Topo
pesquisar

Atividades físicas e a gripe

Saúde e Bem-estar

As atividades físicas e a gripe já foram alvo de vários estudos que comprovaram que nem sempre é preciso afastar-se dos treinos quando se está resfriado ou gripado.
 Exercícios intensos não são recomendados quando estamos gripados ou resfriados
Exercícios intensos não são recomendados quando estamos gripados ou resfriados
PUBLICIDADE

Você é daqueles que não consegue ficar um dia longe da academia, mas não sabe o que fazer quando está gripado ou resfriado? A seguir mostraremos o que algumas pesquisas dizem a respeito das atividades físicas e a gripe ou resfriados.

Todos nós sabemos a importância dos exercícios físicos para a saúde do corpo e também da mente. A realização de atividades físicas melhora a qualidade de vida, além de prevenir doenças como diabetes, obesidade, resfriados e até mesmo infartos. É cientificamente comprovado: quem faz exercícios vive mais e melhor.

Mas o que devemos fazer quando estamos resfriados ou gripados, uma vez que a recomendação feita pelos médicos normalmente é de repouso? Apesar dessa recomendação, o American College of Sports Medicine afirma que exercícios físicos podem ajudar no alívio dos sintomas dessa enfermidade.

Isso não quer dizer que você deve ir para a academia e malhar por várias e várias horas. O ideal é a realização de exercícios de forma moderada, com duração de aproximadamente 30 minutos por dia e somente quando os sintomas estiverem apenas na região da cabeça. Sendo assim, você só deve fazer atividades físicas quando ocorrer dores de cabeça sem febre, irritação na garganta, obstrução nasal ou coriza.

Caso você sinta dores fortes no corpo, febre alta, fraqueza e dores no peito, a atividade física não é recomendada. Nesses casos, o ideal é que você fique em casa de repouso e beba bastante líquido por pelo menos duas semanas. Além disso, é importante que a prática de atividade seja retomada gradativamente. Lembre-se de que, nesses casos, o exercício pode trazer riscos à sua saúde, com o possível agravamento da doença.

É importante destacar que a velha história de “suar a doença” não passa de um grande mito. Não há nenhuma comprovação científica de que exercícios físicos durante uma doença vão curá-la. Além disso, pode ser extremamente perigosa a realização de atividades dependendo da doença e da intensidade de seus sintomas.

Resumindo:

Sintomas apenas na região da cabeça = permitido exercícios moderados

Sintomas que se espalham além da cabeça = evite a realização de exercícios.

Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Atividades físicas e a gripe"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/saude/atividades-fisicas-gripe.htm>. Acesso em 26 de abril de 2018.

Resfriado: infecção das vias aéreas superiores
Doenças e patologias Resfriado
Os sintomas da gripe são mais incapacitantes que os do resfriado.
Doenças e patologias Gripe
As formas de transmissão da gripe A são semelhantes à de qualquer outra gripe.
Doenças e patologias Gripe A
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA