Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Recife

Geografia do Brasil

Recife é capital do estado de Pernambuco, no Nordeste. Suas pontes e rios lhe garantiram a alcunha de Veneza Brasileira. Conta hoje com 1,6 milhão de habitantes.
Bandeira de Recife.
Bandeira de Recife.
PUBLICIDADE

Recife é uma cidade brasileira localizada no litoral nordeste do país. Pertence a Pernambuco e desempenha a função de capital estadual, abrigando, assim, a sede do governo. Recife é a cidade mais populosa e mais povoada do estado, contando hoje com 1,6 milhão de habitantes e densidade demográfica que supera os sete mil hab./km².

Além de centro político, Recife é também o centro econômico do seu estado, abrigando um parque industrial bastante diversificado bem como atividades terciárias, que contribuem enormemente para a composição do seu PIB, como o turismo.

Leia também: Quais são as capitais dos estados brasileiros?

Resumo sobre Recife

  • Recife é a capital do estado de Pernambuco, localizado na região Nordeste.

  • A cidade foi fundada no dia 12 de março de 1537. A partir do século XVI, ficou por um intervalo de tempo sob o domínio holandês, quando houve um intenso processo de ocupação e urbanização.

  • Recife tem um clima Tropical úmido e relevo que varia do plano a suavemente ondulado. Insere-se no bioma Mata Atlântica.

  • Em função dos rios que atravessam a cidade e das suas pontes, recebeu a alcunha de Veneza Brasileira.

  • A cidade possui 1.653.461 habitantes, a maior população de Pernambuco e nona maior do Brasil. Recife é também densamente povoada, com 7.039,64 hab./km².

  • A economia recifense é a 13ª em escala nacional, e tem PIB de R$ 52,4 bilhões. Destaca-se o setor terciário, com os serviços atrelados ao turismo e também às atividades portuárias. A cidade dispõe também de um parque industrial bastante diversificado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais de Recife

  • Gentílico: recifense

  • Localização

    • País: Brasil

    • Unidade federativa: Pernambuco

    • Região intermediária[1]: Recife

    • Região imediata[1]: Recife

    • Região metropolitana: Região Metropolitana de Recife

      Formada pelos seguintes municípios: Recife, Abreu e Lima, Araçoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Goiana, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista e São Lourenço da Mata

    • Municípios limítrofes: Paulista, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço da Mata, Camaragibe

  • Geografia

    • Área total: 218,843 km² (IBGE, 2020)

    • População total: 1.653.461 habitantes (IBGE, 2020)

    • Densidade: 7.039,64 hab./km² (IBGE, 2010)

    • Clima: Tropical úmido

    • Altitude: quatro metros

    • Fuso horário: GMT -3

  • Histórico

    • Fundação: 12 de março de 1537

Geografia de Recife

Recife é um município brasileiro do estado de Pernambuco, que compõe a região Nordeste. Desempenha o papel de capital estadual, abrigando, assim, a sede do governo dessa unidade federativa. A cidade fica no litoral pernambucano, estendendo-se por uma área de 218,85 km² aproximadamente, o equivalente a 0,22% da área estadual. Recife faz fronteira com outros cinco municípios, sendo eles:

  • Olinda, a leste;

  • Paulista, a nordeste e norte;

  • Camaragibe e São Lourenço da Mata, a oeste;

  • Jaboatão dos Guararapes, ao sul.

Conforme definido pelo IBGE, Recife é considerada uma metrópole. Dessa forma, torna-se o principal município da Região Metropolitana de Recife, composta por 15 cidades.

Veja também: 5 maiores metrópoles brasileiras

Vista parcial de Recife e da praça do Marco Zero, indicando o local de fundação da capital pernambucana.
Vista parcial de Recife e da praça do Marco Zero, indicando o local de fundação da capital pernambucana.
  • Clima de Recife

O clima predominante em Recife é o Tropical úmido, marcado pelas elevadas temperaturas e umidade relativa do ar. Este aspecto é influenciado notadamente pela maritimidade. A temperatura média fica em torno de 25 ºC, enquanto as máximas podem superar os 30 ºC, e as mínimas ficam entre 22 ºC e 23 ºC. As chuvas se concentram nos meses correspondentes ao outono e início do inverno, com volumes anuais de 1200 mm em média.

  • Relevo de Recife

A cidade de Recife está inserida no domínio das Planícies e Terras Baixas Costeiras, conforme classificação estabelecida por Aziz Ab’Sáber. Seu relevo urbano é caracterizado pela predominância de morros, que perfazem quase 68% de toda a área da cidade, e também planícies. A capital pernambucana se encontra a quatro metros acima do nível do mar.

  • Vegetação de Recife

A cobertura vegetal recifense integra o bioma Mata Atlântica. No ano de 2015, a capital foi reconhecida como a terceira cidade em que houve maior preservação das áreas recobertas pela floresta atlântica proporcionalmente à sua superfície. A extensão era, à época, de 20% ou 4,4 mil hectares. Recife conta hoje com 25 unidades de conservação da natureza (UCN) e áreas de preservação ambiental (APA), as quais incluem tanto as florestas quanto os manguezais.

  • Hidrografia de Recife

Foto da ponte Maurício de Nassau em Recife, Pernambuco.
Pelos seus rios e pontes, Recife é conhecida como Veneza Brasileira. Uma das pontes mais famosas é a Maurício de Nassau, retratada na imagem.

Recife possui uma ampla rede de drenagem formada por diversos rios, riachos, lagos e açudes, que conferem à capital pernambucana um aspecto insular. As áreas de terra são interligadas por pontes, que são oito no total. O conjunto paisagístico composto pelos cursos d’água e pelas pontes fez com que Recife recebesse a alcunha de Veneza Brasileira. Os principais rios que cruzam a cidade são:

  • Capibaribe;

  • Beberibe;

  • Tejipió.

Leia também: Rio São Francisco – importante curso d’água para a região Nordeste

Mapa de Recife

Localização da cidade de Recife no litoral nordeste do Brasil.

Foto de um mapa focalizando parte do Nordeste brasileiro com uma marcação sobre a cidade de Recife.

Demografia de Recife

Recife possui a maior população de Pernambuco e a terceira maior da região Nordeste. A cidade conta hoje com 1.653.461 habitantes, conforme mostram os dados do IBGE para 2020. Trata-se, além disso, da nona capital mais populosa do Brasil. Os recifenses representam 17,1% da população pernambucana e 40,7% dos moradores da Região Metropolitana de Recife, que agrega mais de quatro milhões de pessoas.

Além de populosa, Recife é uma cidade densamente povoada. Com 7.039,64 hab./km², é a segunda maior densidade demográfica de Pernambuco, ficando atrás apenas do município vizinho, Olinda, que possui mais de nove mil hab./km². Em escala mais ampla, Recife representa a 12ª maior concentração urbana do país. Quando se analisa a situação domiciliar, o Censo do IBGE aponta que todos os recifenses vivem em área urbanizada.

A grande maioria da população recifense se autodeclara parda e branca, sendo o primeiro grupo de 49,08% e o segundo de 41,42% dos moradores da capital pernambucana. Os negros somam 8,31%, enquanto amarelos e indígenas representam, respectivamente, 0,96% e 0,24% da população de Recife.

Com relação aos indicadores sociais, Recife apresenta IDH de 0,772, segundo maior valor de Pernambuco. O primeiro lugar pertence ao arquipélago de Fernando de Noronha, com 0,788. Quando se analisa o conjunto de cidades brasileiras, a capital pernambucana fica na 210ª colocação, empatada com outros municípios, como Uberaba e Araxá, ambos em Minas Gerais.

Confira em nosso podcast: O que é preciso saber sobre teorias demográficas?

Divisão geográfica de Recife

O território recifense é subdividido em 94 bairros. Estes, por sua vez, encontram-se agrupados em diferentes Regionais Político-Administrativas (RPA), que são numeradas de 01 a 06 e possuem subdivisões, conforme indicado a seguir:

  • Região Centro – RPA 01;

  • Região Norte – RPA 02;

  • Região Nordeste – RPAs 03-A e 03-B;

  • Região Oeste – RPA 04;

  • Região Sudeste – RPA 05;

  • Região Sul – RPAs 06-A e 06-B.

Economia de Recife

Recife representa a maior economia de Pernambuco, sendo ainda a 13ª cidade mais rica do território nacional. A capital pernambucana possui também uma das maiores economias municipais das regiões Norte e Nordeste. Conforme os dados do IBGE para 2018, o Produto Interno Bruto (PIB) da capital pernambucana é de R$ 52,4 bilhões. Esse valor corresponde a 28% do PIB estadual.

O setor terciário exerce papel fundamental na economia recifense, e responde pela maior parcela do PIB municipal. Com exceção das atividades administrativas e públicas, sua fatia é de 71,2%. Para além dos estabelecimentos e atividades comerciais, Recife é uma cidade que atrai inúmeros turistas de diversas regiões do Brasil e do mundo, o que contribui enormemente com a economia da capital pernambucana.

Os atrativos são muitos, como construções e lugares históricos, as praias e paisagens naturais e atividades correlatas, como centros de mergulho, festividades, das quais se destaca o Carnaval e os seus blocos tradicionais, e inúmeros outros roteiros turísticos e de lazer realizados na cidade.

A indústria responde por 12,61% do PIB recifense. A cidade e sua região metropolitana possuem um parque industrial bastante heterogêneo, abrigando empresas dos ramos naval, da construção civil, automobilística, têxtil e moda, farmacêutico e hospitalar, e eletrônico. O setor primário, por sua vez, é responsável por somente 0,11% do PIB municipal. Entre os seus produtivos se destacam o coco-da-baía, banana, feijão, fava e mandioca, bem como a criação de galináceos e bovinos.

Veja também: Quais são os setores da economia?

Governo de Recife

O governo do município de Recife é do tipo democrático representativo. Isso significa que é a população recifense quem escolhe aqueles que ocuparão os principais cargos políticos na cidade, o que ocorre de quatro em quatro anos. O Poder Executivo municipal é liderado pelo prefeito. O Poder Legislativo, representado pela Câmara Municipal, é exercido por 39 vereadores municipais.

A cidade é também o centro político-administrativo do governo do estado de Pernambuco, desempenhando, assim, a função da capital estadual. A sede do governo pernambucano está localizada no Palácio do Campo das Princesas.

Vista aérea da região onde se encontra o Palácio do Campo das Princesas em Recife, Pernambuco.
O Palácio do Campo das Princesas, prédio amarelo na imagem, representa a sede do governo de Pernambuco.

Infraestrutura de Recife

Recife é uma cidade com a totalidade dos seus municípios situada em zona urbana. Diante disso, os dados do IBGE mostram que 69,2% deles possuíam esgotamento sanitário adequado à época do último Censo. As casas localizadas em locais arborizados somavam 60,5%, enquanto aquelas situadas em áreas urbanizadas adequadamente eram de 49,6%. A rede de abastecimento de água do município chegava a 86,7% delas, e a de energia era bem mais abrangente quando da realização dessa pesquisa, atendendo a uma parcela de 99,8%.

Além dos ônibus municipais e intermunicipais, Recife conta com um sistema de metrô ou trens urbanos que se estende por 71 km e através de três linhas, que atendem, além da capital, outros municípios da região metropolitana. Importantes rodovias federais e estaduais cruzam a capital de Pernambuco e a conectam com outros municípios brasileiros.

A cidade está situada em uma região com grandes estruturas portuárias, e, no Recife propriamente dito, o Porto de Recife é o responsável pelo escoamento, principalmente, de mercadorias derivadas do setor primário. Fica na capital também o Aeroporto Internacional de Recife-Guararapes.

Cultura de Recife

Recife possui um rico arcabouço cultural que se expressa de diversas maneiras. Uma delas é por meio de suas festas tradicionais, que reúnem pessoas vindas de todos os lugares de Pernambuco e do Brasil. O Carnaval é a principal delas, no qual se ouve uma mistura de diversos ritmos, como a ciranda, o coco de roda, o afoxé e o tradicional frevo. Outro destaque são as Festas Juninas e celebrações religiosas, como as festas de Nossa Senhora do Carmo e Nossa Senhora da Conceição.

Vista aérea de multidão de foliões participando do bloco carnavalesco Galo da Madrugada.
Galo da Madrugada, tradicional bloco carnavalesco do Recife.

O litoral de Recife é muito procurado não somente por turistas interessados em suas belas praias, mas também por mergulhadores dispostos a se aventurarem no Parque de Naufrágios Artificiais de Pernambuco (PNAPE), no qual muitas estruturas de embarcações afundadas por pesquisadores permanecem sob as águas do mar.

Isso foi feito porque a cidade é conhecida como a capital nacional dos naufrágios, tendo registros de ocorrência. Outros locais históricos, como o Centro Histórico de Recife, tornaram-se importantes pontos de visitação na capital pernambucana, bem como teatros, museus, parques e praças.

História de Recife

Recife é uma cidade muito antiga, tendo sido fundada no dia 12 de março de 1537. Sua posição era, desde o princípio da colonização no Brasil, considerada estratégica para a chegada e partida de embarcações. O povoamento da capital de Pernambuco começou, dessa forma, a partir da região portuária, que havia sido estabelecida nas primeiras décadas do século XVI. Dada a sua importância para o acesso ao território brasileiro à época, foi alvo de inúmeras tentativas de invasão. No século XVII, os holandeses obtiveram sucesso nisso.

Sob o domínio de Maurício de Nassau, a cidade de Recife passou por um intenso processo de urbanização que deixa marcas até o presente na sua paisagem. A economia recifense, mesmo após a expulsão dos holandeses do país, pautou-se essencialmente no comércio exterior e nas atividades desenvolvidas no porto.

O povoado se tornou oficialmente uma vila já com o nome Recife no ano de 1709. Um século mais tarde, em 1823, Recife se tornou uma cidade e sede municipal. A capital pernambucana é atualmente o centro político e econômico do estado, desempenhando importante papel também na região Nordeste.

Créditos das imagens

[1] Cacio Murilo / Shutterstock

[2] governadoreduardocampos / Commons

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Recife"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/recife.htm. Acesso em 17 de outubro de 2021.

Artigos Relacionados
Clique aqui e conheça Aracaju, cidade litorânea e capital de Sergipe. Entenda seu processo de formação, e leia mais sobre os seus principais aspectos geográficos.
Conheça quais são as capitais do Brasil e seus respectivos estados. Saiba como essas capitais distribuem-se pelo Brasil e quais foram as capitais federais.
Clique aqui e leia sobre a cidade de Fortaleza, capital do Ceará. A cidade é hoje a quinta maior do Brasil e uma das mais importantes da Região Nordeste.
Clique aqui para ler o nosso texto sobre a cidade de João Pessoa. Conheça um pouco mais dos aspectos geográficos, econômicos e populacionais da capital paraibana.
Leia nosso texto e aprenda mais sobre Maceió, capital do estado de Alagoas! Descubra a geografia da cidade, e conheça sua população, economia, cultura e história.
Leia nosso texto e conheça a cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte. Aprenda sobre seus aspectos geográficos, e entenda a sua importância para o estado.
Clique aqui para conhecer um pouco mais de São Luís, capital do Maranhão. Leia sobre os aspectos geográficos, a população, a economia e a cultura desse município.
Clique aqui para ler nosso texto sobre Teresina e conhecer um pouco da capital do Piauí. Entenda a sua importância e descubra as principais características da cidade.
Leia nosso texto sobre Vitória e conheça um pouco da capital do Espírito Santo. Saiba mais sobre seus aspectos físicos, econômicos, demográficos e culturais.