Guerra da Chechênia

Guerras

PUBLICIDADE
A Chechênia era uma república de pequeno território que declarou sua independência em 1991, a Rússia não aceitou essa decisão e decidiu atacar a capital Grozny, mas a tentativa Russa não obteve êxito, pois seu exército foi derrotado pelo inimigo, esse conflito se arrastou até 1996, quando houve um acordo que pois fim ao conflito.


A Chechênia é de religião Islâmica, na tentativa de criar um estado mulçumano invadiu o território de uma república vizinha, o governo Russo temendo uma expansão separatista enviou suas tropas e tomou posse de 80% do território e passou a administrá-lo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O governo Russo tem preocupação em relação ao crescimento do fundamentalismo Islâmico, eles temem que o exemplo dos Chechênios contagie outras nações, e essas promovam lutas separatistas.

Os grupos internacionais têm uma posição contrária às atitudes das ações violentas que as tropas Russas executaram aos Chechênios, como estupros, assassinatos, torturas entre outros atos desumanos.

Século XX - Guerra - Brasil Escola

O retrato da destruição
O retrato da destruição

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FREITAS, Eduardo de. "Guerra da Chechênia"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/guerras/guerra-chechenia.htm. Acesso em 28 de novembro de 2020.