close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

O que é espécie?

Definir o que é espécie não é uma tarefa fácil e requer muito cuidado. Nenhum conceito existente na atualidade é capaz de contemplar todos os seres vivos.

O cachorro e o gato são exemplos de organismos de espécies diferentes
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Gatos e cachorros são animais de espécies diferentes, e isso não é novidade para nenhuma pessoa, uma vez que são seres bastante distintos. Entretanto, não é apenas a aparência que determina se indivíduos são ou não da mesma espécie. Diversos fatores são usados para indicar uma espécie e nem sempre eles são muito claros, dificultando a definição desse conceito.

Tópicos deste artigo

O que é uma espécie?

Existem mais de 20 conceitos de espécie publicados, entretanto, atualmente, a definição mais conhecida é aquela proposta por Mayr, denominada de conceito biológico de espécie. De acordo com esse conceito, espécies são agrupamento de populações naturais que são capazes de reproduzir-se naturalmente e são reprodutivamente isoladas de outros grupos.

Isso quer dizer que, para organismos serem considerados de uma mesma espécie, eles devem ter capacidade de reproduzir-se em ambiente natural. Perceba que em nenhum momento a aparência é usada como critério decisivo. Um dos motivos para que a aparência não seja utilizada com esse propósito é a existência daquelas espécies que apresentam machos e fêmeas bastante distintos, como é o caso do papagaio-ecletus, em que macho possui plumagem verde e a fêmea possui plumagem vermelha e azul. Além disso, existem muitas espécies muito semelhantes que são incapazes de cruzar.

Quais os problemas do conceito biológico de espécie?

Apesar do conceito biológico de espécie ser bem aceito, ele apresenta alguns problemas. Um deles é o fato de não englobar organismos assexuados. Se um organismo reproduz-se sozinho, como podemos analisar sua capacidade de reprodução com outro indivíduo?

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Além da reprodução assexuada, não podemos nos esquecer dos híbridos. Esse termo é utilizado para explicar o resultado do cruzamento entre duas espécies de diferentes. O cruzamento de uma égua com um jumento, por exemplo, origina o burro ou uma mula. Assim sendo, nem sempre os indivíduos capazes de reproduzir-se são da mesma espécie.

O conceito biológico de espécie também é um problema quando falamos dos fósseis. Nesses grupos de organismos, é impossível determinar o processo reprodutivo.

Outros conceitos de espécie

Percebemos que existem muitos problemas para definir uma espécie, e não existe consenso por parte dos pesquisadores em relação a essas definições. Sendo assim, há outros conceitos que buscam corrigir falhas existentes no conceito biológico.

  • Conceito morfológico de espécie: Esse conceito define uma espécie pela sua semelhança. Apesar de impreciso, ele é importante para identificar organismos com reprodução assexuada.

  • Conceito ecológico de espécie: Nesse conceito, uma espécie é definida analisando seu nicho ecológico.

  • Conceito filogenético de espécie: Esse conceito define uma espécie como o menor grupo de indivíduos que apresenta um ancestral comum. Para fazer essa afirmação, é necessário, entre outras análises, observar a morfologia e as sequências moleculares.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "O que é espécie?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-especie.htm. Acesso em 23 de maio de 2022.

Videoaulas


Estude agora


O que é o Hamas?

Assista à nossa videoaula e entenda o que é o Hamas. Conheça o histórico de formação desse grupo político...

Verbos de cambio

Nesta videoaula, veremos os conceitos e usos dos verbos de cambio em Espanhol, com o professor Eduardo Lobos. Não...