Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Jane Austen

Literatura

Jane Austen foi uma escritora inglesa. Suas obras apresentam elementos de transição entre o Romantismo e o Realismo. Seu livro mais famoso é Orgulho e preconceito.
Jane Austen, em 1870
Jane Austen, em 1870
PUBLICIDADE

 Jane Austen nasceu em 16 de dezembro de 1775, em Steventon, na Inglaterra. Teve pouco tempo de educação formal e terminou os estudos em casa. Começou a escrever textos literários por volta dos doze anos de idade. Mas, em vida, seus livros foram publicados de forma anônima, isto é, sem a identificação de sua autoria.

A romancista, que morreu em 18 de julho de 1817, em Winchester, escreveu obras que apresentam marcas de transição entre o Romantismo e o Realismo ingleses. Assim, suas histórias de amor possuem um tom irônico e fazem crítica social. Essas características também estão presentes em um de seus livros mais conhecidos, o romance Orgulho e preconceito.

Leia também: William Shakespeare — o mais conhecido dramaturgo e poeta inglês

Resumo sobre Jane Austen

  • Jane Austen, escritora inglesa, nasceu em 1775 e faleceu em 1817.

  • A escritora dedicou toda a sua vida à literatura e nunca se casou.

  • Seu estilo marca uma transição entre o Romantismo e o Realismo ingleses.

  • Seus romances são marcados pela ironia e pela crítica social.

  • .Orgulho e preconceitoSua obra mais conhecida é

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Biografia de Jane Austen

Jane Austen nasceu em 16 de dezembro de 1775, em Steventon, na Inglaterra. Pouco se sabe de detalhes sobre sua vida. Após sua morte, sua irmã Cassandra acabou queimando grande parte da correspondência da autora ou eliminando partes de algumas de suas cartas. Porém, o que se pode concluir é que Austen era uma mulher bastante inteligente.

Ela era filha de um clérigo e fazia parte de uma família grande — tinha seis irmãos e uma irmã. Seu irmão Henry era com quem a autora tinha mais afinidade, além de Cassandra. Mais tarde, ele seria seu agente. O pai da autora valorizava a educação de seus filhos. Por isso, aos sete anos de idade, Austen e sua irmã partiram para Oxford, para estudar.

No entanto, precisaram voltar para Steventon pouco tempo depois, já que adoeceram ao contrair tifo, em 1783. Com nove anos de idade, a escritora e sua irmã começaram a estudar em The Abbey School, uma escola para meninas, na cidade de Reading. Porém, devido a dificuldades financeiras, não puderam continuar a frequentar as aulas. Passaram, então, a estudar em casa.

Com 12 anos, a autora já escrevia textos literários. Mais tarde, foi cortejada, no final de 1795, pelo irlandês Thomas Lefroy (1776-1869). Mas, por questões financeiras, ele preferiu se casar com uma jovem rica. Aproximadamente dois anos depois, em 1797, o pai de Jane Austen mostrou a primeira versão de Orgulho e preconceito a um editor, que se a recusou publicar a obra.

Solteira, em 1801, Austen se mudou com a família para Bath. Lá, ela se envolveu com um jovem clérigo, que morreu meses depois. Ela, então, aceitou se casar, no final de 1802, com o jovem Harris Bigg-Wither (1781-1833), mas desistiu no dia seguinte.

Quando o pai de Jane faleceu, em 1805, ela, sua mãe e a irmã passaram a depender dos homens da família. Assim, no ano seguinte, foram morar com Frank (seu irmão) e sua esposa, em Southampton. Até que, em 1809, Edward, outro irmão da autora, lhes ofereceu uma casa em Chawton.

Dois anos depois, em 1811, Jane Austen publicou o romance Razão e sensibilidade. Mas a autora não revelou seu nome; em vez disso, publicou o livro com a inscrição “por uma senhora”. Anos mais tarde, por volta de 1815, ela já tinha alguns livros publicados, porém ainda não assinava suas obras.

Então, Austen começou a apresentar sintomas de uma doença desconhecida à época, provavelmente o que se conhece como doença de Addison. Assim, buscando tratamento médico, em 24 de maio de 1817, ela e a irmã se mudaram para Winchester, onde a autora morreu em 18 de julho de 1817, com 41 anos de idade.

Leia também: Lord Byron — poeta inglês marcado por uma escrita extremamente pessimista

Características da obra de Jane Austen

Jane Austen possui uma escrita de transição entre o Romantismo e o Realismo ingleses. Seus romances são caracterizados pelo tom irônico, além da crítica social. As personagens principais são femininas, e é retratado o universo das mulheres do final do século XVIII e início do XIX.

Apesar de seus livros falarem sobre o amor, o idealismo romântico é atenuado pela frustração amorosa e pelos elementos da cotidiana realidade doméstica da burguesia da época. Assim, entra em discussão o casamento, mas também a dependência das mulheres em relação a ele.

Obras de Jane Austen

  • Amor e amizade (1790);

  • Lady Susan (1794);

  • Razão e sensibilidade (1811);

  • Orgulho e preconceito (1813);

  • Mansfield Park (1814);

  • Emma (1815);

  • A abadia de Northanger (1818);

  • Persuasão (1818).

Orgulho e preconceito

Capa do livro Orgulho e preconceito, de Jane Austen, publicado pela editora L&PM [1]
Capa do livro Orgulho e preconceito, de Jane Austen, publicado pela editora L&PM [1]

No romance Orgulho e preconceito, uma das obras mais famosas de Jane Austen, a jovem Elizabeth Bennet conhece Fitzwilliam Darcy. Sua antipatia inicial pelo rapaz, no decorrer da narrativa, acaba se transformando em amor. Mas a história tem início quando o Sr. Bingley decide passar alguns dias livres na casa vizinha à da família Bennet, em Meryton.

Ele é um jovem casadouro e tem duas irmãs. Caroline e Louisa vão com o irmão para Meryton. Estão presentes, também, na casa da família, o Sr. Hurst, cunhado do rapaz, e o Sr. Darcy. Porém, Bingley e seu amigo Darcy têm personalidades opostas, já que Bingley é mais agradável, enquanto o outro é menos expansivo.

Aparentemente, a história de amor do romance é entre Bingley e Jane, a irmã de Elizabeth Bennet. Como é comum em romances românticos, há um obstáculo para o amor dos dois, pois as irmãs do jovem não concordam com tal relação. Acontece que Jane não estaria socialmente à altura dos Bingley.

Entretanto, logo percebemos que a orgulhosa Elizabeth é a protagonista. Após ser ignorada por Darcy, seu orgulho a impede de perceber o verdadeiro caráter do rapaz. Por um tempo, ela é enganada por Wickham, um indivíduo mau-caráter e inimigo de Fitzwilliam Darcy. Assim, quando Bingley se afasta de Jane, Elizabeth vê nisso a influência de Darcy, e sua antipatia por ele só faz aumentar.

Então, Elizabeth descobre que Georgiana, irmã de Darcy, foi seduzida e abandonada por Wickham. Porém, Lydia Bennet foge com ele. A força do caráter de Darcy é, então, evidenciada, quando ele faz com que Wickham se case com Lydia. Feito isso, só se pode esperar um final feliz para Jane e Bingley e para Elizabeth e Darcy.

Leia também: Victor Hugo — célebre autor do romantismo francês

Frases de Jane Austen

A seguir, vamos ler algumas frases de Jane Austen, retiradas de seus livros Orgulho e preconceito, Emma e Razão e sensibilidade:

“Metade do mundo não consegue entender os prazeres da outra metade.”

“A felicidade no casamento tem a ver com sorte.”

“Quanto mais conheço o mundo, mais insatisfeita fico.”

“A timidez é apenas o efeito de um sentimento de inferioridade.”

“Devemos rejeitar todas as probabilidades porque não são certezas?”

“Quando você não quer ser convencido de algo, sempre encontra motivos para duvidar.”

“Só pense no passado quando tiver boas lembranças.”

Créditos da imagem

[1] Editora L&PM (reprodução)

 

Por Warley Souza
Professor de Literatura

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Warley. "Jane Austen"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/literatura/jane-austen.htm. Acesso em 19 de outubro de 2021.

Artigos Relacionados
Saiba quem é Aldous Huxley. Conheça suas características literárias e suas obras. Leia também um resumo de “Admirável mundo novo” e algumas frases do autor.
Características predominates do Romantismo, suas tendências e principais temas.
Saiba quem é George Orwell e as características de suas obras. Leia também algumas frases do autor.
Saiba como estava a literatura na fase literária do Realismo!
Conheça a vida e a obra de Lord Byron, poeta inglês símbolo do Romantismo. Leia também poemas e frases impactantes de sua autoria.
Narrativa linear, não linear e o contraponto dramático: Saiba mais sobre as técnicas de estrutura da narrativa.
Conheça o escritor inglês William Shakespeare. Saiba quais são as características de suas obras. Leia algumas frases célebres do autor.