Topo
pesquisar

Físicos importantes e suas descobertas

Física

Aqui você encontrará um pouco das histórias de vida de homens e mulheres que contribuíram significativamente para o desenvolvimento da Física.
A Conferência de Solvay reuniu alguns dos mais importantes físicos da história.
A Conferência de Solvay reuniu alguns dos mais importantes físicos da história.
PUBLICIDADE

Conheça alguns daqueles que são considerados os físicos mais importantes para o desenvolvimento da Ciência e quais foram as suas principais contribuições.

Galileu Galilei: Galileu (1564-1642) viveu na Itália e ficou conhecido por estudar o movimento dos corpos. No ano de 1630, Galileu provou que corpos de massas diferentes caíam em direção à Terra com a mesma aceleração.

Isaac Newton: Newton (1643-1727) foi o físico inglês responsável por estabelecer três leis universais do movimento, bem como a lei da gravitação universal. Ele revolucionou o entendimento do Universo a partir de suas equações.

Michael Faraday: Faraday (1791-1867) ficou conhecido por seus estudos acerca do eletromagnetismo. No ano de 1831, Faraday descobriu o fenômeno da indução eletromagnética.

James Clerk Maxwell: Maxwell (1831-1879) produziu uma teoria sobre o eletromagnetismo, essa teoria afirmava que a luz é produzida por campos elétricos e magnéticos, e comporta-se como uma onda.

Wilhelm Röntgen: Röntgen (1845-1923) foi o primeiro físico da história a produzir e detectar raios X.

Marie Curie: Foi a única cientista da história a ser laureada com os prêmios Nobel de Física e Química. Marie Curie contribuiu para o estudo da radiação a partir criação de métodos usados para a separação de isótopos radioativos, além de ter descoberto, junto ao seu marido, os elementos rádio e polônio.

Marie Curie foi uma das maiores cientistas da história, suas contribuições permitiram um melhor entendimento da radioatividade.
Marie Curie foi uma das maiores cientistas da história, suas contribuições permitiram um melhor entendimento da radioatividade.

J.J. Thomson: Thomson (1856-1940) descobriu a existência da primeira partícula subatômica: o elétron.

Max Planck: O físico alemão Max Planck (1858-947) propôs que a radiação emitida por corpos negros fosse quantizada, isto é, formada por pequenos pacotes de energia. Sua interpretação da radiação é considerada como o pontapé inicial para o estudo da mecânica quântica.

Albert Einstein: Albert Einstein (1879-1955) foi um físico alemão responsável pela explicação do efeito fotoelétrico, pela criação das teorias de relatividade especial e geral, bem como o estabelecimento da relação entre massa e energia.

Veja também: Entenda a relação entre Einstein e a bomba atômica

Ernest Rutherford: Rutherford (1871-1937) descobriu a existência do núcleo atômico em 1911, em 1920, descobriu a existência dos prótons.

Neils Bohr: Niels Bohr (1885-1962) foi um dos responsáveis pelo desenvolvimento da teoria que explica a estrutura dos átomos. Seu modelo atômico e suas contribuições foram de grande importância para o avanço da mecânica quântica.

Wolfgang Pauli: Pauli (1900-1958) trouxe contribuições sobre a teoria quântica, em especial, ao estudo do spin. Em 1931, Pauli descobriu a existência dos neutrinos. Sua maior contribuição para a Física, entretanto, só foi publicada em 1952: o princípio de exclusão, fundamental para o entendimento dos níveis de energia de átomos e elétrons.

Erwin Schroedinger: Schröedinger (1887-1961) desenvolveu a equação que prevê a evolução de sistemas quânticos, uma das mais importantes equações da mecânica quântica.

Paul Dirac: Paul Dirac (1902-1984) previu, por meio de cálculos, a existência de partículas cuja carga elétrica apresentava sinais contrários aos da matéria ordinária. Essas partículas passaram a ser chamadas de antimatéria.

Dirac descobriu a existência da antimatéria.
Dirac descobriu a existência da antimatéria.

Werner Heisenberg: Heisenberg (1901-1976) ficou conhecido por sua descoberta: o princípio da incerteza. Esse princípio mostrou que existem limitações naturais nas medições feitas com partículas quânticas.

Enrico Fermi: Fermi (1901-1954) foi um dos físicos atuantes na criação do primeiro reator nuclear, desenvolvido pelo Projeto Manhattan, responsável pela criação da primeira ogiva nuclear. Fermi foi responsável por grandes contribuições para a área da mecânica quântica e para o estudo da física de partículas.

Robert Oppenheimer: Oppenheimer (1918-1988) foi diretor de um dos mais importantes laboratórios do Projeto Manhattan. Estudou o processo de obtenção do urânio enriquecido, bem como desenvolveu aproximações que permitiam a resolução de equações até então insolúveis, alavancando o desenvolvimento de áreas como a mecânica quântica e a Física do estado sólido.

Richard Feynman: Feynman (1918-1988) foi um dos responsáveis pelo desenvolvimento da eletrodinâmica quântica, uma teoria que descreve a influência dos campos elétrico e magnético sob as partículas quânticas. Feynman recebeu o prêmio Nobel de Física no ano de 1965, juntamente com Julian Schwinger e Sin-Itiro Tomonaga.

Stephen Hawking: Hawking (1942-2018) foi um importante físico britânico que desenvolveu teorias sobre a origem e o desenvolvimento do Universo, bem como sobre a dinâmica dos buracos negros. Hawking sofria de uma rara condição genética e degenerativa responsável por atrofiar seus músculos.

Veja também: O que é Física?

Físicos famosos atuais

Conheça os maiores nomes da física contemporânea, que se encontram vivos atualmente e que cujas contribuições ainda são consideradas recentes.

Timothy Berners-Lee: Tim Berners Lee, é um físico britânico, cientista da computação e professor no MIT. Em 1990, com a ajuda de Robert Callilau, desenvolveu o que conhecemos hoje por world wide web, dando início a toda a rede de computadores mundial.

Alan Guth: Alan Guth é um físico e cosmologista norte-americano. Alan é considerado o pai da teoria inflacionária. Segundo essa teoria, o Universo teria se expandido exponencialmente, em velocidades possivelmente superiores à da própria luz, durante os primeiros instantes de sua existência. Sua teoria surgiu como uma tentativa para resolver alguns dos problemas encontrados na teoria do big bang.

Ashoke Sen: Ashoke Sen é um físico teórico indiano, membro da Royal Society desde 1998, após ter sido indicado por Stephen Hawking. Ashoke Sen tem dado grandes contribuições para o avanço da teoria das cordas.

Peter Higgs: Peter Higgs é um físico teórico britânico laureado com o prêmio Nobel de Física em 2013, juntamente com François Englert pela descoberta do potencial de Higgs. De acordo com a sua descoberta, há um bóson que confere massa às demais partículas. Os bósons de Higgs foram observados em 2012 pelo Centro Europeu de Reações Nucleares (CERN).

Veja também: Você sabe o que é Física moderna?

Físicos brasileiros

Conheça alguns dos mais importantes físicos brasileiros e saiba quais foram as suas contribuições para o desenvolvimento da Física.

Cesar Lattes: Cesar Lattes (1924-2005) foi um dos descobridores da partícula subatômica conhecida como méson-pi. Sua descoberta foi fundamental para a confirmação da teoria da relatividade de Einstein. Cesar Lattes também foi um dos responsáveis pela criação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Cesar Lattes foi um dos mais importantes físicos brasileiros.
Cesar Lattes foi um dos mais importantes físicos brasileiros.

Constantino Tsallis: Tsallis é um físico greco-brasileiro e atualmente é professor no Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), sua principal contribuição diz respeito à uma generalização da estatística de Boltzmann-Gibs, relacionada ao cálculo de entropia.

Mario Schenberg: Mario Schenberg é considerado um dos maiores físicos teóricos do Brasil, suas contribuições diversas abrangeram diferentes áreas da Física, além disso, Schenberg teve diversas colaborações com físicos de renome mundial, como George Gamow e Subrahmanyan Chandrasekar.

Grandes físicos da antiguidade

Anaximandro: Anaximandro foi um importante filósofo grego que se preocupava em entender o funcionamento do Universo e sua origem. Seus maiores feitos foram relacionados a Astronomia. Anaximandro desenvolveu métodos para medir a distância entre as estrelas, além disso, diversas afirmações feitas pelo filósofo são observadas experimentalmente nos dias atuais.

Arquimedes: Arquimedes foi, entre outras coisas, um grande cientista e inventor. Arquimedes descobriu a lei do empuxo e a aplicação das alavancas.

Aristarco: Aristarco foi o primeiro filósofo a afirmar que a Terra movia-se em torno do Sol. Além disso, desenvolveu um método capaz de medir a distância relativa entre a Terra e o Sol, a partir da distância entre a Terra e a Lua, seus resultados, entretanto, foram errôneos, em razão da precariedade dos instrumentos usados na época para a medição de ângulos.

Demócrito e Leucipo: Demócrito foi discípulo e sucessor de Leucipo. A fama desses filósofos decorre do atomismo: uma vertente de pensamento que afirmava que tudo que existe é formado por partes minúsculas e indivisíveis, chamadas de átomos.

Diversos físicos foram importantes para o desenvolvimento da Ciência, suas contribuições moldaram a nossa sociedade, graças ao surgimento de novos métodos e tecnologias oriundas dos princípios que foram descobertos por esses pesquisadores, por isso, é importante que se estude e que se compreenda qual é o papel da Física para a humanidade.

 

Por Me. Rafael Helerbrock.

Listagem de Artigos

artigos Físicos importantes e suas descobertas

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola