Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Maceió

Geografia do Brasil

Maceió é uma cidade litorânea brasileira localizada em Alagoas, no Nordeste do país. Desempenha o papel de capital do estado e conta com mais de um milhão de habitantes.
Bandeira de Maceió
Bandeira de Maceió
PUBLICIDADE

Maceió é uma cidade brasileira localizada no litoral da região Nordeste do país. Situa-se no estado de Alagoas e abriga a sede do governo estadual. Com saída para o oceano Atlântico, a cidade é caracterizada pelo relevo que varia do plano ao ondulado e pelo seu clima Tropical úmido, com uma estação seca, que é o verão.

Desempenham um importante papel econômico no estado, com destaque para o turismo, a indústria química e petroquímica e os cultivos de cana-de-açúcar. A capital alagoana é densamente povoada e bastante populosa, contando com mais de um milhão de habitantes.

Leia também: Brasília – capital federal do Brasil

Dados gerais de Maceió

  • Gentílico: maceioense

  • Localização:

  • País: Brasil
  • Unidade federativa: Alagoas
  • Região intermediária: Maceió
  • Região imediata: Maceió
  • Região metropolitana: 12 municípios
  • Municípios limítrofes: São Luís do Quitunde, Barra do Santo Antônio, Paripueira, Coqueiro Seco, Santa Luzia do Norte, Satuba, Rio Largo, Messias, Flexeiras.
  • Geografia de Maceió

  • Área total: 509,34 km² (IBGE, 2020)
  • População total: 1.025.360 habitantes (IBGE, 2020)
  • Densidade: 1.854,10 hab./km² (IBGE, 2010)
  • Clima: Tropical úmido
  • Altitude: 16 metros
  • Fuso horário: GMT -3
  • Histórico

  • Fundação: 5 de dezembro de 1815

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Geografia de Maceió

A cidade brasileira de Maceió fica no estado do Alagoas, na região Nordeste do país. Desempenha o papel de capital estadual, abrigando, assim, a sede do governo. O território maceioense está situado na faixa litorânea, na sub-região da Zona da Mata. Possui área de 509,32 km², sendo assim o 10º município em extensão do Alagoas e a 18ª capital brasileira nesse quesito.

O IBGE classifica Maceió como uma capital regional, o que se dá de acordo com a sua região de influência. Com outros 11 municípios, listados abaixo, forma a Região Metropolitana de Maceió.

  • Atalaia

  • Barra do Santo Antônio

  • Barra de São Miguel

  • Coqueiro Seco

  • Marechal Deodoro

  • Messias

  • Paripueira

  • Pilar

  • Rio Largo

  • Satuba

  • Santa Luzia do Norte

Vejamos, na sequência, as principais características físicas de Maceió.

  • Clima de Maceió

Maceió é um município litorâneo situado entre as latitudes de 9º S e 10º S, tendo, assim, a maritimidade e a (baixa) latitude como principais fatores do clima. É predominante a ocorrência do clima Tropical úmido.

Caracteriza-se pelas elevadas temperatura e umidade na maior parte do ano, com máximas que chegam a quase 30 ºC e médias em torno de 25 ºC. O verão é a estação mais seca do ano, havendo aumento dos índices pluviométricos nos meses correspondentes ao outono e ao inverno.

Veja também: O Nordeste é só seca?

  • Relevo de Maceió

O terreno em que se situa a cidade de Maceió pertence ao domínio das planícies e terras baixas costeiras, de acordo com a classificação de Aziz Ab’Sáber. Assim, quase todo o seu território possui relevo que varia de plano a ondulado, marcado pela presença dos tabuleiros costeiros. Por toda a sua faixa litorânea e no sul e sudoeste do estado, predominam as planícies e praias. A cidade está situada a uma altitude de 16 metros acima do nível do mar.

Foto de parte de Maceió vista de cima e composta por prédios rodeados pelo mar.
O relevo de Maceió é marcado por baixa altimetria e superfícies aplainadas e onduladas.
  • Vegetação de Maceió

Maceió integra o bioma da Mata Atlântica, sendo parte de sua cobertura vegetal nativa característica desse domínio. Encontram-se predominantemente espécies de gramíneas e arbustivas, bem como formações características das áreas úmidas do litoral, como mangues e restingas.

  • Hidrografia de Maceió

Situada no litoral alagoano, Maceió possui saída, a leste, para o oceano Atlântico. O principal curso d’água responsável pelo abastecimento da capital estadual é o rio Pratagy.

Observa-se a presença de lagoas na paisagem maceioense, entre as quais se destaca a lagoa Mundaú. Ela recobre uma área de cerca 27 km², onde houve a formação de um arquipélago fluviomarinho denominado Nove Ilhas, um local com elevado valor turístico para a região. As ilhas que compõem esse conjunto são as seguintes:

  • das Andorinhas

  • do Irineu

  • do Fogo

  • de Santa Marta

  • do Almirante

  • de Um Coqueiro Só

  • das Cabras

  • de Santa Rita

  • Bora Bora

Mapa de Maceió

Mapa de Alagoas com localização de Maceió.
Localização de Maceió, no litoral alagoano.

Demografia de Maceió

O município de Maceió é o mais populoso de Alagoas, contando atualmente com 1.025.360 habitantes. Esse valor é equivalente a 30,5% de toda a população estadual, figurando em 14º lugar entre as capitais brasileiras. Com área restrita, Maceió consiste em uma cidade bastante povoada, ou seja, com alta concentração populacional, que é da ordem de 1.854,10 hab./km², de acordo com dados do Censo do IBGE de 2010.

Grande parte da população da capital alagoana se concentra nas faixas etárias que se encontram entre 10 a 39 anos, o que caracteriza uma população jovem.

Com relação à cor ou raça, o Censo aponta que:

  • 54,35% dos maceioenses se autodeclaram pardos;

  • 36,75%, brancos;

  • 7,47%, negros;

  • 1,17%, amarelo;

  • 0,26%, indígena.

A pesquisa do IBGE mostra, ainda, que mais de 62% da população de Maceió professam a fé católica, 23% são evangélicos, e o grupo restante se declara como espírita.

Leia também: O que é densidade demográfica?

Divisão geográfica de Maceió

O território maceioense está dividido em 53 bairros, os quais, por sua vez, compõem as chamadas regiões administrativas ou RA, atualmente em número de oito. A nova delimitação entrou em vigor em janeiro de 1998, substituindo a divisão por meio de distritos. Com o passar do tempo, houve alterações apenas quanto ao número de regiões e à formação e abrangência dos bairros.

Economia de Maceió

A economia maceioense ocupa posição de destaque no estado do Alagoas, liderando os demais municípios com um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 22,4 bilhões, valor que representa uma parcela de 41% do montante estadual. A cidade, ainda, ocupa a 18ª colocação no ranking das capitais brasileiras. Representa o centro econômico e financeiro do estado, exercendo maior influência nessa escala territorial.

O setor terciário é aquele que responde pela maior parcela do PIB maceioense, e, com exceção da administração pública, têm destaque o comércio e todas as atividades ligadas ao turismo, as quais abarcam o transporte, o setor hoteleiro e de hospedagem e as cadeias produtivas que ele movimenta direta e indiretamente. A indústria é composta pelos ramos sucroalcooleiro, químico e petroquímico, da construção civil, e de alimentos.

O setor extrativo se destaca na exploração de petróleo e gás natural e também na extração vegetal, com madeira, castanha-de-caju, mangaba, umbu e outras. O município era um dos principais extratores de sal-gema do país, mas a sua intensa exploração ocasionou seríssimos problemas estruturais nas residências em áreas vizinhas, obrigando famílias a deixarem suas casas sob risco de desabamento.

A atividade agropecuária em Maceió possui área consideravelmente restrita, ainda assim, é representada pelos cultivos de cana-de-açúcar, coco-da-baía, mandioca, manga e banana, além da produção leiteira.

Governo de Maceió

Maceió é uma democracia representativa. Isso significa que a população do município elege os seus governantes, o que se dá por meio de eleições municipais em um intervalo de quatro em quatro anos. O prefeito é o chefe do Poder Executivo municipal, enquanto a Câmara Municipal, órgão que representa o Poder Legislativo, é composta por 25 vereadores.

A cidade desempenha o papel de sede do governo estadual, cujas funções são realizadas no Palácio República dos Palmares, na região central do município.

Foto do palácio da República dos Palmares, edifício espelhado com árvores ao seu redor e protegido por um muro.
Palácio República dos Palmares em Maceió, Alagoas.[1]

Infraestrutura de Maceió

A maioria dos domicílios de Maceió se encontra na zona urbana da cidade, o que equivale a 99,9% de um total de quase 274 mil, dado esse revelado pelo Censo do IBGE de 2010. Os dados do Sistema Nacional de Informações Sobre Saneamento (SNIS), compilados pela Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) de Alagoas, indicam que, na sua capital, 96,1% da população possuem acesso à rede de abastecimento de água. Os serviços de esgoto atendem um percentual menor, de 40,3%, enquanto a rede elétrica abrange a quase totalidade das residências e estabelecimentos.

Os deslocamentos urbanos em Maceió contam com, além da frota de veículos, que era de 201.808 automóveis em 2010, linhas de ônibus e também com um sistema de trens urbanos, que atende a outros dois municípios, com extensão total de 32 km. Fica na capital alagoana o principal aeroporto do estado, o Aeroporto Zumbi dos Palmares, que faz conexões nacionais e internacionais. Além disso, a cidade conta com o Porto de Jaraguá ou Porto Maceió, uma via de acesso às rotas de transporte marítimo por onde há expressivas movimentações de carga todos os anos.

Cultura de Maceió

Maceió possui uma grande diversidade cultural, fruto das diversas etnias e nacionalidades dos povos que deram origem e compõem a população maceioense e alagoana. Parte da história do município se encontra cristalizada nos edifícios que formam o Bairro do Jaraguá, considerado um patrimônio de Alagoas pelas suas construções que datam do século XIX. Fica nesse bairro a prefeitura municipal, o centro de convenções e também o Museu de Arte Brasileira (MAB).

As expressões folclóricas, notadamente por meio de festas e celebrações, são muito presentes na cidade. O calendário de festividades inclui também eventos de viés religioso que abrangem religiões de matrizes diversas. Podemos citar o reisado, as cavalhadas, as baianas (dançadoras), o bumba meu boi, o fandango e o caboclinho.

O município de Maceió é reconhecido por ser a terra natal de grandes nomes da cultura popular brasileira, como:

  • o músico e compositor Djavan;

  • o escritor Graciliano Ramos;

  • o cineastra Cacá Diegues.

Foto de uma rua do centro histórico de Maceió, com prédios tombados.
Centro histórico de Maceió, Alagoas.[2]

História de Maceió

A cidade de Maceió está localizada em uma posição estratégica e que promove o acesso às terras interioranas do país por meio da sua zona portuária. Em decorrência disso, as invasões holandesas que ocorreram no Norte e Nordeste do Brasil, no século XVII, acenderam o alerta da necessidade de se garantir o domínio sobre aquela área, que, até então, não tinha um proprietário.

Os registros históricos apontam que a atual cidade teve início no Engenho Massayó, nome esse de origem indígena, atribuído pelas populações que ali viviam antes mesmo da chegada dos colonizadores, e que significa “o que tapa o alagadiço”. No entanto, atribui-se o processo de povoamento da região, nas primeiras décadas do século XIX (entre 1815 e 1820), à presença do Porto de Jaraguá, que foi separado da Vila de Alagoas, no ano de 1815.

A economia de Maceió prosperou por meio da produção dos engenhos de açúcar e do extrativismo vegetal, tornando-se, assim, um dos principais centros econômicos da região. Com a emancipação política de Alagoas, que veio a ocorrer em 1817, após o seu desmembramento da capitania de Pernambuco, cogitou-se a transferência da capital para a pujante Maceió. O processo teve início mesmo sem unanimidade. Foi apenas no ano de 1839 que a cidade de Maceió passou oficialmente à condição de capital, consolidando-se, assim, como centro econômico e político de Alagoas.

Créditos das imagens

[1] Lauro Rosa / Commons

[2] mateusrfiuza / Shutterstock


Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Maceió"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/maceio.htm. Acesso em 17 de outubro de 2021.

Artigos Relacionados
Aspectos da economia de um dos maiores produtores de cana-de-açúcar do Brasil.
Aspectos da população do estado que possui o menor IDH do Brasil
Os elementos da natureza que mais se destacam na paisagem do Estado.
Conheça algumas das belezas naturais do Nordeste, com alguns dos lugares mais belos do mundo!
Conheça as características da economia da região Nordeste.
Leia nosso texto e conheça a cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte. Aprenda sobre seus aspectos geográficos, e entenda a sua importância para o estado.
Leia nosso texto sobre Recife e conheça um pouco da Veneza Brasileira, como é chamada. Saiba mais sobre a geografia, população e economia da capital pernambucana.
Clique aqui para ler nosso texto sobre Teresina e conhecer um pouco da capital do Piauí. Entenda a sua importância e descubra as principais características da cidade.
Leia nosso texto sobre Vitória e conheça um pouco da capital do Espírito Santo. Saiba mais sobre seus aspectos físicos, econômicos, demográficos e culturais.