Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Oceania

Geografia

Oceania é um continente localizado entre os oceanos Índico e Pacífico, formado por 14 países insulares e diversos territórios ultramarinos. Possui 42 milhões de habitantes.
Mapa da Oceania com as bandeiras de seus respectivos países.[1]
Mapa da Oceania com as bandeiras de seus respectivos países.[1]
PUBLICIDADE

A Oceania é um continente situado entre os oceanos Índico e Pacífico, a sudeste da Ásia. A maior parte de suas terras fica no Hemisfério Sul do planeta. É composto por 14 países e ilhas e territórios pertencentes a outros países, tanto oceânicos quanto de outros continentes. A maior e mais populosa das nações é a Austrália, que consiste também na principal economia do continente. Destaca-se também a Nova Zelândia. No total, o continente possui cerca de 42 milhões de habitantes e apresenta condições bastante contrastantes no que diz respeito aos aspectos socieconômicos de seus países.

Leia também: Quais são os países da Oceania?

Resumo sobre Oceania

  • É um continente formado por 14 países e diversos territórios ultramarinos.

  • Trata-se do menor continente do planeta.

  • Divide-se em quatro regiões: Australásia, Melanésia, Micronésia e Polinésia.

  • Possui 8,5 milhões de km² de área e mais de 42 milhões de habitantes.

  • A Austrália é o seu maior país, enquanto Nauru é o menor.

  • Seus climas variam desde o Árido, na região central da Austrália, até o Equatorial, nas ilhas situadas na porção norte do continente.

  • As grandes áreas desérticas do território australiano contrastam com as florestas temperadas, ao sul, e tropicais, nos territórios setentrionais da Oceania.

  • Dispõe de relevos mais planos na Austrália até montanhosos em suas ilhas situadas nas bordas de placas tectônicas.

  • A Austrália concentra 70% dos habitantes da Oceania. Ficam no país também as maiores cidades do continente.

  • Seu PIB é de 1,7 trilhão de dólares. As nações mais ricas são a Austrália e a Nova Zelândia, e entre as mais pobres estão Nauru e Tuvalu.

  • Com relação ao IDH, os maiores índices são também australianos e neozelandeses, enquanto as ilhas Salomão e a Papua Nova Guiné possuem baixos índices de desenvolvimento.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais da Oceania

  • Nome oficial: Oceania

  • Gentílico: oceânico

  • Extensão territorial: 8.564.000 km² (ONU, 2020)

  • Localização: entre os oceanos Índico e Pacífico, a sudeste do continente asiático

  • Clima: varia do Equatorial ao Árido.

  • Divisão administrativa: países e territórios

  • Idioma: inglês, francês, palauense, maori, hiri motu, tok pisin e centenas de outros idiomas locais.

  • Religiões: cristianismo, islamismo, budismo, induísmo e religiões tradicionais das populações nativas.

  • População: 42.678.000 habitantes (ONU, 2020)

  • Densidade demográfica: 5 hab./km² (ONU, 2020)

  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): de 0,555 (Papua Nova Guiné) a 0,944 (Austrália)

  • Moeda: dólar australiano, dólar neozelandês, dólar de Fiji, kina (Papua Nova Guiné), franco CFP (territórios franceses), vatu (Vanuatu).

  • Produto Interno Bruto (PIB): US$ 1,71 trilhão (ONU, 2020)

  • PIB per capita: US$ 41.469,2 (ONU, 2020)

  • Gini: 0,358 a 0,419

  • Países: 14 países

    • Maior país: Austrália
    • Menor país: Nauru
  • Fuso horário: de GMT +10 a + 12 horas

  • Relações exteriores:

    • Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico (Apec), integrada por Austrália, Nova Zelândia e Papua Nova Guiné.

Leia também: América – maior continente em extensão norte-sul

Países da Oceania e suas capitais

A Oceania é um continente formado por 14 países. Abaixo listamos cada um deles com as suas respectivas capitais:

Países

Capitais

Austrália

Camberra

Estados Federados da Micronésia

Palikir

Fiji

Suva

Ilhas Marshall

Majuro

Ilhas Salomão

Honiara

Kiribati

Tarawa do Sul

Nauru

Yaren

Nova Zelândia

Wellington

Palau

Ngermuld

Papua Nova Guiné

Port Moresby

Samoa

Apia

Tonga

Nuku'alofa

Tuvalu

Funafuti

Vanuatu

Port Vila

História da Oceania

A Oceania é conhecida também como Novíssimo Mundo pelo fato de os navegadores europeus terem chegado aos territórios da região tardiamente, se comparado às demais áreas colonizadas, em função da distância e do seu relativo isolamento. As embarcações europeias alcançaram o continente no século XVI, primeiro com os portugueses, que se direcionaram para áreas da Indonésia e Papua Nova Guiné, e depois com os espanhóis.

A colonização dos dois maiores países do continente teve início somente no século XVIII, com a expedição liderada pelo britânico James Cook, no ano de 1770, para onde hoje se localiza a Austrália. A ocupação estrangeira na Nova Zelândia ocorreu no século seguinte, também por meio dos britânicos, que concretizaram seu domínio sobre o território neozelandês em 1840. Além dos portugueses, espanhóis e britânicos, os franceses e alemães também estabeleceram colônias no continente e, até os dias de hoje, possuem na região os chamados territórios ultramarinos.

É fundamental entender, no entanto, que a história dos povos originários da Oceania e o povoamento daquele continente se iniciaram milênios antes da chegada dos europeus. A ocupação de áreas como a da Austrália e da Papua Nova Guiné é datada de dezenas de milhares de anos, quando tiveram início as primeiras migrações do continente africano para a Ásia e, então, para a Oceania. A última era do gelo, que ocorreu há aproximadamente 20 mil anos, permitiu ainda que houvesse uma conexão terrestre entre as ilhas oceânicas, o que facilitou o seu povoamento.

As migrações do sudeste asiático e da Papua Nova Guiné em direção a outras regiões da Oceania se intensificaram a partir de 1500 a.C., atingindo novas áreas na medida em que as técnicas de navegação desenvolvidas por esses povos se aperfeiçoavam. Com isso, até o ano 1000 da era contemporânea, muitas culturas já haviam sido estabelecidas em diversas ilhas por todas as regiões do continente. Embora seja o menor continente do mundo, a Oceania apresenta uma riquíssima diversidade cultural, e alguns de seus países registram elevados índices de desenvolvimento.

Geografia da Oceania

Vista da Austrália.
 A Oceania é constituída por 14 países, sendo a Austrália o maior deles.

A Oceania é o menor continente do mundo, com superfície de aproximadamente 8,5 milhões de km². Somente a Austrália responde por 89,8% dessa área, enquanto o território neozelandês, segundo mais extenso, corresponde a 3,1% da área continental.

É composta por um conjunto de países insulares e territórios ultramarinos que são parte de outros Estados não pertencentes ao continente, como França e Estados Unidos, e também de países oceânicos, que é o caso das ilhas que integram a Austrália e a Nova Zelândia.

A maior parte da Oceania está situada no Hemisfério Sul, mas alguns de seus territórios ficam no Hemisfério Norte, como é o caso dos Estados Federados da Micronésia. O continente é banhado pelos oceanos Índico e Pacífico, e divide-se em quatro regiões:

  • Australásia

  • Melanésia

  • Micronésia

  • Polinésia

Veja também: Escandinávia – região situada na Europa Setentrional

  • Clima da Oceania

Existe uma grande diversidade climática na Oceania, o que se dá pela influência de fatores como a maritimidade, o relevo, as correntes marítimas e a latitude. Com relação a esta, destaca-se que os territórios oceânicos se distribuem entre as zonas Tropical e Temperada Sul do planeta.

Na Austrália os climas Árido e Semiárido são predominantes, com índices pluviométricos anuais que ficam em torno de 500 mm e elevadas temperaturas. A aridez das terras centro-ocidentais australianas se reflete na ocorrência de uma área desértica onde estão situados o grande deserto Arenoso, o deserto de Vitória e outros. Climas mais amenos são encontrados ao sul do país, enquanto na faixa norte prevalece o clima Tropical.

O clima Temperado oceânico se distribui pelos territórios a sudeste, como é o caso da Nova Zelândia. Nas terras situadas a leste e ao norte da Austrália, há ocorrência dos climas Tropical e Equatorial, sendo este predominante na Papua Nova Guiné e nos territórios próximo ao paralelo de 0º.

  • Vegetação da Oceania

A cobertura vegetal na Oceania acompanha a distribuição climática. As florestas tropicais ocorrem nos territórios situados ao norte, mais próximos da Linha do Equador. Observa-se a presença de florestas temperadas nos países e ilhas meridionais, como a Nova Zelândia, enquanto na Austrália a cobertura é bastante heterogênea, com a presença de florestas, savanas, estepes e desertos.

Deserto australiano.
O oeste australiano é marcado pelas extensas áreas desérticas.
  • Relevo da Oceania

Com exceção da Austrália, os demais países e ilhas da Oceania estão localizados em áreas de elevada instabilidade tectônica por estarem posicionados no limite de placas ou muito próximo a ele. Boa parte desses territórios insulares tem origem vulcânica e é caracterizada por um substrato jovem e terrenos montanhosos. Na Austrália, por sua vez, a superfície é marcada pelos planaltos e planícies.

  • Hidrografia da Oceania

Os maiores rios da Oceania estão situados na Austrália, como os rios Murray e Darling. Com relação à vazão, tem destaque o rio Fly, um dos principais cursos d’água da Papua Nova Guiné. Grandes lagos também formam as paisagens oceânicas, como os lagos Eyre, Torrens e Gairdner, na Austrália, e o lago Taupo, na Nova Zelândia, formado sobre uma estrutura vulcânica.

Mapa da Oceania

Mapa da Oceania.
Mapa político da Oceania. Fonte: IBGE.

Demografia da Oceania

A Oceania é um dos continentes menos populosos do planeta, com um total de 42.678.000 habitantes, cerca de 0,5% de toda a população mundial. Juntas, a Austrália e a Nova Zelândia representam 71% desse montante com um contingente populacional superior a 30 milhões de pessoas. A região da Melanésia é a segunda mais populosa, com 11 milhões de habitantes, seguida da Polinésia, com 684 mil habitantes. A Micronésia é, portanto, a região menos habitada do continente oceânico, contando com 549 mil moradores. Os dados são das Nações Unidas para 2020.

A Austrália reúne o maior contingente populacional do continente, com 25 milhões de habitantes, quase 60% de toda a população oceânica. A Papua Nova Guiné é o segundo país mais populoso da Oceania e o principal da Melanésia, com mais de oito milhões de habitantes. Na sequência está a Nova Zelândia, a sudeste do território australiano, que conta hoje com 4,8 milhões de habitantes.

Nauru é um dos menores países da Oceania e do mundo.
Nauru é um dos menores países da Oceania e do mundo.

O menor país independente da Oceania é Nauru, que fica na Micronésia e tem 11 mil habitantes. Quando se considera os demais territórios, tem-se como menor população aquela habitante em Tokelau, um arquipélago formado por três atóis e pertencente à Nova Zelândia. Nessa área vivem atualmente 1357 pessoas.

A maioria da população oceânica vive nas cidades, perfazendo um total de 68,2%. Ficam na Austrália as maiores aglomerações urbanas do continente, destacando-se Sydney, Melbourne e Brisbane. Auckland, na Nova Zelândia, e Port Moresby, capital da Papua Nova Guiné, constituem também grandes centros urbanos da Oceania, embora a sua estrutura urbana seja altamente contrastante.

Veja também: Quais são os países mais populosos do mundo?

Economia da Oceania

O conjunto de países da Oceania apresenta um Produto Interno Bruto (PIB) de aproximadamente US$ 1,7 trilhão, valor que pode ser equiparado a diversas nações do globo. Internamente, no entanto, existe uma grande disparidade entre as suas economias mais ricas e mais pobres.

O continente abriga uma das 20 maiores economias do mundo que é a Austrália, país que registra um PIB de 1,3 trilhão de dólares e um valor per capita muito elevado, da ordem de 50 mil dólares. A Nova Zelândia e a Papua Nova Guiné são, respectivamente, a segunda e terceira maior economia do continente.

No outro extremo dessa listagem estão Nauru e Tuvalu, os dois arquipélagos mais pobres da Oceania. Com relação à renda per capita, os menores valores são encontrados nas ilhas Salomão e em Kiribati. Nas economias mais pobres, têm maior peso o setor de serviços e o primário, onde predominam a agricultura e a pecuária de pequena escala, com destaque para a pesca e as atividades atreladas ao turismo.

A Austrália e a Nova Zelândia concentram as principais indústrias do continente oceânico, destacando-se com seu parque tecnológico e na produção de energia, que ocorre com base em fontes diversificadas, como urânio (nuclear), combustíveis fósseis e hidrelétrica. Em conjunto com Papua Nova Guiné, consistem nas principais nações exportadores da região, cuja pauta é formada por alimentos e matérias-primas, combustíveis fósseis, minérios e produtos industrializados.

A Oceania é, ainda, um continente detentor de muitas riquezas minerais, com parte de sua indústria focada na extração e transformação de tais recursos. Entre eles estão ouro, ferro, níquel, cobre, manganês, prata, diamante e bauxita.

Cultura da Oceania

A Oceania possui uma cultura muito diversa que é composta por elementos importados pelos colonizadores europeus e, principalmente, por aqueles oriundos dos povos nativos das ilhas oceânicas, como os aborígenes australianos, os maori, os polinésios e centenas de outros grupos presentes nos demais territórios e países. Atualmente, os povos indígenas somam pouco menos de 3% da população da Oceania, formada predominantemente por descendentes de europeus e migrantes daquele continente.

Tais aspectos influenciam diretamente nos costumes da população, no idioma falado e na religiosidade. O inglês é predominante em conjunto com outras línguas europeias, como o francês. No entanto, as centenas de comunidades nativas possuem também seus idiomas próprios, como os dialetos aborígenes (muitos hoje extintos), maori e palauense.

As religiões cristãs são bastante difundidas na Oceania, mas há também muitos praticantes do budismo, hinduísmo e do islamismo. Alguns dos povos tradicionais mantêm ainda as suas crenças e práticas, embora grande parte tenha sido convertida para religiões cristãs principalmente.

Destaca-se, ainda, um amplo esforço de resgate e preservação da cultura dos aborígenes australianos, que passou por um severo processo de apagamento e perseguições, que tiveram início com a colonização e perduraram no século XX.

Dança tradicional aborígene.
As danças, as celebrações, a pintura corporal e a comunhão com a natureza são fortes traços da cultura aborígene australiana.

Infraestrutura da Oceania

As condições de vida e a oferta de infraestrutura na Oceania variam consideravelmente conforme o país. O continente possui duas das nações com maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do mundo, que são a Austrália e a Nova Zelândia, com valores respectivos de 0,944 e 0,931. Em contrapartida, as ilhas Salomão e a Papua Nova Guiné apresentam baixo IDH de 0,567 e 0,555.

Grande parte da população oceânica vive nas cidades, chegando a quase 70%, mas essa não é uma realidade em todos os países. Na Papua Nova Guiné, por exemplo, somente 13,5% dos moradores vivem em áreas urbanizadas, concentrando-se na capital. A rede de infraestrutura do país é deficitária e atende em média metade da sua população total, sendo mais abrangente nas cidades.

Quando se volta para o continente como um todo, tem-se que o acesso ao saneamento adequado nas áreas urbanas é de 66,7%, enquanto nas zonas ruais cai para 23,5% apenas. A água potável chega a cerca de 96% dos moradores das cidades.

Curiosidades sobre da Oceania

  • O ponto mais elevado da Oceania fica na Papua Nova Guiné. Trata-se do monte Wilhelm, a 4409 metros acima do nível do mar.

  • Os países da Oceania não estabelecem fronteiras terrestres entre si.

  • Os territórios oceânicos compreendem cerca de 10 mil ilhas.

  • O país Nauru não possui uma capital oficial estabelecida. A sede do governo, no entanto, fica na cidade de Iarém.

  • O rugby é o esporte de maior popularidade na Oceania.

  • A Tasmânia, estado australiano, já foi reconhecida como tendo um dos ares mais puros (e, portanto, melhores de se respirar) do mundo.

  • Algumas das ilhas da Oceania correspondem a formações conhecidas como atóis.

Crédito da imagem

[1] SiBr4 / Commons

[2] ChameleonsEye / Shutterstock

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Listagem de Artigos

Lista de Exercícios
Questão 1

O mapa-múndi a seguir apresenta todos os continentes destacados em cores diferentes. Marque a alternativa que corresponde à cor da Oceania no referido mapa.

a) Vermelho

b) Amarelo

c) Preto

d) Verde

e) Azul

Questão 2

Analise as afirmativas e marque (V) para as verdadeiras e (F) para as falsas.

a) Com 8,5 milhões de quilômetros quadrados de extensão, a Oceania é o menor continente terrestre.

b) A Oceania é um continente formado por uma massa continental (Austrália) e por vários grupos de ilhas localizadas no oceano Atlântico.

c) Com exceção da Nova Zelândia e Austrália, a economia dos países da Oceania baseia-se nas atividades primárias.

d) A Oceania está localizada totalmente ao sul da linha do Equador, pertencendo, portanto, somente ao Hemisfério meridional.

Ver resposta