Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Gripe aviária (Gripe do frango)

Gripe aviária é uma doença causada pelo vírus influenza tipo A. Aves doentes ou que tiveram contato com aves doentes devem ser sacrificadas a fim de se controlar a doença.

Aves em uma gaiola em referência à gripe aviária.
As aves também estão sujeitas a infecções pelo vírus influenza.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A gripe aviária, também chamada de influenza aviária ou gripe do frango, é resultado da infecção de aves pelo vírus influenza, ou seja, o vírus causador da gripe. Eventualmente a doença atinge os seres humanos, podendo até mesmo provocar a morte deles. Geralmente a gripe aviária infecta pessoas que têm contato direto com os animais doentes, como profissionais que trabalham em granjas.

Tópicos deste artigo

O que é influenza ou gripe?

Influenza ou gripe é uma infecção provocada pelo vírus influenza e que afeta o sistema respiratório. A doença provoca nos seres humanos sintomas como febre, mal-estar, dores de cabeça, dor muscular e tosse seca. As complicações da doença ocorrem principalmente em pessoas idosas, crianças, gestantes e pessoas que apresentam comorbidades.

A gripe pode ser prevenida por meio de vacinação, entretanto, a vacina não confere proteção contra todos os tipos de influenza. Sendo assim, é fundamental que estudos constantes sejam realizados a fim de identificar quais vírus estão circulando.

Leia mais: Vacina contra a gripe – é uma importante arma contra essa doença, que mata várias pessoas anualmente

O que é a gripe aviária?

A gripe aviária é uma doença causada pelo vírus influenza em aves. A doença, assim como nos seres humanos, provoca problemas respiratórios, desencadeando espirros, tosse e corrimento nasal nesses animais. Além disso, pode provocar pneumonia, dificuldade de locomoção, edema da crista e barbela, hemorragia nos músculos, e diminuição da postura de ovos.

A doença é responsável pela alta mortalidade das aves, sendo observado em algumas ocasiões a morte desses animais antes mesmo do desenvolvimento de sintomas. A letalidade da gripe aviária, em alguns casos, chega a próximo de 100%.

A gripe aviária pode infectar diferentes espécies, entretanto, os principais reservatórios dos vírus causadores da gripe aviária são as aves silvestres aquáticas. Essas aves podem infectar aves domésticas, sendo que a transmissão ocorre, principalmente, pelas vias respiratórias e fezes.

Uma ave selvagem pode contaminar uma ave doméstica principalmente quando esta é criada livre e compartilha reservatório de água com aves selvagens ou faz uso de reservatórios de água que podem estar contaminados por excretas de aves selvagens. Vale salientar que a doença pode se propagar devido ao movimento de aves migratórias bem como ao comércio internacional de aves vivas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O tratamento para aves com a gripe aviária ainda não existe. Por ser uma doença de grande poder de transmissão, os animais infectados ou que tiveram contato com os animais doentes devem ser sacrificados. Além disso, deve-se fazer o descarte adequado das carcaças, e as granjas devem ser desinfectadas. As pessoas que tiveram contato com essas aves devem ser também monitoradas.

Leia também: 10 dicas para se prevenir contra gripes e resfriados

Que tipo de vírus influenza afeta as aves?

Existem três tipos de influenza: A, B, C e D. Os tipos A e B são os responsáveis por epidemias sazonais nos seres humanos, enquanto o C, não. O influenza D foi identificado em 2011 e não é capaz de infectar humanos. Os vírus influenza do tipo A são classificados de acordo com as proteínas encontradas em sua superfície: hemaglutinina (H) e neuraminidase (N). Um vírus influenza tipo A muito conhecido é o A(H1N1)pdm09, responsável pela primeira pandemia de influenza do século XXI, em 2009.

Os vírus responsáveis por causar gripe aviária são os influenza tipo A, sendo os subtipos H5 e H7 de alta patogenicidade. Os principais vírus causadores da gripe aviária são o H5N1 e H7N7. Em 2021, a China relatou o primeiro caso de gripe aviária causado pela cepa H10N3, a qual apresenta baixa patogenicidade e baixo risco de se espalhar em larga escala. Nas aves, os tipos B e C não ocorrem.

1ª morte pela variante H5N2 da gripe aviária

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que, no dia 23 de maio de 2024, foi confirmada a primeira morte pela variante H5N2 da gripe aviária. O dado foi repassado por autadoridades mexicanas.

Conforme a OMS, o paciente, com 59 anos e morador do México, não teve histórico de contato com aves ou outros animais. Familiares do mexicano disseram que ele tinha outros problemas de saúde e que já estava acamado há três semanas antes de os sintomas agudos aparecerem.

A OMS avisa que a variante H5N2 da gripe aviária já havia sido identificada no México. 

*Com informações da Agência Brasil

Aves sendo sacrificadas em decorrência da gripe aviária.
As aves identificadas com gripe aviária devem ser sacrificadas. |1|

A gripe aviária pode infectar humanos?

Eventualmente o vírus da influenza aviária pode contaminar seres humanos e até mesmo levá-los à morte. Essa contaminação ocorre quando temos contato direto com aves infectadas ou suas fezes, representando um risco para trabalhadores de granjas e abatedouros.

A primeira epidemia de gripe aviária que acometeu os seres humanos ocorreu, em 1997, em Hong Kong. Na ocasião a doença desencadeou a hospitalização de 18 pessoas, com 6 óbitos. Posteriormente outros casos foram registrados, sendo observado, a partir de 2003, uma maior quantidade de relatos da doença.

A gripe aviária causa temor por apresentar uma letalidade de cerca de 60% em humanos. Sendo assim, é importante que surtos da doença sejam controlados rapidamente.

Crédito das imagens

|1| ChameleonsEye / Shutterstock.com

Escritor do artigo
Escrito por: Vanessa Sardinha dos Santos Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Goiás (2008) e mestrado em Biodiversidade Vegetal pela Universidade Federal de Goiás (2013). Atua como professora de Ciências e Biologia da Educação Básica desde 2008.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Gripe aviária (Gripe do frango)"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/doencas/gripedofrango.htm. Acesso em 21 de julho de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


10 formas de se prevenir de gripes e resfriados

Conheça 10 formas de prevenir-se de gripes e resfriados e entenda como os hábitos de higiene são importantes para evitar enfermidades.
Saúde na escola

Atividades físicas e a gripe

Muitas dúvidas rondam a cabeça das pessoas quando o assunto é atividades físicas e a gripe. Clique aqui e descubra se essa combinação é saudável!
Saúde e Bem-estar

Como prevenir a gripe no ambiente escolar?

Você sabe como prevenir a gripe no ambiente escolar? Clique aqui e descubra como evitar o surgimento de surtos de gripe nas escolas com dicas bastante simples. Além disso, compreenda por que é tão importante dar atenção especial a esse ambiente e às pessoas que nele se encontram.
Saúde na escola

Dicas para se prevenir da gripe H1N1 (Gripe A)

Conheça algumas dicas para se prevenir da gripe H1N1 e evite a contaminação por essa doença!
Doenças e patologias

Diferença entre COVID-19, gripe e resfriado

Você sabe a diferença entre COVID-19, gripe e resfriado? Clique aqui e aprenda mais sobre essas doenças virais presentes no Brasil! Saiba o que são e seus sintomas!
Doenças e patologias

Diferença entre gripe e resfriado

Compreenda a diferença entre gripe e resfriado, conheça os principais sintomas e aprenda a se prevenir dessas doenças causadas por vírus.
Saúde na escola

Gastrenterite rotaviral, gripe e hepatites

Breves informações sobre três doenças virais: gastrenterite rotaviral, gripe e hepatites.
Biologia

Gripe Suína

Principais cuidados para se evitar a doença.
Educação

Gripe espanhola

Clique para saber mais acerca da gripe espanhola. Entenda por que ela leva esse nome, vejas as teorias sobre onde surgiu e saiba como afetou o Brasil.
História Geral

Por que devemos nos vacinar todos os anos contra a gripe?

Clique aqui e descubra por que devemos nos vacinar todos os anos contra a gripe e tire também outras dúvidas sobre essa doença e sua vacina.
Saúde na escola