Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

São Luís

Geografia do Brasil

São Luís é um município brasileiro da Região Nordeste. É o centro político-administrativo do Maranhão e também a sua cidade mais populosa, com mais de 1 milhão de habitantes.
Bandeira de São Luís
Bandeira de São Luís
PUBLICIDADE

São Luís é um município brasileiro da Região Nordeste do país, integrante da região metropolitana da Grande São Luís. Situa-se na região insular conhecida como Ilha São Luís, limitada pelas baías de São Marcos e São José. Possui mais de 1 milhão de habitantes e é densamente povoado, com 1.215,69 hab./km². É o centro político-administrativo do Maranhão, além de representar a sua maior economia. O setor terciário é o que mais agrega ao PIB da cidade, com seus serviços portuários e o turismo. Sua paisagem urbana é marcada pela influência portuguesa, tornando-se patrimônio cultural.

Leia também: Quais são as capitais dos estados brasileiros?

Resumo

  • São Luís é a capital do estado do Maranhão, na Região Nordeste do Brasil.

  • Foi fundado por franceses no início do século XVII.

  • O posterior domínio português deixou suas marcas no conjunto arquitetônico da cidade e na sua planta.

  • Situa-se na Ilha de Upaon-Açu ou Ilha São Luís, dispondo de clima tropical úmido e relevo suavemente ondulado.

  • É a cidade mais populosa do Maranhão e 15ª do Brasil, com 1.108.975 de habitantes.

  • O PIB de São Luís é de R$ 33,7 bilhões. A maior participação é derivada do setor terciário, com grande destaque para os serviços portuários e as atividades turísticas.

  • Abriga importantes terminais portuários da Região Nordeste: o Porto de Itaqui e o Ponta da Madeira.

  • Dentre as suas tradições culturais se destacam o tambor de crioula, o reggae e as celebrações como as Festas Juninas e o Carnaval.

  • Seu centro histórico foi reconhecido como patrimônio cultural em 1997.

Dados gerais de São Luís

  • Gentílico: são-luisense ou ludovicense.

  • Localização de São Luís

    • País: Brasil.

    • Unidade federativa: Maranhão.

    • Região intermediária[1]: São Luís.

    • Região imediata[1]: São Luís.

    • Região metropolitana: Região Metropolitana da Grande São Luís (RMGSL). Formada por 13 municípios: São Luís, Alcântara, Bacabeira, Icatu, Paço do Lumiar, Raposa, Rosário, Santa Rita, São José de Ribamar, Axixá, Cachoeira Grande, Morros, Presidente Juscelino.

    • Municípios limítrofes: São José de Ribamar.

  • Geografia de São Luís

    • Área total: 583,063 km² (IBGE, 2020).

    • População total: 1.108.975 habitantes (IBGE, 2020).

    • Densidade: 1.215,69 hab./km² (IBGE, 2010).

    • Clima: tropical úmido.

    • Altitude: 24 metros.

    • Fuso horário: GMT -3 horas.

  • Histórico de São Luís

    • Fundação: 8 de setembro de 1612.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Geografia de São Luís

São Luís é uma cidade brasileira situada no litoral nordeste do país, na ilha conhecida como Ilha Grande ou Ilha São Luís. Pertence ao estado do Maranhão e desempenha o papel de capital estadual, uma vez que abriga a sede do governo e concentra suas funções administrativas.

Integra a Região Metropolitana da Grande São Luís, composta ao todo por 13 municípios. Situada em uma região insular, a cidade é limitada pela Baía de São Marcos e pela Baía de São José, respectivamente a noroeste e a sudeste. Faz divisa, ainda, com os municípios de Alcântara e São José de Ribamar, este com fronteira terrestre a leste do território ludovicense.

Vista do coreto, na Avenida Beira Mar, em São Luís, Maranhão.
São Luís é um município litorâneo do Nordeste brasileiro. [1]
  • Clima de São Luís

Situado no litoral nordeste brasileiro e, portanto, sob a influência da baixa latitude e da maritimidade, em São Luís há a ocorrência de clima tropical úmido. As temperaturas são elevadas na maior parte do ano, com médias que variam na faixa dos 23ºC, nos meses mais amenos, até 31º C, nos meses mais quentes. A umidade relativa do ar média é de 65%, chegando a 80% no período das chuvas, que se estende de dezembro a junho.

  • Relevo de São Luís

A cidade de São Luís está situada na Ilha de Upaon-Açu, conhecida como Ilha Grande ou de São Luís. Integra o domínio das planícies e terras baixas costeiras, conforme a classificação proposta por Aziz Ab’Sáber. Possui um relevo marcado por terrenos que variam entre planos e suavemente ondulados, onde as cotas altimétricas não ultrapassam os 63 metros.

  • Vegetação de São Luís

A cobertura vegetal de São Luís pertence à chamada Amazônia maranhense, uma vez que esse bioma se estende pelo noroeste e parte do nordeste do estado. Compõe, além disso, o sistema costeiro-marinho do Brasil. O trecho do litoral conhecido como reentrâncias maranhenses, devido ao recorte da linha costeira, é composto principalmente por mangues e vegetação dunar. A capital é recoberta ainda por trechos de floresta ombrófila (primária e secundária).

  • Hidrografia de São Luís

Localizada sobre uma região insular, São Luís está entre as baías de São Marcos, do Arraial e de São José Ribamar, com saída para o Oceano Atlântico. Seu território é bem drenado e abriga diversos mananciais, entre os quais estão os rios Anil, Bacanga, Maracanã, Paciência e Tibiri.

Leia também: Maceió — dados gerais da capital do estado de Alagoas

Mapa de São Luís

Recorte de mapa com destaque para a localização de São Luís
Localização da cidade de São Luís, capital maranhense, no litoral nordeste do Brasil.

Demografia de São Luís

A cidade de São Luís é a mais populosa do estado do Maranhão e conta atualmente com 1.108.975 de habitantes, valor esse que corresponde a 15,5% dos moradores do estado. Trata-se da 13ª capital brasileira em população e a 15ª maior cidade do Brasil. Além disso, São Luís representa a maior parcela dos moradores de sua região metropolitana, que tem 1,64 milhão de habitantes.

A capital maranhense é densamente povoada, com distribuição de 1.215,69 hab./km², conforme os dados do último censo realizado pelo IBGE. A pesquisa mostra também que a grande maioria dos habitantes de São Luís, cerca de 94%, vive na sua área urbana.

Pouco mais de 56% dos moradores da capital maranhense se autodeclaram pardos. Aproximadamente um terço é branca, enquanto os negros somam 13,2% da população. A população amarela é cerca de 1% e uma parcela de 0,18% é indígena. Quando se leva em consideração a faixa etária, embora haja boa distribuição, é possível observar um contingente maior entre as idades de 20 a 24 e 25 a 29 anos.

O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de São Luís é de 0,768, o mais elevado do Maranhão.

Divisão geográfica de São Luís

A cidade de São Luís é composta por aproximadamente 210 bairros, de acordo com dados de 2010. Esses incluem aqueles bairros maiores que, por vezes, se subdividem em unidades administrativas menores, sendo nomeados em conformidade (I, II, III e assim sucessivamente).

Economia de São Luís

São Luís representa um dos principais centros econômicos do Maranhão e também da Região Nordeste. O Produto Interno Bruto (PIB) do município é de R$ 33,7 bilhões, quarto mais elevado em escala regional e 24º quando se consideram todos os municípios brasileiros. Junto com os demais municípios que integram a Grande São Luís, somam quase 40% do PIB maranhense |1|.

O setor terciário é o mais representativo na economia ludovicense, setor esse que abarca todas as atividades relacionadas à administração pública e defesa, comércio, serviços e também aquelas atreladas ao turismo. Esse setor tem apresentado grande crescimento no Brasil e também na capital maranhense, que oferece inúmeros atrativos, como as suas praias e os monumentos históricos que recontam parte da história da capital e do país.

Ainda no terciário, os serviços executados nos portos possuem enorme importância para a economia de São Luís e também para o dinamismo econômico do Nordeste e outras regiões produtivas do Brasil, sobretudo os estados produtores de grãos e outras commodities agrícolas. Destacam-se o terminal de Ponta da Madeira e o Porto de Itaqui.

A indústria, setor que possui entre seus principais representantes a indústria de transformação, representa aproximadamente 23,9% do PIB de São Luís. O Distrito Industrial da capital maranhense concentra boa parte dessas atividades. A agropecuária responde por menos de 1% da economia da cidade. Entre os principais produtos derivados do setor estão o coco-da-baía, mandioca, feijão, arroz, banana e maracujá, assim como ovos de codorna, mel de abelha e leite.

Governo de São Luís

São Luís tem um governo que é do tipo democrático representativo. Aqueles que irão ocupar cargos de gestão na cidade são eleitos periodicamente, a cada quatro anos, mediante eleições populares. O prefeito é o chefe do Poder Executivo municipal. A Câmara Legislativa, órgão representante do Poder Legislativo, é composta por 31 vereadores.

Além disso, como sendo a capital do Maranhão, São Luís abriga a sede do governo, tornando-se assim centro político estadual. As atividades administrativas são executadas, em sua maioria, no prédio do Palácio dos Leões, no centro histórico da cidade.

Frente do Palácio dos Leões, sede do governo do Maranhão.
Palácio dos Leões, sede do governo do Maranhão. [2]

Infraestrutura de São Luís

São Luís é uma das principais cidades do Maranhão e concentra grande parcela de sua população, cujos domicílios se encontram, em sua maioria, na zona urbana. Uma pequena parte dessas unidades não possui acesso ao esgotamento urbano, ao passo que 76,3% eram abastecidos com água por meio do sistema municipal. Além disso, a coleta do lixo urbano abrangia aproximadamente 89% dos domicílios. A rede de energia elétrica atendia uma parcela de 99,8% das residências particulares da cidade.

Os deslocamentos urbanos contam com a rede de ônibus da cidade e também das balsas, modal aquaviário que promove o transporte entre as cidades e regiões vizinhas, como é o caso de Alcântara.

A capital maranhense possui ampla conexão com outros municípios e estados brasileiros por meio das rodovias federais, como a BR-135 e a BR-316. A cidade é atendida também pela Estrada de Ferro Carajás, que liga Goiás e Tocantins ao estado do Maranhão e é responsável pelo transporte de cargas. O Porto de Itaqui, conforme vimos, é um dos principais portos escoadores de mercadorias, em especial grãos, da Região Nordeste. As conexões aéreas se dão pelos aeroportos, entre os quais está o Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado, o mais importante do Maranhão.

Leia também: Estados do Brasil unidades federativas com governos autônomos

Cultura de São Luís

São Luís possui uma cultura extremamente rica, herdada de diversas matrizes culturais. Estas são oriundas dos povos que compuseram a sua população, como os franceses, portugueses, africanos e indígenas.

Muitas das influências podem ser encontradas na sua paisagem urbana, refletidas nas formas e nos edifícios históricos. Os trabalhados azulejos portugueses são vistos principalmente pela área mais antiga da cidade. Trata-se do Centro Histórico de São Luís, que foi reconhecido pela Unesco como Patrimônio Cultural Mundial no ano de 1997 em função da sua importância arquitetônica e, claro, histórica.

Antiga fachada de prédio com janelas, portas e azulejos do período colonial brasileiro, em São Luís, Maranhão
Os azulejos portugueses formam a paisagem do centro histórico de São Luís. [3]

Algumas das celebrações tradicionais realizadas na capital maranhense são as Festas Juninas, o Carnaval, a Festa da Juçara e muitas outras. Entre as danças típicas, não podemos deixar de mencionar o bumba meu boi e a cacuriá.

As manifestações culturais se estendem para diversas outras áreas como a música, com destaque para o tambor de crioula e para o reggae, estilo do qual São Luís é considerado a capital brasileira, dispondo de um Museu do Reggae. A Casa do Tambor de Crioula é outro importante centro cultural maranhense, valorizando uma das principais danças de origem africana do estado.

História de São Luís

Com vistas à expansão do seu domínio sobre as terras situadas no continente americano, os franceses foram responsáveis pela fundação da cidade de São Luís, em 8 de setembro de 1612, com assinatura de Daniel de La Touche e Fraçois de Rasilly. O nome do novo povoamento foi dado em homenagem ao Rei Luís XIII. Rapidamente os portugueses retomaram o seu domínio sobre aquela área, que foi alvo novamente de invasões estrangeiras, dessa vez dos holandeses, em meados do século XVII.

A expulsão dos holandeses no ano de 1645 consolidou o estabelecimento dos portugueses na Ilha de São Luís, dando início ao processo de ocupação e desenvolvimento urbano da sua principal cidade. À época já se podia afirmar que São Luís constituía um dos centros econômicos mais importantes da Região Nordeste do país, voltado para a produção têxtil e o cultivo de cana-de-açúcar e algodão. Esse último se tornou uma mercadoria de exportação, processo que ganhou força com a Guerra de Secessão nos Estados Unidos, em meados do século XIX, até então maior exportador, e a necessidade de os países buscarem por novos mercados fornecedores.

Após o fim do conflito e a retomada do status dos norte-americanos, a economia ludovicense recuou. Sua recuperação veio a partir do avanço das atividades logísticas a partir do século XX, mediante a construção dos terminais portuários e, mais tarde, da Estrada de Ferro Carajás, que ocorreu na década de 1980.

A influência portuguesa é vista hoje por meio tanto da planta da cidade quanto das suas edificações que formam o Centro Histórico de São Luís.

Notas

|1| Com estudos e mapeamento, Governo direciona programas para Região Metropolitana da Grande São Luís. Governo do Maranhão – Secretaria de Estado das Cidades do Maranhão (SECID), 27 maio 2019. Disponível aqui. Acesso em 24 jun. 2021.

Créditos da imagem

[1] Luis War / Shutterstock.com

[2] Stefano Ember / Shutterstock.com

[3] Cacio Murilo / Shutterstock.com


Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia 

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "São Luís"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/sao-luis.htm. Acesso em 17 de outubro de 2021.

Artigos Relacionados
Confira aqui as características físicas e socioeconômicas da região Nordeste do Brasil!
Clique aqui e conheça Aracaju, cidade litorânea e capital de Sergipe. Entenda seu processo de formação, e leia mais sobre os seus principais aspectos geográficos.
Características de uma das populações mais miscigenadas do Brasil.
Conheça quais são as capitais do Brasil e seus respectivos estados. Saiba como essas capitais distribuem-se pelo Brasil e quais foram as capitais federais.
Leia nosso texto sobre Porto Velho e conheça um pouco da capital de Rondônia, na região Norte do Brasil. Entenda também como se deu seu o seu processo de formação.
Leia nosso texto sobre Recife e conheça um pouco da Veneza Brasileira, como é chamada. Saiba mais sobre a geografia, população e economia da capital pernambucana.
Clique aqui para ler nosso texto sobre Teresina e conhecer um pouco da capital do Piauí. Entenda a sua importância e descubra as principais características da cidade.