close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Ponto e vírgula (;)

Ponto e vírgula é um sinal gráfico marcado por uma pausa mais acentuada do que a da vírgula. Ele é utilizado em comparações ou contrastes e para separar orações coordenadas.

O ponto e vírgula é uma pontuação intermediária entre a vírgula e o ponto-final.
O ponto e vírgula é uma pontuação intermediária entre a vírgula e o ponto-final.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Ponto e vírgula é um sinal de pontuação caracterizado por uma pausa maior do que a da vírgula e menor do que a do ponto-final. Ele é usado em comparações ou contrastes, além de separar orações coordenadas, considerandos de decretos e itens de artigo de lei. Assim como os dois-pontos e a vírgula, ele também é usado em enumerações.

Saiba mais: Três mitos sobre o uso da vírgula que você precisa conhecer

Tópicos deste artigo

Resumo sobre ponto e vírgula

  • Indica uma pausa maior do que a da vírgula e menor do que a do ponto-final.

  • É usado em comparações e para separar orações coordenadas e considerandos de leis, decretos etc.

  • Assim como o ponto e vírgula, os dois-pontos e a vírgula podem ser usados em uma enumeração.

  • Também é utilizado para separar itens de artigo de lei.

  • Não houve alterações das regras do seu uso no último Acordo Ortográfico.

Quando usar o ponto e vírgula?

O ponto e vírgula é utilizado em:

  • Comparações ou contrastes

O doce de leite tem um sabor profundo e viciante; o bolo de aniversário possui um gosto de multiplicidade de sabores; e o chocolate tem um sabor que toma conta de toda a boca, talvez porque seu cheiro se mistura com o paladar.

  • Enumerações mais detalhadas

Participaram do debate Amanda F., doutora em Linguística; Ricky J., doutor em Literatura; Heloísa T., mestra em Educação.

O ponto e vírgula também é usado para separar:

  • Orações coordenadas em um período extenso

Conseguimos, depois de muita insistência, a aprovação do projeto de lei em favor dos povos indígenas; lutamos também pela punição dos responsáveis pelo massacre ocorrido nas terras demarcadas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Orações coordenadas adversativas e conclusivas

Vou adotar esta criança; não quero, no entanto, ter contato com seus pais biológicos.

O filme 2001 - uma odisseia no espaço é um clássico; tem, portanto, uma temática universal.

  • Orações de caráter distributivo

Organizei as tarefas da seguinte maneira: Jaqueline e eu vamos pedir doações às empresas desta lista aqui; Clésio e Hugo vão buscá-las; todos nós vamos separar os itens e, enfim, entregá-los às pessoas em situação de rua.

  • Itens de uma enumeração

Os(As) candidatos(as) devem ter:

1. competência;

2. honestidade;

3. compromisso;

4. pontualidade;

5. criatividade;

6. empatia.

  • Considerandos de leis, sentenças, decretos etc.

Preâmbulo do decreto-lei n. 9215, de 30 de abril de 1946, que “proíbe a prática ou exploração de jogos de azar em todo o território nacional”:

O Presidente da República, usando da atribuição que lhe confere o artigo 180 da Constituição, e

Considerando que a repressão aos jogos de azar é um imperativo da consciência universal;

Considerando que a legislação penal de todos os povos cultos contém preceitos tendentes a esse fim;

[…].

  • Itens de artigo de lei

Trecho do artigo 5o da Constituição de 1988:

Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

I- homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição;

II- ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei;

III- ninguém será submetido à tortura nem a tratamento desumano ou degradante;

IV- é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

V- é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem;

VI- é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

[...]

IX- é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

[...]

XLVII- não haverá penas:

a) de morte, salvo em caso de guerra declarada, nos termos do art. 84, XIX;

b) de caráter perpétuo;

c) de trabalhos forçados;

d) de banimento;

e) cruéis;

[…].

Diferenças entre ponto e vírgula e vírgula

Vírgula
A vírgula marca uma pausa menos acentuada do que a do ponto e vírgula.

A vírgula indica uma curta pausa na leitura, já o ponto e vírgula é responsável por uma pausa um pouco mais longa do que a da vírgula:

Juan, o filho de dona Maria, é um menino indisciplinado.

Juan, o filho de dona Maria, é um menino indisciplinado; tem, contudo, um bom coração.

Além disso, a vírgula é usada em situações diferentes daquelas em que se utiliza o ponto e vírgula, como, entre outros casos, para separar vocativo, adjunto adverbial ou oração reduzida de gerúndio:

Antônio, vem cá.

Anos depois, conseguimos recuperar os documentos.

Mesmo sofrendo, não deixa de cuidar dos irmãos.

  • Videoaula sobre uso da vírgula

Diferenças entre ponto e vírgula e dois-pontos

Os dois-pontos também indicam uma pausa. No entanto, exercem funções diferentes das do ponto e vírgula, como indicar uma citação:

Jane Austen escreveu: “Só pense no passado quando tiver boas lembranças”.

Atenção! Assim como o ponto e vírgula, os dois-pontos são utilizados em enumerações, mas de maneira diferente:

Gosto destes quatro filmes: Central do Brasil, Cidade de Deus, Praia do futuro e Madame Satã.

Nesse exemplo, os dois-pontos vêm antes dos itens da enumeração, os quais são separados por vírgulas, já que não estão acompanhados de explicações. Assim, o ponto e vírgula poderia ser usado neste caso:

Gosto destes quatro filmes: Central do Brasil, de Walter Salles; Cidade de Deus, de Fernando Meirelles; Praia do futuro e Madame Satã, ambos de Karim Aïnouz.

Saiba mais: Uso dos dois-pontos

Ponto e vírgula em frases

O ponto e vírgula é utilizado nas frases para sinalizar uma pausa maior do que a da vírgula e menor do que a do ponto-final:

Cássia e Fernando tinham muitos planos; não conseguiram, porém, realizá-los.

Estudei bastante; pude, portanto, tirar a nota máxima.

Quero que, apesar dos maus, os bons triunfem; que, apesar dos insanos, a razão predomine; que, apesar do ódio, o amor seja soberano.

Ponto e vírgula e o Acordo Ortográfico

Não ocorreram alterações nas regras de uso do ponto e vírgula no último Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, assinado em Lisboa, no dia 16 de dezembro de 1990, e promulgado pelo decreto n. 6583, de 29 de setembro de 2008, no Brasil. No entanto, a locução “ponto e vírgula”, que antes utilizava o hífen, ou seja, “ponto-e-vírgula”, agora é escrita sem esse sinal gráfico.

Isso porque, segundo o Acordo, nas “locuções de qualquer tipo, sejam elas substantivas, adjetivas, pronominais, adverbiais, prepositivas ou conjuncionais, não se emprega em geral o hífen, salvo algumas exceções já consagradas pelo uso”. Desse modo, locuções como “fim de semana”, “pé de moleque” e “ponto e vírgula” são escritas sem o hífen.

Exercícios sobre ponto e vírgula

Questão 01

Leia este trecho do livro Grande sertão: veredas, de João Guimarães Rosa:

Diadorim tinha morrido — mil-vezes-mente — para sempre de mim; e eu sabia, e não queria saber, meus olhos marejaram.

O ponto e vírgula, nesse fragmento, é usado para separar:

a) orações coordenadas em período longo.

b) orações coordenadas adversativas.

c) orações coordenadas conclusivas.

d) orações com ideia de distribuição.

e) itens de uma enumeração.

Resolução:

Alternativa “a”

O fragmento se configura em um período longo, o qual apresenta quatro orações coordenadas. Assim, a primeira e a segunda são separadas pelo ponto e vírgula.

Questão 02

Analise os períodos abaixo, extraídos do romance Clara dos Anjos, de Lima Barreto, e marque a alternativa em que o ponto e vírgula é usado para separar uma oração coordenada adversativa.

a) “O seu saber musical era fraco; adivinhava mais do que empregava noções teóricas que tivesse estudado.”

b) “Quando acabou, procurou conhecidos que já tinha; e, em breve, entrou para o serviço de empregado de escritório de um grande advogado, seu patrício, isto é, mineiro.”

c) “Casara meses depois de nomeado; e, tendo morrido sua mãe, em Diamantina, como filho único, herdara-lhe a casa e umas poucas terras em Inhaí, uma freguesia daquela cidade mineira.”

d) “Tinha dois quartos; um que dava para a sala de visitas e outro para a sala de jantar, aquele ficava à direita e este à esquerda de quem entrava nela.”

e) “Uma era a ‘Primavera’; outra era a ‘Aurora’; quase todas, porém, estavam mutiladas; umas, num braço; outras não tinham cabeça, e ainda outras jaziam no chão, derrubadas dos seus toscos suportes.”

Resolução:

Alternativa “e”

Em “quase todas, porém, estavam mutiladas”, temos uma oração coordenada adversativa, pois traz a conjunção “porém”.

 

Por Warley Souza
Professor de Gramática

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Warley. "Ponto e vírgula (;)"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/pontoevirgula.htm. Acesso em 16 de maio de 2022.

Tire suas dúvidas


Videoaulas


Estude agora


Estatuto do Idoso

Estatuto do Idoso é a lei que promove a proteção aos idosos no Brasil. Veja isso e muito mais nesta videoaula do...

Cerrar ou serrar?

“Cerrar” ou “serrar”? Essas são palavras homófonas que confundem muitas pessoas. Assista a esta videoaula e...
FC
+ Novo FlashCard
Novo
Visão Geral
Visão Geral
Testar Conhecimentos
Play
Informações
Info
Editar FlashCard
Delete FlashCard