Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

O fator demográfico da China

China

Na China, o governo impõe um rigoroso controle de natalidade
Na China, o governo impõe um rigoroso controle de natalidade
PUBLICIDADE

A China tem destaque em relação ao número de pessoas que habitam o seu território, pois atualmente o país é o mais populoso do mundo. O número estimado da população chinesa é de 1,3 (um bilhão e trezentos milhões) de habitantes.

O crescimento vegetativo ou natural da população chinesa tem sido uma das preocupações do governo chinês nas últimas décadas. O processo para reverter esse dado teve início a partir de 1970, quando os índices de crescimento vegetativo atingiam 2,6% anual, doravante o governo tem buscado formas para conter o crescimento da população, a forma encontrada foi de implantar um criterioso e rigoroso controle de natalidade que ficou conhecido como “política de filho único”.

Quando os pais não cumprem com o controle proposto pelo governo são submetidos a punições executadas a partir da perda de direitos a programas sociais, além de a pessoa ser obrigada a efetuar pagamento de multas ou correr o risco de ser destituído do emprego.

A medida de controle de natalidade que recentemente vem sendo utilizada é de oferecer informações, a partir dos meios de comunicação, e também de dispor de métodos de prevenção à gravidez (camisinha, anticoncepcionais), e de modo mais radical, realizar, de forma imposta, procedimentos cirúrgicos que levam as pessoas a se tornarem estéreis, principalmente aqueles que já têm um filho.

Por meio de todos esses métodos, alguns deles questionáveis, o governo alcançou uma diminuição de 2,6% para 0,6%, dessa forma evitou que milhares de pessoas agregassem à enorme população chinesa.

O lado negativo do controle de natalidade

Para colocar em prática o controle de natalidade, muitas crianças morrem, quase sempre do sexo feminino, uma vez que existe preconceito em relação a esse sexo na China.

Teoricamente, o governo não aprova meios cruéis para o controle de natalidade, no entanto, na realidade o que ocorre é o inverso, os funcionários responsáveis por fiscalizar o controle do governo são forçados, através de fortíssima pressão, a retirar as mulheres grávidas de suas casas e as prenderem para executar o aborto.

Muitas mães são mortas por não aceitarem o aborto, outras têm seus filhos escondidos e suas famílias são torturadas para dizer o paradeiro da gestante, além de ter a casa incendiada.

Muitos casais vendem seus filhos para casais estéreis, para não sofrerem as punições do governo chinês.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

China - Geografia - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FREITAS, Eduardo de. "O fator demográfico da China "; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/china/o-fator-demografico-china.htm. Acesso em 30 de novembro de 2021.