitas áreas que eram inabitadas por conta das condições climáticas e de solo, como a região de Al-Grawr entre os anos 1960 e 1970.

Créditos das imagens

[1] kavram/ Shutterstock

Fontes

GHOSH, DIPTARKA. Jordan River. World Atlas, 07 out. 2021. Disponível em: https://www.worldatlas.com/contributor/diptarka-ghosh.

ROBBIN, Zoe; PEARSON, Jack; PURVIS, Tiomothy. A Holy River at Risk. Think Global Health, 19 dez. 2022. Disponível em: https://www.thinkglobalhealth.org/article/holy-river-risk.

THE EDITORS OF ENCYCLOPAEDIA BRITANNICA. Jordan River (river, Middle East). Encyclopaedia Britannica, [2023]. Disponível em: https://www.britannica.com/place/Jordan-River.

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Rio Jordão"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/rio-jordao.htm. Acesso em 16 de julho de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


Cisjordânia

Clique e saiba o que é a Cisjordânia. Leia sobre a geografia, a população e a economia da Cisjordânia. Entenda a história da região e sua relação com a Palestina.
Geografia

Israel

Aprenda aqui um pouco mais sobre a geografia de Israel, país do Oriente Médio banhado pelo Mar Mediterrâneo. Conheça aspectos de sua economia, demografia e cultura.
Geografia

Jerusalém

Saiba mais sobre Jerusalém, cidade sagrada para três das maiores religiões do planeta.
Geografia

Jordânia

Saiba tudo sobre a Jordânia clicando aqui. Leia sobre seus principais aspectos geográficos e conheça sua história, cultura e economia.
Geografia

Oriente Médio e a escassez de água

Clique aqui e fique por dentro do problema da escassez de água no Oriente Médio.
Geografia

Partes de um rio

Clicando aqui você entenderá o que é uma foz, embocadura, leito e afluente, isto é, as partes de um rio.
Geografia

Rio Ganges

Conheça as principais características do rio Ganges. Entenda o percurso do rio Ganges. Saiba quais países são banhados pelo Ganges.
Geografia

Rio Nilo

Conheça a importância do maior rio do mundo em extensão. Entenda suas principais características. Saiba sobre a degradação ambiental no rio Nilo.
Geografia

Rios

Saiba mais sobre as características dos rios. Entenda a importância desses reservatórios de água. Conheça os principais rios do Brasil, e do mundo.
Geografia

Síria

Clique aqui e saiba mais sobre a Síria, país do Oriente Médio. Conheça sua geografia e entenda as principais consequências da guerra civil que perdura desde 2011.
Geografia