Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Mesosfera

A mesosfera é a camada intermediária e mais fria da atmosfera. Sua função é proteger o planeta Terra contra objetos oriundos do espaço, dando origem aos meteoros.

Ilustração de um meteoro em direção à Terra, na atmosfera terrestre, onde também se encontra a mesosfera.
A mesosfera é a camada da atmosfera pela qual se formam os meteoros.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Mesosfera é a camada intermediária da atmosfera, situada entre a estratosfera e a termosfera. Com aproximadamente 35 quilômetros de espessura, a mesosfera é marcada pela presença de gases como oxigênio, nitrogênio e dióxido de carbono, bem como por pouca quantidade de vapor d’água em suspensão e por temperaturas muito baixas. É classificada como a camada mais fria da atmosfera terrestre.

Por conta de fatores como a densidade dos gases nela presente, a mesosfera se tornou um escudo que protege o planeta Terra de objetos celestes que entram pela atmosfera. Na mesosfera, esses corpos se transformam em meteoros.

Leia também: Afinal, por que a camada de ozônio é tão importante?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre mesosfera

  • Mesosfera é a camada intermediária da atmosfera.

  • Situa-se entre a estratosfera e a termosfera, entre 50 e 85 quilômetros de altitude.

  • É camada mais fria da atmosfera.

  • É composta por gases como oxigênio, nitrogênio e dióxido de carbono e por pouco vapor d’água em suspensão.

  • A formação de nuvens é rara, mas não inexistente. As nuvens formadas na mesosfera recebem o nome de noctilucentes.

  • Tem a importante função de proteger o planeta Terra de objetos oriundos do espaço e que penetram na atmosfera.

  • É nela que os meteoroides entram em combustão, originando os meteoros.

O que é a mesosfera?

A mesosfera é uma das cinco camadas em que se divide o envólucro gasoso que protege o planeta Terra, chamado de atmosfera. Como o nome indica, a mesosfera consiste na camada intermediária da atmosfera, e fica situada entre a estratosfera (camada imediatamente abaixo) e a termosfera (camada imediatamente acima).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características da mesosfera

Mesosfera é a terceira camada da atmosfera a partir da superfície terrestre. Ela começa a aproximadamente 50 quilômetros de altitude, logo depois da estratosfera. Entre essas diferentes camadas, existe uma camada de transição denominada estratopausa. A mesosfera tem espessura aproximada de 35 quilômetros, estendendo-se até a altitude de 85 quilômetros. Nessa região da atmosfera, fica a transição da mesosfera com a termosfera, chamada mesopausa.

Como adiantamos, a mesosfera é uma camada intermediária: tanto abaixo quanto acima dela existem outras duas faixas. Ainda assim, a mesosfera é caracterizada como a região mais fria da atmosfera terrestre. No seu interior, há redução da temperatura com o ganho de altitude, saindo de -15 ºC, na transição inferior com a estratosfera, para aproximadamente -90 ºC, na parte superior, próximo da termosfera.

Quando a comparamos com as camadas inferiores, temos que os gases que a compõem são bastante densos. Em função disso, essa é uma importante camada de proteção para o planeta Terra, conforme veremos adiante. Todavia, a elevada densidade dos gases da mesosfera atrapalha a coleta de informações sobre a mesosfera e impede que tenhamos maior conhecimento sobre essa camada, uma vez que balões meteorológicos e outros instrumentos de coleta direta de dados não podem ser usados.

Nuvens brilhantes e de aspecto frágil podem se formar na mesosfera, embora seja, também, uma camada com baixa presença de vapor d’água em suspensão. O aparecimento de nuvens na camada intermediária da atmosfera é um fenômeno raro ocasionado pela junção de partículas de gelo e pela luz solar que ilumina esses elementos a partir de baixo, já após o pôr do Sol. Essas nuvens recebem o nome de noctilucentes ou nuvens polares mesosféricas, já que sua ocorrência é registrada em altas latitudes.

Nuvens noctilucentes no céu em texto sobre a mesosfera.
As nuvens que se formam na mesosfera recebem o nome de noctilucentes.
  • Composição da mesosfera

A mesosfera é composta por gases como nitrogênio (N), oxigênio (O), ozônio (O3) e gás carbônico (CO2), sendo essa formação semelhante àquela encontrada na troposfera, camada da atmosfera situada imediatamente acima da superfície terrestre. Diferentemente dela, entretanto, existe pouco vapor d’água em suspensão na mesosfera.

Veja também: Quais são os gases do efeito estufa?

Qual é a função da mesosfera?

A função da mesosfera é a proteção da Terra com relação aos corpos estranhos, conhecidos como meteoroides, que penetram na camada mais externa da atmosfera e viajam em direção à superfície do planeta.

Ilustração de meteoros caindo em direção à Terra, em texto sobre a mesosfera.
A formação de meteoros é resultante do efeito de proteção que a mesosfera exerce sobre o planeta Terra.

A alta densidade dos gases que constituem a mesosfera provoca a fragmentação dos meteoroides, ao mesmo tempo que a fricção desses pedaços de rocha em movimento com os gases dispersos causa a sua combustão. É assim que se formam os meteoros. Quando em grande quantidade, temos um fenômeno conhecido como chuva de meteoros.

Importância da mesosfera

Como vimos, a mesosfera apresenta função de proteger o planeta Terra de fragmentos de rocha e outros elementos que viajam em alta velocidade pelo espaço e que, com frequência, adentram na atmosfera terrestre. Assim sendo, a importância da mesosfera reside no fato de essa camada ser um escudo protetor que impede a colisão de grandes corpos celestes com o nosso planeta.

Outras camadas da atmosfera

Ilustração das camadas da atmosfera em texto sobre a mesosfera.
A atmosfera se divide em cinco camadas distintas conforme a concentração de gases e características de sua temperatura.

A atmosfera é o envólucro gasoso que protege a estrutura do planeta Terra e as formas de vida nele presente. Essa proteção é feita por meio de cinco camadas distintas de gases, as quais descrevemos a seguir.

  • Troposfera: localizada imediatamente acima da superfície terrestre, com altitude máxima de 20 quilômetros. A maior parte da massa de gases da atmosfera está contida na troposfera, camada que concentra, além disso, um grande volume de vapor d’água em suspensão. Por essa razão, a troposfera registra os principais fenômenos meteorológicos e abriga os principais elementos atmosféricos determinantes dos climas no planeta.

  • Estratosfera: segunda camada a partir da superfície, estende-se de 6 a 20 de até 50 quilômetros da superfície, a depender da região do planeta. Apresenta baixíssima concentração de vapor d’água, ao passo que é nela que fica a maior parte do ozônio atmosférico (camada de ozônio). O ar da estratosfera é estável horizontalmente. Nessa camada, as temperaturas aumentam com a altitude.

  • Mesosfera: localizada entre 50-85 quilômetros de altitude. Com temperaturas que diminuem com o ganho de altitude, a mesosfera é tida como a faixa mais fria da atmosfera terrestre. Pouco estudada por conta da grande pressão dos gases nela presente, a mesosfera exerce importante função de escudo protetor contra meteoroides que viajam em direção ao nosso planeta.

  • Termosfera: penúltima camada da atmosfera, localizada entre 80-700 quilômetros de altitude. Abriga a ionosfera, região onde as auroras polares (boreal e austral) se formam.

  • Exosfera: última camada da atmosfera. A exosfera se inicia a partir de 700 quilômetros de altitude e se estende até 10 mil quilômetros, embora não seja possível delimitar exatamente onde ela acaba. É a camada de transição para o espaço externo, e é nela onde ficam os satélites artificiais.

Saiba mais: De onde vêm os meteoritos?

Exercícios resolvidos sobre a mesosfera

Questão 1

Todos os dias, milhões de meteoroides penetram na atmosfera terrestre. Esses fragmentos de corpos celestes poderiam oferecem grande risco ao planeta Terra, não fosse uma importante camada protetora em que ocorre sua fragmentação e combustão. A camada a que nos referimos recebe o nome de:

a) estratosfera

b) troposfera

c) litosfera

d) mesosfera

d) termosfera

Resolução: Alternativa D

A mesosfera é a camada que protege o planeta Terra de fragmentos de corpos celestes que adentram na atmosfera. A combustão desses elementos resulta no fenômeno luminoso dos meteoros.

Questão 2

A mesosfera é a camada intermediária da atmosfera terrestre, situando-se entre a estratosfera e a termosfera. Todas as alternativas a seguir apresentam corretamente uma característica da mesosfera, com exceção de uma. Identifique-a a seguir:

a) composta por oxigênio, nitrogênio e dióxido de carbono, em sua maioria.

b) os gases que a compõem apresentam baixa densidade.

c) apresenta as temperaturas mais baixas da atmosfera terrestre.

d) possui pouco vapor d’água em sua composição.

e) forma nuvens conhecidas como noctilucentes.

Resolução: Alternativa B

Fontes

BRANCO, Pércio de Moraes. Atmosfera Terrestre. Serviço Geológico do Brasil – CPRM, 18 ago. 2014. Disponível em: https://www.sgb.gov.br/publique/SGB-Divulga/Canal-Escola/Atmosfera-Terrestre-2567.html.

NASA. Mesosphere. Space Place – NASA Science, 18 jul. 2019. Disponível em: https://spaceplace.nasa.gov/mesosphere/en/.

NATIONAL GEOGRAPHIC SOCIETY. Encyclopedic entry: Atmosphere. National Geographic, 19 out. 2023. Disponível em: https://education.nationalgeographic.org/resource/atmosphere/.

NOAA. Layers of the Atmosphere. NOAA, [s.d.]. Disponível em: https://www.noaa.gov/jetstream/atmosphere/layers-of-atmosphere.

OLIVEIRA, Sonia Maria Barros de; CORDANI, Umberto Giuseppe; FAIRCHILD, Thomas Rich. Atmosfera, clima e mudanças climáticas. In: AIRCHILD, Thomas Rich.; TOLEDO, Maria Cristina Motta de; TAIOLI, Fabio. (Orgs.) Decifrando a Terra. São Paulo, SP: Companhia Editora Nacional, 2009, 2ª ed. P. 108-127.

UCAR. The Mesosphere. UCAR, [s.d.]. Disponível em: https://scied.ucar.edu/learning-zone/atmosphere/mesosphere.

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Mesosfera"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/mesosfera.htm. Acesso em 23 de julho de 2024.

De estudante para estudante