Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Planeta Netuno

Netuno é o oitavo planeta do Sistema Solar a partir do Sol e o mais distante deste. Dispõe de coloração azulada e é formado essencialmente por gases, como o metano.

Planeta Netuno.
Netuno é o planeta pertencente ao Sistema Solar mais distante do Sol.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Netuno é um planeta pertencente ao Sistema Solar. Trata-se do oitavo mais distante do Sol, o que confere a ele temperaturas muito baixas, em torno de -200 °C. O planeta Netuno é classificado como um gigante de gelo em função de sua composição, que é feita por gases como hélio, metano, hidrogênio e amônia, e da ausência de uma superfície sólida. Netuno foi descoberto em 1846 e, desde então, foi muito estudado por astrônomos de todo o mundo. Apesar disso, é ainda um planeta pouco explorado.

Leia também: Júpiter — o maior planeta do nosso Sistema Solar

Tópicos deste artigo

Resumo sobre planeta Netuno

  • Netuno é o oitavo planeta a partir do Sol.

  • Trata-se de um dos quatro gigantes gasosos.

  • É composto essencialmente por gases como hélio, metano, hidrogênio e amônia.

  • Não apresenta superfície sólida, apenas um núcleo muito denso envolto em fluidos e gases.

  • Sua atmosfera é muito instável, e o planeta apresenta clima bastante hostil.

  • As temperaturas ficam abaixo de -200 °C.

  • Possui 14 luas conhecidas e cinco sistemas de anéis, além de quatro arcos de anéis.

  • Foi descoberto no ano de 1846.

  • Até hoje, duas naves chegaram até ele. Uma delas, somente de passagem, em 1983, e a outra seis anos mais tarde, com o intuito de estudá-lo de fato.

Dados gerais de Netuno

  • Diâmetro: 49.244 km.

  • Área da superfície: 7.618.272.763 km².

  • Massa: 1,024 × 1026 kg.

  • Densidade: 1,638 g/cm³.

  • Gravidade: 11,15 m/s².

  • Distância do Sol: 4,5 bilhões de quilômetros.

  • Satélite natural: 14 luas conhecidas.

  • Anéis: cinco anéis principais e quatro arcos de anéis.

  • Período de rotação: 16 horas.

  • Período de translação: 165 anos.

  • Temperatura média: -201 °C.

  • Composição atmosférica: hidrogênio, hélio e metano.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características de Netuno

Netuno é um planeta gasoso pertencente ao Sistema Solar classificado como um gigante de gelo. Trata-se do oitavo planeta a partir do Sol, sendo, portanto, o planeta mais distante do Sol. Em decorrência disso, o tempo que Netuno leva para dar uma volta completa em torno dessa estrela é muito grande: 165 anos. Já a sua rotação, que é o movimento que realiza em torno de seu próprio eixo, decorre em 16 horas, o que corresponde à duração de um dia completo em Netuno.

O planeta Netuno é bastante frio, com temperaturas superficiais que variam entre médias de -200 e -215 °C, contrastando com seu núcleo, que chega a 5 mil graus Celsius.

Sua atmosfera é essencialmente formada pelos gases hidrogênio, hélio e metano, sendo esse último o responsável pela coloração azulada característica de Netuno. Ventos muito intensos são registrados nessa camada, com velocidades superiores a 2 mil km/h, o que leva os pesquisadores a caracterizarem Netuno como o planeta com um dos climas mais severos do nosso Sistema Solar.

A atmosfera e a superfície de Netuno se confundem, uma vez que ele não apresenta uma camada superficial sólida. Esse fato faz com que não seja possível pisar no planeta. Além disso, seu denso núcleo rochoso, que representa cerca de 40% de toda a massa do planeta, se encontra envolto em um fluido gelado e também com elevada densidade, sendo composto por amônia, metano e também água.

Luas de Netuno

Representação do planeta Netuno com suas luas.
Netuno possui 14 luas, sendo Tritão a maior delas.

O planeta Netuno possui 14 luas conhecidas, que são seus satélites naturais. Todas elas possuem nomes originários da mitologia grega e são classificadas em regulares e irregulares.

  • Luas regulares: aquelas que desempenham órbita elíptica no mesmo sentido que a trajetória de Netuno. São elas: Náiade, Galateia, Talassa, Despina, Larissa, Hipocampo, Proteu.

  • Luas irregulares: aquelas que apresentam órbita excêntrica e, em alguns casos, retrógrada, no sentido contrário à órbita do planeta. São elas: Tritão, Nereida, Halimede, Sao, Laomedeia, Psâmate, Neso.

O satélite mais próximo de Netuno é Náiade, que corresponde à segunda menor das luas. A maior delas é Tritão, que é ainda a sétima maior do Sistema Solar. Tritão desempenha uma órbita retrógrada com relação a Netuno e apresenta temperaturas semelhantes à do planeta, ficando em torno de -235 °C. O satélite apresenta uma fina camada atmosférica e superfície formada por nitrogênio congelado, água e dióxido de carbono. Além disso, existem em Tritão alguns gêiseres que expelem líquidos, como água, que se congelam quando em superfície.

Veja também: Saturno — o planeta com o maior número de luas do Sistema Solar

Anéis de Netuno

Netuno é um dos quatro planetas do Sistema Solar a apresentar sistemas de anéis. São cinco conjuntos formados por poeira, gelo e detritos, e a sua nomenclatura foi dada em homenagem aos pesquisadores que se dedicaram ao estudo desse planeta. Os cinco anéis de Netuno são os seguintes, listados do mais próximo até o mais distante do planeta:

  • Galle, situado a 41,9 mil km;

  • Leverrier;

  • Lassel;

  • Arago;

  • Adams, situado a 62,93 mil km.

Além dos anéis, que são relativamente recentes e dispõem de coloração escura, existem quatro arcos finos compostos por poeira e situados a 62,9 mil km da superfície de Netuno. Eles foram denominados da seguinte foma:

  • Liberté;

  • Egalité;

  • Fraternité;

  • Courage.

História e exploração de Netuno

O planeta Netuno foi identificado pela primeira vez por Galileu Galilei (1564-1642) no ano de 1612 com o auxílio de um telescópio. No entanto, o astrônomo pensou se tratar de uma estrela.

Somente dois séculos mais tarde é que os astrônomos Urbain Le Verrier (1811-1877) e Johann Galle (1812-1910), durante a realização de cálculos da órbita de Urano, acabaram por se dar conta da existência de um novo planeta próximo, que foi denominado Netuno. A descoberta foi feita em 23 de setembro de 1846.

Embora os estudos a respeito do planeta tenham continuado, a sua exploração propriamente dita ainda é uma tarefa bastante difícil. O primeiro veículo a atravessar a órbita de Netuno foi a sonda Pioneer 10, da Nasa, lançada no ano de 1972 e que segue sua trajetória até hoje em direção à estrela Aldebarã, na constelação Taurus. Sua passagem por Netuno ocorreu em 1983.

Ainda durante a década de 1980, mais precisamente em 1989, tendo sido lançada 12 anos antes, a nave estadunidense Voyager 2 foi a primeira, e até o momento a única, a visitar Netuno. Tendo percorrido quase 5 mil km sobre a região do polo norte do planeta, descobertas importantes foram feitas pela missão, como a confirmação da presença de anéis, além da coleta de dados a respeito de suas luas até então conhecidas.

Novas luas foram descobertas nas décadas seguintes. Até o presente, Netuno continua a ser estudado à distância, com o auxílio de grandes telescópios, como o Hubble.

Translação de Netuno

O movimento de translação de Netuno é aquele realizado pelo planeta ao redor do Sol. Sabe-se hoje que Netuno leva aproximadamente 165 anos para completar uma volta em torno do Sol. Em outras palavras, podemos dizer que um ano em Netuno é equivalente a 165 anos terrestres.

Assim como ocorre na Terra, o movimento de translação em Netuno é responsável pela ocorrência de diferentes estações do ano. Nesse caso, cada uma das estações decorre em um período de 40 anos.

Curiosidades sobre Netuno

  • Netuno é o único planeta do Sistema Solar que não é visível a olho nu.

  • O planeta possui idade aproximada de 4,5 bilhões de anos, tendo se formado próximo ao Sol.

  • O nome do planeta é derivado do deus romano dos oceanos, Netuno, e foi sugerido por um de seus descobridores, Urbain Le Verrier. A associação foi feita em função da cor azulada que o planeta exibe.

  • É o quarto maior planeta do Sistema Solar.

  • Desde o seu descobrimento, Netuno completou somente 1 órbita em torno do Sol, o que ocorreu entre 1846 e 2011.

  • O campo magnético de Netuno é 27 vezes mais intenso que o da Terra.

  • Tritão, a maior lua de Netuno, foi descoberta em 10 de outubro de 1846.

  • A 14ª lua de Netuno, Hipocampo, foi descoberta em 1º de julho de 2013.

Exercícios resolvidos sobre Netuno

Questão 1

O planeta Netuno é um dos quatro planetas do Sistema Solar chamados de Gigantes Gasosos. Ele recebeu essa alcunha em decorrência da sua composição, que é feita principalmente por gases, além da ausência de uma superfície sólida. A seguir, assinale a alternativa que indica corretamente o gás presente em Netuno que é responsável pela sua coloração azulada.

A) oxigênio.

B) hidrogênio.

C) metano.

D) neônio.

E) hélio.

Resolução:

Alternativa C

Embora Netuno seja composto também por hidrogênio e hélio, é a presença do gás metano que faz com que o planeta disponha de cor azul.

Questão 2

Depois que Plutão passou para a categoria de planeta-anão, Netuno se tornou o planeta do Sistema Solar mais distante do Sol. Escuro e com temperaturas congelantes, esse gigante gasoso apresenta muitas características peculiares. Identifique uma dessas características abaixo.

A) Apresenta 14 sistemas de anéis, sendo os anéis exteriores os mais brilhantes.

B) Sua superfície é formada por rochas silicatadas.

C) É o único planeta que não possui satélites naturais.

D) Netuno só pode ser observado com o auxílio de um telescópio.

E) Dispõe de uma camada atmosférica muito fina e estável.

Resolução:

Alternativa D

Trata-se do único planeta não visível a olho nu. Até mesmo Urano, que se encontra na sétima posição a partir do Sol, se torna visível em determinadas condições sem o auxílio de instrumentos como telescópios.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Planeta Netuno"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/netuno-2.htm. Acesso em 22 de maio de 2024.

De estudante para estudante