Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Aquecimento Global

O aquecimento global refere-se ao aumento anormal da temperatura média do planeta registrado nas últimas décadas. Esse fenômeno é associado principalmente às ações antrópicas.

O aquecimento global é um fenômeno que tem sido registrado nas últimas décadas e evidencia um aumento anormal da temperatura média da Terra.
O aquecimento global é um fenômeno que tem sido registrado nas últimas décadas e evidencia um aumento anormal da temperatura média da Terra.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

O aquecimento global designa o aumento das temperaturas médias do planeta ao longo dos últimos tempos, o que, em tese, é causado pelas práticas humanas – embora existam discordâncias quanto a isso no campo científico. A principal causa desse problema climático que afeta todo o planeta é a intensificação do efeito estufa, fenômeno natural responsável pela manutenção do calor na Terra e que vem apresentando uma maior intensidade em razão da poluição do ar resultante das práticas humanas.

Sob o ponto de vista oficial, o principal órgão responsável pela sistematização e divulgação de estudos relacionados com o aquecimento global é o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC). Para o IPCC, o problema em questão não deve sequer ser motivo de discussão em termos de sua existência ou não, pois, segundo ele, é mais do que comprovada a série de mudanças climáticas ocorridas nos últimos tempos e a participação do ser humano nesse processo.

Dados levantados por cientistas vinculados ao IPCC afirmam que o século XX, em razão dos desdobramentos ambientais das Revoluções Industriais, foi o período mais quente da história desde o término da última glaciação, com um aumento médio de 0,7 ºC nas temperaturas de todo o planeta. Ainda segundo o órgão, as previsões para o século XXI não são nada animadoras, pois haverá a elevação de mais 1 ºC, em caso de preservação da atmosfera, ou de 1,8 ºC a 4 ºC, em um cenário mais pessimista e que apresente maior poluição.

O desmatamento é uma das causas associadas ao aquecimento global, pois promove desequilíbrio climático.
O desmatamento é uma das causas associadas ao aquecimento global, pois promove desequilíbrio climático.

Tópicos deste artigo

Causas do aquecimento global

As principais causas do aquecimento global estão relacionadas, para a maioria dos cientistas, com as práticas humanas realizadas de maneira não sustentável, ou seja, sem garantir a existência dos recursos e do meio ambiente para as gerações futuras. Assim, formas de degradação ao meio natural, como a poluição, as queimadas e o desmatamento, estariam na lista dos principais elementos causadores desse problema climático.

O desmatamento das áreas naturais contribui para o aquecimento global no sentido de promover um desequilíbrio climático decorrente da remoção da vegetação, que tem como função o controle das temperaturas e dos regimes de chuva. A Floresta Amazônica, por exemplo, é uma grande fornecedora de umidade para a atmosfera, provendo um maior controle das temperaturas e uma certa frequência de chuvas para boa parte do continente sul-americano, conforme estudos relacionados com os chamados rios voadores. Se considerarmos essa dinâmica em termos mundiais, pode-se concluir que a remoção das florestas contribui para o aumento das médias térmicas e para a redução dos índices de pluviosidade em vários lugares.

Mapa Mental: Aquecimento Global

Mapa Mental: Aquecimento Global

*Para baixar o mapa mental em PDF, clique aqui!

Outra causa para as mudanças climáticas é a emissão dos chamados gases-estufa. Os principais gases são: o dióxido de carbono (CO2), gerado em maior parte pela queima de combustíveis fósseis; o gás metano (CH4), gerado na pecuária, na queima de combustíveis e da biomassa e também em aterros sanitários; o óxido nitroso (N2O), produzido pelas fábricas; além de gases com flúor, tais como os flúor-hidrocarbonos e os perfluorocarbonos.

Além disso, a poluição das águas também é um fator relacionado com o aquecimento global. No caso dos oceanos, existem seres vivos responsáveis pela absorção de gás carbônico e emissão de oxigênio: os fitoplânctons e as algas marinhas. Portanto, a destruição de seus habitat também pode interferir diretamente na dinâmica atmosférica global.

Uma das principais consequências do aquecimento global é o derretimento das calotas polares e o consequente aumento do nível dos oceanos.
Uma das principais consequências do aquecimento global é o derretimento das calotas polares e o consequente aumento do nível dos oceanos.

Consequências do aquecimento global

Os efeitos do aquecimento global são diversos e podem estar relacionados com a atmosfera, hidrosfera e também com a biosfera. Podemos citar como consequência do aquecimento global, primeiramente, o fenômeno do degelo que vem ocorrendo nas calotas polares. Com isso, a área de várias espécies animais, sobretudo no Ártico, está ficando cada vez mais diminuta, o que acarreta problemas ambientais de ordem ecológica. Além disso, para muitos estudiosos, isso vem causando a elevação do nível dos oceanos, embora esse fenômeno esteja mais associado ao degelo que ocorre na Antártida e também na Groenlândia.

Outro efeito ainda mais latente é o aumento das temperaturas, conforme já mencionado. Muitas espécies podem entrar em extinção, além de a disponibilidade de água em várias partes do globo tornar-se cada vez menor em razão da maior ocorrência de secas em períodos mais prolongados. Esse tipo de situação prejudica a oferta de recursos naturais para os seres vivos e a manutenção da cadeia alimentar. Com o aquecimento global, fenômenos cíclicos e anomalias climáticas vêm tornando-se cada vez mais frequentes, tais como o El Niño, que, entre outras consequências, proporciona secas severas em muitas regiões do globo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

De toda forma, ainda não existe um consenso específico sobre a totalidade dos fenômenos causados pelo aquecimento global, que pode gerar ainda a maior incidência de tufões e furacões ou a presença deles em áreas onde não eram comuns. Além disso, os desequilíbrios climáticos também estariam provocando uma maior incidência de tempestades em certas áreas, que passam a sofrer sobremaneira com esse tipo de problema.

Leia mais: O aquecimento global e a extinção das espécies

Segundo alguns estudiosos, o aumento da concentração dos gases de efeito estufa tem contribuído para o aumento das temperaturas do planeta.
Segundo alguns estudiosos, o aumento da concentração dos gases de efeito estufa tem contribuído para o aumento das temperaturas do planeta.

Aquecimento global e o efeito estufa

O efeito estufa é um fenômeno de ordem natural capaz de garantir que a Terra seja habitável. Isso acontece porque ele é responsável por manter a temperatura média do planeta, evitando que o calor seja totalmente irradiado de volta ao espaço. Dessa forma, não há grandes amplitudes térmicas (variações de temperatura) entre a noite e o dia.

A energia solar que chega até a superfície terrestre emitida pelos raios solares é absorvida em grande parte e logo irradiada de volta ao espaço. Quando esse calor volta ao espaço, os gases presentes na atmosfera impedem que todo esse calor seja dispersado, garantindo então que a temperatura média da Terra não se abaixe drasticamente.

Os gases responsáveis pelo efeito estufa são vapor d'água, clorofluorcarbono (CFC), ozônio, metano, dióxido de carbono e óxido nitroso. Contudo, a concentração desses gases, principalmente o dióxido de carbono, aumentou significativamente na atmosfera nas últimas décadas. A emissão desses gases é proveniente principalmente da ação antrópica.

Leia também: Ações antrópicas no meio ambiente

Essa concentração de gase-estufa tem provocado, segundo alguns estudiosos, mudanças na dinâmica climática do planeta. Nas últimas décadas, observou-se uma relação entre o aumento dos gases de efeito estufa e o aumento das temperaturas do planeta. De acordo com o IPCC, a temperatura da Terra aumentou cerca de 0,85 ºC nos continentes e 0,55 ºC nos oceanos dentro de um período de 100 anos.

É válido ressaltar que essa correlação não é unanimidade entre os estudiosos, visto que muitos desacreditam que o aumento desses gases tem agravado o aquecimento global. Para alguns, esse aquecimento elevado constitui apenas uma fase de variação da dinâmica climática da Terra.

Críticas ao aquecimento global

Não é consenso na comunidade científica a ocorrência do aquecimento global, nem mesmo as suas causas. Para muitos, o aquecimento global, que seria uma “farsa”, não se baseia em fatos verdadeiramente científicos, causando certo alarmismo que não se justifica. Em algumas posições, a existência do problema é até admitida, mas não tomada como um efeito das ações antrópicas. Em outras perspectivas, não estaria acontecendo um aquecimento da Terra, mas sim um resfriamento rumo a uma glaciação.

Os chamados “céticos de clima” consideram que o gás carbônico não gera efeitos conclusivos sobre o clima, principalmente no sentido de intensificar o efeito estufa. Além disso, mesmo que esses efeitos climáticos ocorressem pelos gases-estufa, eles seriam mínimos, pois os principais reguladores do clima em ordem global são os raios solares e os oceanos.

As linhas de argumentação também se baseiam em contestações de alguns dos elementos acima explicados, como a suposta elevação dos oceanos – que teria ocorrido menos do que se pensa e seria causada por outros fatores, tais como a órbita terrestre e lunar – e também os dados fornecidos pelo IPCC, que, segundo alguns autores, teriam um rigor científico questionável.

De toda forma, independentemente da existência ou não do aquecimento global, é possível concluir que se deve preservar o meio ambiente ao máximo, principalmente com a redução da poluição e do desmatamento, bem como com a preservação dos recursos hídricos. Afinal, o clima não é o único afetado pelas práticas predatórias geradas pelas atividades antrópicas, que podem acarretar problemas de saúde, falta de água e recursos, entre outras ocorrências.

Veja também: Acordos climáticos para conter o agravamento do aquecimento global

Resumo

O aquecimento global refere-se ao aumento elevado da temperatura média da Terra. Apesar de ser um assunto que não é um consenso na comunidade científica, muitos estudiosos acreditam que esse fenômeno agravou-se em razão das atividades humanas. A poluição do ar por meio de queimadas, do intenso uso de transportes e do aumento da produção no setor industrial também é associado ao aquecimento global. As principais consequências desse fenômeno são o derretimento das calotas polares, o aumento do nível dos oceanos, a diminuição dos recursos hídricos e diversas anomalias climáticas, como El Niño e furacões.


Por Me. Rodolfo Alves Pena e Rafaela Sousa
Mestre em Geografia e Graduada em Geografia respectivamente.

*Mapa Mental por Rafaela Sousa
Graduada em Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUSA, Rafaela. "Aquecimento Global"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/aquecimento-global.htm. Acesso em 06 de julho de 2022.

Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

O aquecimento do globo é um processo natural, mas que vem sendo intensificado pelas ações humanas, especialmente por meio da

A) utilização de recursos renováveis.

B) elevação do volume de água do mar.

C) acentuação do processo de arenização.

D) concentração de chuvas nas cidades.

E) emissão de poluentes na atmosfera.

Exercício 2

Qual fenômeno natural está diretamente relacionado à ocorrência do aquecimento global?

A) Efeito estufa

B) Chuva ácida

C) Inversão térmica

D) Ilhas de calor

E) Arenização

PUBLICIDADE

Estude agora


Êxodo rural

Assista à nossa aula e descubra o que é o êxodo rural. Conheça as causas e consequências desse fenômeno mundial....

Área da esfera

Nesta videoaula, vamos realizar a demonstração para o cálculo da área de uma esfera e resolveremos um...