O que são os raios X?

O que é?

O que são os raios X? Essas radiações eletromagnéticas de alta frequência foram descobertas em 1895 e são muito utilizadas no diagnóstico por imagens.
PUBLICIDADE

Os raios X são radiações eletromagnéticas de alta frequência, produzidas a partir da colisão de feixes de elétrons com metais. Essa radiação não pode ser percebida pelo olho humano, pois está além da frequência máxima distinguida pela visão humana. É importante na Medicina porque possibilita gerar diagnósticos por meio de imagens.

Descoberta

Em novembro de 1895, o físico alemão Wilhelm Conrad Roentgen (1845-1923) descobriu os raios X enquanto realizava experimentos em seu laboratório. Utilizando um tubo de raios catódicos, Roentgen observou uma inesperada luminosidade e, ao interrompê-la com a mão, viu a imagem de seus ossos exposta em uma tela.

O físico observou que a radiação, denominada de raios X, era capaz de enegrecer filmes fotográficos. Então, em dezembro de 1895, ele pediu que sua esposa, Anna Bertha Roentgen, colocasse a mão entre um filme fotográfico e o tubo de onde os raios eram produzidos. Depois de certo tempo, ele percebeu que a imagem dos ossos da mão da mulher estava impressa no filme fotográfico. Essa foi a primeira radiografia feita no mundo. Em 1901, Wilhelm Conrad Roentgen ganhou o prêmio Nobel de Física por sua descoberta.

No Brasil, a primeira radiografia foi realizada em 1896.

Como são produzidos os raios X?

Em um tubo de raios catódicos, o cátodo, após ser aquecido pela passagem de corrente elétrica, libera elétrons com alta velocidade. Esses elétrons são fortemente atraídos pelo ânodo, no qual acabam colidindo-se, como é possível observar no esquema abaixo:

Quando os elétrons dos átomos pertencentes ao ânodo recebem a energia oriunda dos elétrons em movimento, o resultado é a produção de radiações eletromagnéticas, que são denominadas de raios X.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os raios X, assim como toda radiação eletromagnética, não precisam de meio de propagação e movem-se na velocidade da luz (3,0 x 108 m/s). Essa radiação é ionizante, sendo assim, ela pode gerar danos ao corpo humano em caso de exposições muito prolongadas. A intensidade dos raios X é inversamente proporcional ao quadrado da distância, portanto, quanto mais distante da fonte, menor será a intensidade dos raios.

Exame de raio X

O grande benefício oriundo da descoberta dos raios X foi a possibilidade de realizar diagnósticos por imagens. Tecidos e fibras musculares são praticamente atravessados pelos raios x, enquanto os ossos absorvem essa radiação. Como esses raios têm a capacidade de enegrecer chapas fotográficas, ao colocarem-se partes do corpo humano entre uma fonte de raios x e uma chapa fotográfica, pode-se observar a formação de uma “fotografia” dos ossos.

A radiografia, ou exame de raio X, é um exemplo de como a radiação eletromagnética pode ser empregada na Medicina
A radiografia, ou exame de raio X, é um exemplo de como a radiação eletromagnética pode ser empregada na Medicina

O estudo de órgãos do abdômen, a radiografia do tórax para análise de doenças do pulmão e a mamografia, exame que busca identificar câncer de mama, são exemplos de aplicações dos raios X.


Por Joab Silas
Graduado em Física

O choque dos raios X com o corpo gera imagens que auxiliam no diagnóstico de problemas de saúde
O choque dos raios X com o corpo gera imagens que auxiliam no diagnóstico de problemas de saúde

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

JúNIOR, Joab Silas da Silva. "O que são os raios X?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/fisica/o-que-sao-os-raios-x.htm. Acesso em 27 de janeiro de 2021.

Artigos Relacionados
Clique aqui e descubra o que é matéria e aprenda quais são as características que a definem. Será que tudo o que existe é realmente matéria? Encontre essa resposta e entenda ainda quais os estados físicos principais, a composição e as propriedades da matéria, que também pode ser denominada de corpo ou objeto.
Aprenda mais sobre o espectro eletromagnético. Ele é formado pelas ondas de rádio, micro-ondas, o infravermelho, a luz visível, o ultravioleta, entre outros.
Clique aqui e saiba mais sobre os raios X, ondas eletromagnéticas muito utilizadas para o diagnóstico por imagens, as chamadas radiografias.
Junção de campo magnético com campo elétrico que se propaga no vácuo transportando energia.
Ondas eletromagnéticas, Biometria, traços biológicos, impressões digitais, estrutura venosa das mãos, formato da íris, alarmes de segurança, detectores de movimento, campos elétricos e magnéticos.
Entenda como funciona o forno de micro-ondas.